Jump to content

Uma nova Web Cheats está a caminho!

A WebCheats é a maior e melhor comunidade de cheats do Brasil. Temos mais de 14 anos de existência, isso graças aos membros que nos apoiaram e ajudaram ao longo da nossa história!
Veja mais...
Notícia
  • Junte-se ao clube de Membros VIP e desfrute benefícios
Sign in to follow this  
'Rimas

Politica e Religião nas Escolas

Recommended Posts

Posted (edited)

Vamos dar inicio ao primeiro Debate dos nossos "Debates Semanais". Como primeiro tema trago este: O ensino de Política e Religão nas Escolas, um tema bastante polêmico onde muitos concordam e outros não.


 

Citar

 

Sabemos que a educação forma o cidadão uma pessoa crítica/pensante.

A religião vem da teologia e que acaba usando a Filosofia.

Política é cuidarmos e escolhermos os representantes do nosso Estado, País.

 

 

 

O  problema é, em alguns casos  a imparcialidade,  professores de um determinado lado político ou religioso, querem implementar justamente o que crer nos alunos, sabendo que pode falar dos dois temas de uma maneiras geral, sem levar para seu lado.

 

Então para vocês, primeiramente, concordam com os debates/ensino sobre Política e Religião nas Escolas?

Se sim, até onde dever ir esse ensino/debate?

Qual seria a melhor maneiras dos professores, explicarem esses assuntos sem levar para o lado que pensa? É possível isso? 

Edited by 'Rimas
  • Like 1

R85FZ20.png

Membro - Bronze Member - Silver Member - Gold Member - [E]stagiario - Moderador Point Blank - Sapphire Member - Moderador Crossfire - Moderador Global - Coordenador - Co-Administrador - Administrador - Titanium Member - Administrador - Entretenimento - Coordenador

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu prefiro que professores primeiro foquem no básico que tem péssima qualidade devido as qualidades muito baixas de condições de ensino, seja por pouco tempo para que os mestres montem a aula da semana, ou de baixo investimento para aumentar a carga horária das escolas (ensino integral).

Se um dia o Estado resolver as questões básicas e a base de ensino melhorar de qualidade AI SIM poderemos perguntar se política e religião devem ser ensinadas nas escolas.

  • Like 1

Webp.net-resizeimage.png

Share this post


Link to post
Share on other sites

O estado deve ser laico (but, sabemos que não é).
Não, a escola não deve ser responsável por educar crianças ou adolescentes sobre política, pois não serão imparciais, o governo atual e o gosto dos professores reflete nas palavras e ensinamentos que são passados para os jovens. Quem faz faculdade e pagou alguma matéria de sociologia ou filosofia sabe do que estou falando.. Professores apaixonados por algum partido ou movimento político tentando fazer a cabeça da galera uheauhaeuahe

  • Like 2

dd38mu2-39e8b351-7883-43f1-91ee-d741d40a

SaD

Share this post


Link to post
Share on other sites

Na minha opinião o professor tem que dar aula, não falar sobre politica e religião.
Discordo totalmente debate politico, no caso do religioso, pra min tanto faz, a maioria acredita em Deus, então não vai existir nenhum conflito.
Acho que bem raramente deve ser discutido politica nos colégios, no meu ver, se você quer entender politica, entenda por si próprio, pesquise e etc, foi assim que eu fiz, e conseguir aprender muito, alem do que eu imaginava. mas se você aprender politica, com professores, que em grande maioria são de esquerda, você não vai aprender nada, vai sempre ter os mesmos discursos e pensamentos hipocritas que a esquerda tem.
Você pode ser tranquilamente de esquerda, porem, você tem que descobrir seu lado sozinho, talvez você não seja do lado que os professores impõe em você.

  • Like 1

dfgsdf.gif

Share this post


Link to post
Share on other sites
Posted (edited)

Bom, ambos não são assuntos para uma escola.

se eu escolher "x" religião para ensinar ao invés de "y" só por que a primeira tem mais adeptos, já estou errando por ai... há sim conflitos dentro de seus ensinamentos (excluindo também o fato de que, em menor % há quem não acredite) a educação religiosa deve vir de outros lugares que não a escola (PS: ou até ser algo opcional, na época do meu ensino fundamental/médio era obrigatorio e ocorria toda sexta-feira na última aula).

 

Politica, sabemos ser algo polemico, controverso e que, no geral, as pessoas não conseguem manter imparcialidade o que acaba, por sua vez, abrindo espaço para discussões (até mesmo de uma pessoa só rsrs)  completamente fora de contexto e que atrapalham o andamento da aula e criando até mesmo, um clima ruim aluno ~ aluno ou aluno ~ professor.

Edited by ORION'
  • Like 1

legendary_fim4.png
rádio fm 

 

Membro - [E]stagiário - Designer - Mod. Global - Coordenador - Co-administrador

Em meio ao caos, surgirá á luz,  um sorriso.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Escola é pra ensinar ciência, além de instruir a criança para que a mesma se torne um cidadão de caráter e que respeite a legislação do país. Acredito que política e religião é o resultado desse ensino, como se fosse o resultado do que a criança aprendeu e absorveu na escola (de ciência) e o que seus pais o ensinaram em seu lar (costumes, educação, cultura). A grosso modo, eu definiria que crença e política é comportamental e irracional (em um determinado lado), assim como a definição de para qual time de futebol torcemos.

Abraços.

  • Like 2

イ シ ュ タ ル

8ad703ba60337edb-image-ishtar-noble-phan

Share this post


Link to post
Share on other sites

Religião é a grosso modo definida por uma crença pessoal, sendo assim, impossível ter um norteamento em um ambiente como a escola que prioriza o ensino múltiplo, são diversas variáveis a serem discutidas para se validar o debate religioso em um ambiente escolar. Ademais, a política, depende do ponto de vista, no ensino médio tive várias aulas de geopolítica que definitivamente me ajudaram a escolher meu posicionamento a respeito desse meio, e, de maneira nenhuma me senti influenciado por X ou Y. A pauta em questão é a influência dos professores na decisão política, eu penso, então, que não deve ser tratado esse tipo de abordagem... Apenas apresente o fato e a consequência, assim como as aulas de geopolíticas são baseadas. 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Contra esta teoria, que admite a realidade empírica do tempo, a infinita diversidade da realidade única nos obriga à análise do sistema de formação de quadros que corresponde às necessidades lógico-estruturais. O que caracteriza o relativismo, com efeito, é quando o comprometimento entre as ontologias cumpre um papel essencial na formulação da teologia positiva empregada em movimentos negativos. Assim mesmo, a mistificação e virtualização das massas exige a precisão e a definição do sistema de conhecimento geral. No entanto, não podemos esquecer que o novo modelo estruturalista aqui preconizado facilita a criação das posturas dos governantes divergentes com relação às atribuições conceituais. Por outro lado, o início da atividade geral de formação de atitudes deve passar por modificações independentemente da gestão inovadora da qual fazemos parte. Caros amigos, a contínua expansão de nossa atividade talvez venha a ressaltar a relatividade das regras de conduta normativas? Difícil responder essa pergunta.


‏‏‎ ‏‏‎‏‏‎ ‏‏‎‏‏‎ ‏‏‎‏‏‎ ‏‏‎‏‏‎ ‏‏‎‏‏‎ ‏‏‎‏‏‎

tommy_by_hagarohorrivel-dcp2oco.png

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now
Sign in to follow this  

×
×
  • Create New...