Jump to content

Uma nova Web Cheats está a caminho!

A WebCheats é a maior e melhor comunidade de cheats do Brasil. Temos mais de 14 anos de existência, isso graças aos membros que nos apoiaram e ajudaram ao longo da nossa história!
Veja mais...

Reporte bugs e nos ajude a melhorar!

Nos ajude a descobrir bugs! Além de melhorar a comunidade.
Reporte aqui!
Notícia
  • Tema White WC 2019 0.0.1
  • Apresentamos o novo tema padrão do WebCheats!

Search the Community

Showing results for tags 'economia'.



More search options

  • Search By Tags

    Type tags separated by commas.
  • Search By Author

Content Type


Forums

  • Anunciantes
    • Advertise here
    • silvaBR Cheats
  • Anúncios/Eventos
    • Regras
    • Anúncios
    • Eventos do fórum
  • Feedback & Suporte
    • Tutoriais WC
    • Sugestões
    • Denúncias e Reclamações
  • WebCheats Premium
    • Trackers & Warez
    • Download
    • Cracking
    • Serviços Pagos - Pedidos
    • MarketPlace
    • Conteúdo Adulto
    • Taverna WebCheats Premium
  • Shooter Zone
    • Point Blank
    • Combat Arms
    • Cross Fire
    • Counter Strike
    • Battle Royale
    • Outros Shooters em Geral
    • Shooter Zone - Lixão
  • RPG/MOBA Zone
  • Outros Games Zone
  • Design Zone
  • Info Zone
  • Video Games Zone
  • Entretenimento & Diversão
  • 【FREE FIRE】▄︻┻┳═一's Fórum do Clube

Find results in...

Find results that contain...


Date Created

  • Start

    End


Last Updated

  • Start

    End


Filter by number of...

Joined

  • Start

    End


Group


About Me


Discord

Found 18 results

  1. A economia básica de ganho e perda de rounds no CS:GO é uma das mais importantes partes do jogo para você saber se o seu time tem que comprar full, fazer uma meia compra ou até mesmo o famoso eco. Além disso, é possível “adivinhar” se o seu adversário tem condições de fazer um round armado ou não. Mas fica tranquilo que o oldmanspacca aqui vai te ensinar tudinho. BÔNUS POR VITÓRIA CT Eliminando todos os Terroristas/Tempo esgotado do round – $3250 C4 defusada – $3500 TR Eliminando todos os CT’s – $3250 + $300 caso você tenha plantado a bomba. C4 explodiu – $3500 BÔNUS POR DERROTA É a grana que você vai ganhar caso o seu time perca rounds em SEQUÊNCIA. PERDA DE ROUND PISTOL (round 1 e 16) – $1900 PERDA DE UM ROUND (tirando os pistols) – $1400 PERDA DE DOIS ROUNDS – $1900 PERDA DE TRÊS ROUNDS – $2400 PERDA DE QUATRO ROUNDS – $2900 PERDA DE CINCO ROUNDS OU MAIS – $3400 NO CASO DE DERROTA COM BOMBA PLANTADA, O TIME TR RECEBE UM BÔNUS DE $800. O SISTEMA ATUAL DE RESET ECONÔMICO Você também precisa saber como funciona o reset econômico do seu time no caso de uma vitória no meio de tantos rounds perdidos em sequência. A conta é muito simples, mas tem que ficar ligeiro para não errar nos números. 1 round perdido = 1 nível a mais de bônus de derrota. 1 round vencido = 1 nível a menos de bônus de derrota. Exemplo: Numa partida com o placar de 5-0 para o time adversário, o time perdedor receberá o bônus máximo de $3400. Caso o time que está perdendo vença o 6º round e perca o 7º (placar de 6-1), ele receberá $2900 no próximo round. Sabe porque? Isso porque 5 rounds perdidos menos 1 round vencido é igual a: $3400 – $500 = $2900. Você acaba ganhando o bônus de derrota de quatro rounds perdidos. E isso se mantém durante todo o processo de perda e ganho de rounds no jogo. Parece complexo, mas é bem fácil quando você se acostuma a fazer a conta de rounds perdidos menos rounds vencidos. Creditos: Guilherme Spacca / GamersClub
  2. Oligopólio é um sistema que faz parte da economia política que caracteriza um mercado onde existem poucos vendedores para muitos compradores. Em um oligopólio, as alterações nas condições de atuação de uma empresa vai influenciar o desempenho de outras empresas no mercado. Isto provoca reações que são mais relevantes quando o número de empresas do oligopólio é reduzido. Um oligopólio é caracterizado por: um estado de hegemonia, em que existe a luta para alcançar a supremacia total; inflexibilidade de preços: os preços em vigor são estabilizados, sendo evitada a competição; predominância dos preços, sendo que todos os vendedores aceitam os preços estabelecidos; ocorrência de ações em conjunto, frequentemente dando origem a trustes. (Um truste é uma coligação econômica ou financeira, um agrupamento de empresas que tem como objetivo diminuir e eliminar a concorrência, dividindo o mercado. Quando se verifica a formação de trustes, a concorrência é transferida para a área da qualidade e apoio ao cliente, porque não existe concorrência no que diz respeito aos preços.) No oligopólio, muitas vezes ocorre a criação de um cartel, onde as poucas empresas dominantes fazem um acordo para manter o preço do produto comercializado. Tanto o carte como o truste exercem poder de pressão sobre o mercado. Ao contrário do truste, no cartel as empresas envolvidas continuam independentes no âmbito legal. O oposto de oligopólio é designado como oligopsônio, um mercado onde existem poucos compradores de um grande número de vendedores. Oligopólio e monopólio Tanto o monopólio como o oligopólio contribuem para uma concorrência imperfeita. A diferença entre monopólio e oligopólio é que no monopólio existe apenas um fornecedor ou vendedor, que domina o mercado, enquanto que no oligopólio existem poucos fornecedores do mesmo produto. Quando um produto é considerado essencial para a economia de um país, muitas vezes esse país estabelece leis que impedem a criação de monopólios e oligopólios. Oligopólio no Brasil Talvez o maior exemplo de oligopólio no Brasil seja o mercado de telecomunicações, no qual poucas empresas controlam o mercado. No caso da telefonia móvel, a fusão das empresas TIM e Vivo consistiu no primeiro oligopólio nesta área do mercado. Também são conhecidos oligopólios no caso da montagem de veículos, na produção de ônibus, por exemplo, o que pode contribuir para o aumento do preço do transporte público.
  3. Não irei falar sobre investimento, se tiver interessado em investir nessa área, sugiro que leia a matéria completa (link no final do tópico) e lembre-se; É por total responsabilidade sua. Recomendo que estude bem esse mercado antes de sair comprando ações por aí. Entenda o que são commodities: Seja nos noticiários ou no universo dos investimentos, você provavelmente já ouviu falar em commodity alguma vez. Não é difícil ouvir que sua cotação derrubou a bolsa de valores, prejudicou determinada empresa ou favoreceu outra, por exemplo. As commodities são elementos de vital importância no que se refere ao funcionamento da economia, tanto em termos locais quanto em nível global. São produtos que funcionam como matéria-prima, produzidos em escala e que podem ser estocados sem perda de qualidade, como petróleo, suco de laranja congelado, boi gordo, café, soja e ouro. Commodity vem do inglês e originalmente tem significado de mercadoria. Dessa forma seu preço é determinado pelo mercado mundial como uma consequência da oferta e demanda, e não pela empresa que a produz, uma vez que sua “marca” não importa tanto. Em termos gerais, algumas características que determinam uma commodity são: Produtos de origem primária; Grande importância mundial; Pequeno grau de industrialização; Produção em larga escala; Comercialização mundial; Qualidade e características uniformes de produção, sem diferenciação de marca; Podem ser estocadas sem perda de qualidade. As commodities podem ser classificadas em 4 tipos principais: 1. Agrícolas: Na categoria de commodities agrícolas estão inclusos os bens que são cultivados através do agronegócio. Assim como: Milho Café Açúcar Algodão Suco de Laranja Soja Trigo 2. Minerais Nesta categoria enquadram-se bens do segmento de energia, metais e minerais diversos. Assim como: Petróleo Etanol Ouro Gás Natural 3. Ambientais São bens originados à partir de recursos naturais e essenciais para a produção agrícola e industrial. Assim como: Água Madeira Geração de Energia 4. Financeiras Nesta categoria se enquadram moedas negociadas em vários mercados e títulos do governo. Assim como: Dólar Euro Real Títulos públicos do governo federal Commodities brasileiras: O que elas influenciam no mercado O Brasil é um destaque na produção e exportação desse mercado, em parte devido à extensão do território e à larga exploração dos recursos naturais, e por isso o seu impacto em nossa economia também é bastante alto. Em 2014 por exemplo, estimava-se que essas mercadorias representavam cerca de 65% do valor total das exportações do país. Em 2015 essas exportações representaram US$191 bilhões. Mas como tudo na vida, existe um lado bom e outro ruim nesta posição. O Brasil tem o benefício de comercializar mercadorias de consumo mundial, tendo alta demanda, porém fica exposto a determinação internacional dos preços. Por exemplo: Se a demanda internacional está alta, o preço sobe e o lucro dos produtores aumenta. Ou seja, o Brasil lucra muito. Mas se uma recessão atinge escala global, a commodity desvaloriza e os produtores são muito prejudicados. Isso quer dizer que o Brasil pode ter sua economia afetada por uma crise internacional, mesmo que sua economia internamente esteja indo bem. Outro ponto a se destacar é que o mercado interno também sofre com a oscilação internacional dos preços dessas mercadorias (isso pode ser um dos motivos q pode explicar o preço atual do petróleo). Se a cotação do boi gordo subir internacionalmente devido a escassez, o mercado interno também verá seus preços elevados, mesmo que o país tenha grande produção da carne bovina. Isso porque, motivada pela alta dos preços, consequentemente a maioria dos produtores irá preferir exportar o produto, provocando alta também nos preços do mercado interno, uma vez que a oferta do produto será reduzida. Algumas das principais commodities brasileiras exportadas são: Petróleo Café Boi Gordo Suco de Laranja Minério de Ferro Soja Alumínio Quem ficou interessado pode conferir a matéria completa onde aborda os commodities na BOVESPA por exemplo. Como funciona esse tipo de investimento e afins. Abraços. Fontes: https://www.tororadar.com.br/blog/commodities-o-que-e-significado https://mundoeducacao.bol.uol.com.br/geografia/commodities.htm
  4. Nós, do LitheMC, somos um dos únicos servidores do mundo e o primeiro brasileiro a ter/suportar o modo Battle Royale. Fundado em 2017, nosso propósito é levar a melhor experiência possível de gameplay à nossos jogadores, em todos nossos modos, sendo eles: DayZ, RankUP, BattleRoyale e Gladiator. O servidor está em BETA, bugs são esperados. Para reportar bugs, reporte em nosso fórum ou envie um email a [email protected] Neste tópico, iremos falar um pouco sobre o nosso modo de RANKUP da network, que abrange um tema Nobliárquico. Pensando nos amantes do famoso modo RankUP, não poderíamos deixá-lo fica de fora da nossa network! Atualmente contamos com um servidor RankUp, o RankUp Nobiliárquico. Este conta com 33, exatamente isso que você leu, 33 ranks, além de um sistema de encantamentos 100% próprio e interativo! Contamos também com sistema de almas, spawners, skills, eventos diários, maçãs e pvp da 1.5.2 na 1.8+ e muito mais! Iai, será que você tem determinação o suficiente para chegar ao último rank e adquirir todos os itens possíveis dentro do servidor? IP: play.lithemc.com.br SITE: www.lithemc.com.br FÓRUM: www.lithemc.com.br/forum VERSÕES: 1.8.X ~ 1.12.X Aguardamos você! Boa jogatina.
  5. Além da corrupção escancarada é claro, qual o grande problema do Brasil? Econômico, Social ou Cultural? (Ou outros?).
  6. Anti Social (BETA), o mais novo servidor de sobrevivencia brasileiro! •Servidor 1.12.2; •Staff cheia; •Mundo livre; •PvP ativo a noite, no end e no nether; •Sistema de Clans; •Caixa vote; •Sem lag; •Servidor novo; •Mcmmo; •Jobs; •Equipe madura; •Premiação para mais votos no servidor; •Economia equilibrada. -Em breve- •Eventos automáticos; •Gladiador todo fim de semana; •Comando para 1v1; •Mais caixas diversificadas; » AntiSocial.reis.host » Loja virtual (BETA): http://pagcraft.com.br/antisocial/ » Dúvidas? Steam: dave_thekiller1
  7. Por : Coronel Dan Se por acaso tivesses o propósito de destruir uma nação poderosa, imersa numa filosofia originalmente poderosa, independente e totalmente oposta à tua - um país que não quisesses enfrentar militarmente - como é que farias as coisas? A resposta é simples; orquestra a sociedade para a destruir a partir de dentro. Embora isto possivelmente possa demorar mais tempo que uma vitória militar, e exigir mais paciência, os estragos seriam igualmente eficazes - se não mais ainda. Quando se destrói uma nação a partir do seu interior, usasse o seu próprio povo, e desde logo, nenhum sangue é derramado em combate e as infraestruturas físicas são mantidas intactas. Em qualquer país, existem certas área-chave que determinam a forma como os cidadãos amadurecem, vivem, e desenvolvem as suas crenças. Esses são os pontos centrais que têm que ser atacados. No seu livro "On War", Clausewitz referiu-se a este conceito de identificar e focar-se nos pontos seleccionados como um ataque aos centros de gravidade. O centro de gravidade é o tal elemento-chave que, quando controlado e destruído, irá prejudicar de forma considerável o teu adversário e isso é um factor crítico para tu atingires o teu objectivo. Neste caso, quando se toma o controle ou se destrói o inimigo a partir do seu interior, a chave é atacar e controlar a mente dos seus habitantes - tens que moldar a forma como as pessoas olham para a vida e para os valores sobre quais a sua vida se fundamenta. Molda a sua mente e irás controlar o seu avanço. Controla o seu avanço, e serás capaz de as guiar até um caminho que desça até ao inferno. Os centros de gravidade que eu iria moldar na orquestração da queda dum país a partir do seu interior são os responsáveis pela sua percepção da verdade, as suas gerações futuras, a ideologia política, o seu sentido de nacionalismo e, claro, a sua economia. Para moldar a verdade, há que controlar os média: A maior parte das pessoas absorve o que elas sabem sobre a vida a partir dos grandes centros mediáticos, que pintam uma imagem que tem como propósito ser vista por todos. Se essa imagem é constantemente distorcida, as mentiras passam a ser aceitáveis - isto é, digam repetidamente mentiras suficientes e mais cedo ou mais tarde essas mentiras passam a ser um "facto". Rodopiem e inventem, distorçam e influenciem usando as plataformas públicas - tais como a televisão, a rádio e a imprensa - e vocês serão capazes de manejar e controlar a mente da vasta maioria da sua população em qualquer área à vossa escolha. Esta influência subversiva inclui 1) colocar um grupo contra o outro, como forma de gerar discórdia interna, 2) ridicularizar, desacreditar e colocar em causa os princípios morais e os valores nacionais do país como forma de destruir qualquer traço dum forte fundamento espiritual ou duma forte aliança, única àquela cultura nacional. Isto é mais fácil de ser feito se muitos dos alvos da vossa audiência se tiverem tornado preguiçosos, sem educação, mal-informado, sem capacidade de raciocinar e apática. Para moldar as gerações futuras, controla as escolas: Indoutrina de forma progressiva as crianças com princípios que estão de acordo com a tua filosofia. Faz com que as gerações futuras fiquem mentalmente, fisicamente e espiritualmente fracas. Evita ensinar as crianças os factos básicos da sua própria história, da sua constituição ou dos seus direitos. Ensina-os que a agressividade natural está errada, e que o certo é ser dócil e submisso. Ensina-os que qualquer fundamento moral, tais como os princípios da religião, é uma fraqueza a ser evitada em nome da liberdade, e cria uma nova definição de patriotismo de forma que este novo entendimento esteja de acordo com os teus pontos de vista. Ensina-os a colocar de parte os antigos valores e as antigas tradições no interesse e em nome da sensibilidade - afinal de contas, não queremos que as pessoas se sintam ofendidas com as nossas crenças antiquadas e tradicionais, pois não? E as armas, oh, as armas são malignas, perigosas, e socialmente inaceitáveis - um mal que tem que ser erradicado da sociedade para o bem das crianças, obviamente. Para moldar a filosofia política, infiltra-te no governo: Sempre que for possível, coloca pessoas favoráveis à tua filosofia nos mais elevados cargos - quanto mais elevados, melhor - de modo a que elas possam manejar a direcção do país dentro de cada sector do governo, prometendo soluções, oferendas e benefícios para todos. De certa forma, tu podes pender a legislação rumo ao aumento do controle do governo e da dependência da população perante esse mesmo governo - governo esse que tu estás a moldar. Actualmente, se tu conseguires encher os tribunais com juízes nomeados que não serão responsabilizados perante a lei e perante a constituição, podes agir com impunidade virtual. A infiltração junto dos mais elevados cargos pode também ser empregue para enfraquecer as forças militares através de cortes orçamentais, restrições injustificáveis, degradando tanto a moral como a eficácia das forças militares. Um país sem uma forte força militar é como um touro sem chifres ou um tigre sem garras - indefensável e vulnerável. Para moldar o sentido de nacionalismo, dilui a cultura e a língua: Uma sociedade forte tem os seus fundamentos numa cultura única e na língua comum. Dito de forma simples, e em última análise, a cultura e a língua é que definem e unem a nação. Se conseguires manipular estes dois elementos importantes através de acção legislativa e pressão social, podes enfraquecer os fundamentos de qualquer país. Como? Introduzindo e eventualmente forçando a aceitação do conceito multicultural bem como a recusa do uso da língua comum como a língua oficial. Resumidamente, impede a assimilação cultural e fragiliza qualquer sentido de nacionalismo. Encoraja e orquestra o aparecimento duma sociedade mosaica, e não dum "melting pot", e serás capaz de, eventualmente, ferir de morte a estrutura nacional. Para moldar a economia, gasta, gasta, gasta, e tributa, tributa, tributa: Um país com uma economia forte é financeiramente independente e pouco provável de olhar para o governo para o que quer que seja. Se as pessoas livres não dependem do governo, então o governo tem poucas formas de manobrá-las. Ao legislar largas somas de dinheiro dos bolsos do erário público, consegues atingir dois objectivos importantes: Primeiro, crias dependentes junto dos negócios públicos e privados, que estão agora sujeitos à condições, regras e regulamentos que tu ditas. Segundo, estás a colocar o país sob uma dívida insustentável, reduzindo o valor da sua moeda ao mesmo tempo que fragilizas a sua economia. E, claro, para apoiar todo este gasto, dizes que as pessoas têm que "investir" nestes "benefícios" disponibilizados pelo governo de forma a que possas tributá-los incessantemente, tirando o dinheiro dos seus bolsos e a independência das suas vidas. Eventualmente, se tributares as pessoas o suficiente, irás oprimi-las financeiramente a tal ponto que elas passam a ser servas, sobrecarregando a estrutura económica até ao ponto do colapso. Através duma manipulação paciente e inteligente, coordenando estes poucos centros de gravidade, tu podes - com o passar do tempo - tecer a queda até da nação mais poderosa que existe, usando os seus próprios cidadãos e os seus sistemas para orquestrar a sua destruição. A ironia é que em apenas algumas gerações, as massas indoutrinadas ficarão convencidas que este caminho, que foi preparado para eles, verdadeiramente é o caminho esclarecido para a humanidade e irão de livre vontade ansiar pela viagem. Tu terás, assim, tomado conta dum poderosos rival sem no entanto ter derramada uma gota do teu sangue. (...) __________________________________x__________________________________ obs: média = mídia Veja também: O que é o populismo? Teoria do Colapso Cultural Escola de Frankfurt Escola de Frankfurt - Estratégia
  8. O que é : e-Sim é um jogo de browser que simula as relações políticas, econômicas e militares dos países. Nele você pode trabalhar, treinar sua força, criar sua própria companhia, comprar ações de outras companhias, criar partidos políticos, votar, se eleger, atacar outras nações, criar exércitos, escrever artigos para o jornal, criar alianças, viajar, cambiar seu dinheiro, mudar sua cidadania e muitas outras ações, além disso ele é um jogo internacional(a pessoas de todo o mundo jogando). Atualmente lançou, faz 24 dias o servidor novo chamado Harmonia, onde nós(Brasileiros) somos uma das maiores potências do servidor. Neste exato momento, estamos em guerra contra a Indonésia(atual top1 do jogo, malditos!). Por isso estou através deste, chamar vocês para nos ajudar a vencer essa guerra e nos tornarmos os top 1 do jogo. Link para jogar: http://harmonia.e-sim.org/lan.20595/ PS: Sim, este é um link de referência, mas nós dois iremos ganhar. Caso você se registrar através dele quando chegar ao level 7 sua conta receberá 2.00 Gold (Gold é o cash do jogo e custa dinheiro real). Então, me ajuda que eu te ajudo :D Assim que você criar sua acc pelo link, aparecerá eu como seu amigo, se tiver qualquer dúvida ou querer ajuda, é só clicar no meu nome(Yhorm) e me mandar uma mensagem que lhe responderei. Link útil: http://pt.esim.wikia.com/wiki/Wiki_E-Sim (WIKI do jogo em PT-PT) Qualquer dúvida, deixe um comentário ai em baixo que responderei :D Obrigado a todos e boa tarde/noite.
  9. Servido ONLINE [19/10] Olá! Você está procurando um servidor novo, sem lag e divertido? Sua busca terminou! Venha jogar com a gente! IP: jogar.absolutecraft.com.br ou 158.69.63.191:25565. ► Nós temos suporte para o Minecraft Original e Pirata, versão 1.9 ► Temos eventos especiais, onde você tem a chance de ganhar itens exclusivos e raros. Sistemas: ► Sistema de recompensa diária ► Loteria ► Pets ► MCMMO ► Clans ► Empregos ► Hologramas ► Loja - Loja de Players ► ArenaPVP ► Proteção de Casas - RedProtect ► Shop balanceado ► Economia balanceada e maleável ► Atualizações e novidades constantes ► Equipe especializada, determinada e competente para te auxiliar; ► Servidor em atualizações e com modificações constantes, mantendo o foco na diversão e qualidade; ► Eventos sempre que possível, para manter a diversão; ► Servidor completamente estável, livre de erros e bugs; ► Vagas para ajudantes que desejarem contribuir com o servidor; Screenshots: Spawn: ArenaPVP: Loja: Eventos: Acesse nosso site e fã-page no facebook e fique por dentro das novidades: http://www.absolutecraft.com.br/ https://www.facebook...lutemc/?fref=ts Esperamos todos vocês! Atenciosamente, Equipe AbsoluteCraft.
  10. WC Repórter - O Papel Vanguardista e Inovador da Web Cheats na “Era 10” Os fóruns online são palcos das mais célebres divulgações de cheats, discussões acaloradas e propagação de conteúdo de design. Fóruns existem para todos os gostos: fóruns que suportam os mais assíduos fãs de MMORPGs, aos otakus da fanbase do Naruto ou até mesmo aos gamers leitores dos sites vinculados ao GameBlast. Gostos a parte, até a Level Up se pontifica em ter entre seus domínios fóruns onlines para seus jogadores. Há pessimistas que dizem que “os fóruns” estão mortos – se assim o é, por que eles continuam sendo criados? –, tal como Nietzsche anunciou no livro Gaia da Ciência que Deus estava morto. Esse que vos escreve, Dom Astrogildo, seu repórter a todo momento, não acredita que os fóruns e até deus tenham vindo a falecerem. Apesar de que as redes sociais, tal como Facebook e os sites como YouTube abrigarem uma legião de fãs, eles ainda não conseguem bater de frente com a Web Cheats no quesito de hackers, tutoriais e, também, no que se refere em ferramentas para ajudar os problemas de quem mais precisa; sempre seremos muito mais objetivos e melhores nesses assuntos. Fóruns vs Redes Sociais Um fórum usualmente possuí um conteúdo muito mais delimitado, o conteúdo dele é preestabelecido de forma mais rápida – se o fórum é sobre cheats, então ele sempre majoritariamente sobre cheats e satisfaça-se com isso pequeno gafanhoto de araque; numa rede social se é bem mais comum as pessoinhas aglomeradas decidirem o que irão quererem verem em suas queridas “telinhas virtuais”. Numa rede social você pode criar um grupo sobre ballet e várias pessoas entraram nele, discutirem o estilo de dança e você mesmo poderá ser o “líder” desse grupo de admiradores da dança. Num fórum se é um pouco mais difícil, um administrador delimita qual tipo de conteúdo será criado. Diria que os fóruns são bastante menos abertos a liberdade criativa e liberdade de escolha – mas isso nem de longe quer dizer que não exista liberdade criativa ou liberdade de escolha; nossos fóruns, em comparação, possuem muito mais ferramentas para ajudar o criador de conteúdo a se dedicar ao seu trabalho. O que acontece nos fóruns é que a hierarquia, quem comanda e quem obedece, é mais restrita e nas redes ela é muito mais aberta, mais espontânea e livre. Você pode a todo momento decidir “se tornar um líder” e criar um grupo, bons criadores receberão mais membros e péssimos criadores menos. Já num fórum, na WC (Web Cheats) mesmo, isso é mais difícil. Se nosso Fórum fosse “WG (Web Games)”, por exemplo, poderíamos estar agora discutindo sobre o possível novo console ou portátil da Big N (Nintendo). Por causa dessas complicações, comparar fóruns online com redes sociais é algo muito difícil. Redes sociais possuem relações muito mais espontâneas que fóruns, a competição de grupos por membros é alta e as regras de grupo para grupos varia muito – a qualidade de grupo para grupo é absurda e se é muito comum brigas e “secessões”, além de bons membros saírem o tempo todo por causa do mal comportamento de membros intolerantes, ponto para nós, nos fóruns a organização é muito melhor e esses problemas acontecem com muita pouca frequência. Um fórum costuma ser muito mais fácil de se relacionar, pois, muito frequentemente, regras são, quase que, inteiramente fixas de área para área – nas redes sociais elas podem variar de ideologia para ideologia. Nossos “cabeças” são mais fixos – isso garante tempo para maior aprendizagem e adaptação –, porém, nossa organização e compreensão são bem mais fáceis no que se entende por regras. Nossas ferramentas são um pouco mais difíceis de se comandar e requerem uma determinada quantia de tempo de aprendizagem, porém nossas “páginas” são muito mais bonitas que as do Facebook e nos orgulhamos muito disso! O membro que sabe usar o Fórum da maneira adequada pode visualizar o Fórum de forma muito mais polida e concisa que as redes sociais. Nas redes sociais, por exemplo, o Facebook, se é preciso descer postagem por postagem, enquanto aqui, na WC (Web Cheats), se é preciso apenas saber o nome do tópico ou pesquisá-lo pelas ferramentas de pesquisa. Web Cheats é Vanguardista! Sempre nos foi muito difícil (e custoso) abrigar áreas novas dentro de nossos fóruns – esse problema é um “lugar-comum” para todo mundo que convive dentro de fóruns, especialmente para quem tem um fórum –, toda criação de área era vista com uma imensidão de incerteza que obscurecia nossas visões já periféricas. Fóruns, como já descrito, possuem um poder criativo muito prefixado em relação as redes sociais que, diferentemente, só possuem regras de convivência e poder de criação quase que ilimitado. A Web Cheats não é só mais um fórum de cheats – como você, querido leitor, já deve ter percebido –, com o tempo passamos a perceber que os “cheats” não dariam vigor eterno e deixava muito “fixo” nossas crescidas e subidas. Promessas de novos cargos para uma nova área é até bom, mas jogos novos para novos hacks – e a criação desses hacks – não surgem a todo momento – muito menos capital humano (membros bons) na criação de hacks, tutoriais, atendimento de dúvidas (afinal, membros têm dúvidas) ou até mesmo dispostos a interagirem na área bate papo das áreas novas. Outro problema contumaz que persiste: nem todo jogo que entra no Brasil “cola”, isto é, nem todo jogo atrai jogadores o suficiente para fóruns onlines que faça valer a pena a criação de uma área exclusiva e “investir” em moderadores para essa área. Encaramos o que a dado momento todos os fóruns encararam – e para o “ ”, eles encararam e caíram no limbo, sorte nossa, chora mais – a diversificação sem cheats – ninguém pensou nisso antes, além daquelas ideias de criação de áreas para animes/mangás, é claro; isso quebrou um velho “tabu” (talvez uma “tradição”) nossa. Acostumamo-nos a sempre depender de jogos que viriam para cá e dariam um “boom” em nossos fóruns, mas eles nem sempre chegavam. Descentralizamos muito nossa Staff, isso foi bom para fiscalização das áreas e trouxe novos moderadores e membros, mas isso por si só e insuficiente para fazer que nosso querido Fórum voltasse a “decolar”. Uma Luz no Fim do Túnel O que fez a Web Cheats tomar o papel vanguardista – que sempre lhe foi dado por mérito, convém lembrar – foi a reinterpretação do conceito de fórum. Falhamos miseravelmente enquanto não tínhamos esquecido dos nossos “antigos dogmas”, eles estavam nos tornado seres tribais. Como foi escrito anteriormente: nossos principais problemas eram as esperas por jogos que a pudesse criar ou receber cheats e prefixação alta do que poderia vir a ser construído e explorado no Fórum. Esquecemo-nos dessas bobagens de selvagens e criamos uma rede interconectada de fóruns. A Web Cheats foi redescoberta com a criação da WEBFX e WEB GAMING. Não seremos nunca mais uma “coisa limitada”, e a Web Cheats deu sua declaração de “guerra” – mesmo que discretamente e só para quem tenha cérebro o suficiente para entender a periculosidade desse potencial incrivelmente inovador – a todos os outros fóruns brasileiros: - Ou vocês sejam covardes demais para copiar nossas armas e tentar de lutar de igual para igual diante delas ou cairão perante elas num ataque fulminante! A Web Cheats é agora um grande império – seja soterrado para o crescimento do mesmo, huehuehuehuehue –, renda-se para nós agora ou acabe sendo destruído para sempre!
  11. Staff Way of Life - Hagaro (Ayel é o mais gato) Staff Way of Life se trata de conversas distraídas com moderadores, se procedem de forma espontânea e possuem picos de seriedade e zoeira. Leve tudo na paz, amém! Dom Astrogildo: Bem. Dom Astrogildo: Vamos começar a entrevista? Hagaro ҉: s *** Dom Astrogildo: Qual é a sua idade? Hagaro ҉: 19 anos *** Dom Astrogildo: Com qual idade se descobriu desimer? Hagaro ҉: entre 15 ~ 16 *** Dom Astrogildo: Foi um choque para seus pais e para a sociedade? Hagaro ҉: Não kkkk *** Dom Astrogildo: Ainda bem, graças a Deus hoje vivemos num mundo mais tolerante. Hagaro ҉: E eu também não falo pras pessoas que eu sou desimer em um fórum de joguinhos onde faço imagens com luzes coloridas e renders de animes, seria estranho. Hagaro ҉: lmao Dom Astrogildo: Claro que sim. (Tem certas coisas improfícuas que temos que guardar para nós mesmos.) *** Dom Astrogildo: Então, querido Raggaro, como foi a sua primeira experiência com fóruns? Hagaro ҉: Se não me engano em meados de 2011 e 2012 Hagaro ҉: eu estava jogando e então me falaram sobre os servidores piratas, eu pesquisei no google e fui parar na webcheats *** Dom Astrogildo: (Há sempre infelizes apontando o caminho da perdição.) E como foi a primeira sensação de estar num fórum, na Web Cheats, você se sentiu acuado pelas forças malignas e patológicas aqui presente? (Dizem que aqui há até jogadores de LoL.) Hagaro ҉: HAHAHA, então eu só me cadastrei e fiquei de sangue suga mesmo. Hagaro ҉: Depois de um tempo eu participei de uma equipe de ddtank (é vergonhoso mas já fui viciado nessa mierda) e então me foi dada a missão de divulgar o servidor. Lembro que foi meu primeiro tópico, todo zuado letra laranja grandona e um monte de nego me xingando pelo fato do server ter ficado off no outro dia, então eu participei de uma pequena treta e levei minhas primeiras infras, foi ai que comecei a participar do fórum e comentar os outros servidores dando minha opinião sobre eles e etc... depois comecei a jogar outros jogos e fui conhecendo melhor o fórum e fiz algumas amizades por aqui, minha primeira amizade foi com o Isaque que era moderador na epoca. *** Dom Astrogildo: E como foi essa relação com o Isaque, rolou um staffmance? Hagaro ҉: Vuash, a gente foi brother até ele sumir... *** Dom Astrogildo: (Esses adúlteros, nunca se mantêm em relacionamentos estáveis.) Se você fosse uma mulher (ou pudesse virar uma), diga-me, para qual adm você daria para subir de cargo? Hagaro ҉: Nenhum, se eu fosse mulher já teria 3 filhos, impossível ter cargo na wc e 3 filhos kkkkkkk Hagaro ҉: mentira Hagaro ҉: Se eu fosse mulher colocaria todos na friend zone, pq é isso que as mulheres fazem. *** Dom Astrogildo: (Sem coração - já tem o quesito primordial para ser mulher -, mudemos de assunto.) Qual é a sua opinião sobre Haseo, sobre Getúlio Vargas e sobre o novo álbum do Justin Bieber? Hagaro ҉: Na minha opinião o Haseo foi um cara muito especial para a história da webcheats, tanto é que daqui uns dias o fórum completa 30 anos e ainda vão lembrar dele. O mesmo vale pro Getúlio... Não escuto Justin Bieber, sorry< kkk *** Dom Astrogildo: Uma perguntinha sobre a Staff, quem é o moderador mais gato? Dom Astrogildo: Quem mais pega mulher? Hagaro ҉: AYEL É O MAIS GATO Dom Astrogildo: Ele é o cara das baladinhas? Hagaro ҉: sim Dom Astrogildo: Top. *** Dom Astrogildo: Se você pudesse escalar alguém para a moderação da Staff, quem escolheria? Hagaro ҉: Moraes Hagaro ҉: pra desing *** Dom Astrogildo: Quem é o membro mais amorzinho da WC? Hagaro ҉: como assim? Dom Astrogildo: O mais fofinho, aquele que todo mundo ama. Hagaro ҉: Carnage e Toddy *** Dom Astrogildo: O que é a tal da Webfx? Hagaro ҉: Webfx é um projeto recente que fui convidado á participar, um fórum clássico de design só que com a mesma base da webcheats. Foi legal porque eu fiz as team icons em parceria com o Ruti e participei desde o começo. Estou muito satisfeito. Dom Astrogildo: Como é trabalhar para a Webfx? Há grandes oportunidades? Os membros são amistosos? Hagaro ҉: Não difere muito das experiências que eu já tive anteriormente com a webcheats, o nível da galera aumentou bastante mas ainda temos muito o que melhorar, principalmente porque existe uma baixa demanda de membros. A maioria dos membros são amistosos e sociáveis, tanto é que nosso chat no skype geralmente tem proza o dia inteiro. Dom Astrogildo: Você acha que o gosto por designer leva a um maior gosto artístico no geral? Hagaro ҉: Sim, o Ishiyoto por exemplo quando o conheci ele fazia apenas signs simples. Hoje em dia ele faz umas pinturas bem tops e uns 3d do caralho também. Dom Astrogildo: Qual é a sua perspectiva para o fórum Webfx para daqui a alguns anos? Hagaro ҉: Pra ser sincero, nunca parei para pensar sobre isso. Tudo pode acontecer, vai depender muito da equipe e da estruturação geral do fórum... Prefiro não dar palpites. *** Dom Astrogildo: Como é ser moderador do maior fórum do Brasil? Hagaro ҉: Na minha primeira passagem era muita correria, fabrica lotada e um monte de projetos... Hoje em dia é mais sussa, o movimento caiu um pouco e com isso cai a pressão. Me sinto mais maduro, mas sei que tudo que fiz e faço de errado e certo vale a pena, pois eu tiro lições de tudo. *** Dom Astrogildo: O que você acha da música brasileira? Hagaro ҉: Já foi melhor. Hoje em dia existem apenas refrões feitos apenas para vender e sumir em 1 ou 2 meses. Não existem mais músicas verdadeiramente escritas, são todas feitas para o mercado. *** Dom Astrogildo: O que achou do impeachment de Dilma Rousseff? Hagaro ҉: Eu achei justo, acho que não deve mudar muita coisa. Mas achei justo pois pra mim foi como um patrão despede um funcionário que não trabalha direito. No caso o patrão foi o povo. Sem falar que ela deu motivos para sair com todos aqueles rolos dela... *** Dom Astrogildo: Agora iremos para perguntas ultra polêmicas, preparado? Hagaro ҉: ok Hagaro ҉: pode mandar *** Dom Astrogildo: Na ditadura chilena, Pinochet, matou muitos chilenos; porém, ao mesmo tempo, criou uma política econômica sólida que fez o Chile o país mais desenvolvido da América Latina. Você concordaria com o regime de Pinochet que surgiu em reação as políticas desastrosas de Salvador Allende que flagelaram a economia?, e, se concorda com isso, concorda que Pinochet é um herói? Hagaro ҉: poha pensei q era pergunta polemica relacionada ao fórum kkk. Não sei muito sobre essa ditadura chilena, Não posso opinar Glória Pires Mode Dom Astrogildo: Okay. *** Dom Astrogildo: Vamos mudar para o Regime-Civil Militar brasileiro. Pode ser? Hagaro ҉: ok *** Dom Astrogildo: O regime civil-militar surgiu com o objetivo de restaurar a ordem e destruir os inimigos da democracia; porém, de forma totalmente paradoxal, intensificou uma concentração no poderio econômico (elitizou o mercado), mas, se o Brasil tivesse vivido uma ditadura comunista, nossa situação econômica não estaria muito pior agora? Hagaro ҉: Na questão econômica eu acho que foi o menos ruim, embora eu não concorde com esse tipo de atos, pois sempre causa muito derramamento de sangue, muita gente é feita de massa de manobra por diferentes grupos e etc... Falar sobre a ditadura militar é complicado, pois existem várias versões sobre o que realmente aconteceu, mas nunca confiamos em ninguém. O fato do exercito sumir com pessoas e documentos sempre leva por água abaixo qualquer tentativa de defender em argumentos o governo militar. Creio que apenas quem viveu e viu tudo de perto sabe o que realmente aconteceu. Dom Astrogildo: Entendo. *** Dom Astrogildo: E para finalizar, o que o sr. Hagnarok, faria para mudar o Brasil nesse momento tão difícil? Hagaro ҉: Abriria o mercado :) Hagaro ҉: Ajudaria os empreendedores em geral, principalmente os microempreendedores, algo parecido com a agricultura familiar poderia ser feito para apoiar novos empresários. *** Dom Astrogildo: Conversamos hoje com Hagnarok, moderador da Webfx, desimir e, não menos importante, jogador profissional de Tíbia! Hagaro ҉: não jogo tíbia, jogador profissional de fifa, ninguém ganha de mim. obg dnd
  12. Uma resposta aos devaneios de KAIRS - ou - O livre-mercado deu certo SIM! Essa frase me é estranha, ela é imperativa; primeiramente, gostaria de reforçar que: tenho uma visão um pouco mais complexa (e bem estruturada) do que vem a ser o livre-mercado. A palavra "capitalismo" é uma palavra tosca que provoca uma grande nulidade e faz com que se omita características em detrimento de outras. Eu posso, por exemplo, argumentar que o país mais capitalista do mundo é Hong Kong e que os EUA não representam o capitalismo e você, ao mesmo tempo, pode argumentar que Cuba é país que vive com uma "burguesia estatal" ou num "capitalismo de estado"; então, para não complicar: usaremos termos como livre-mercado e planejamento central. Se você entende a palavra "capitalismo" como: um sistema voltado ao acúmulo de capital, então, deve esquecer tal conceito. Por quê? Por isto: Acúmulo de capital pode existir sem a existência de um livre-mercado; A maior parte de nós, libertários, liberais, liberais-conservadores, conservadores e libertários-conservadores, compreende a palavra capitalismo por livre mercado e socialismo por planejamento central; Enquanto isto, esquerdistas dos mais variados gêneros, compreendem a palavra meramente como uma forma de "tudo isto que está aí", relação corporativista (estado e empresas), imperialismo e, dentre outras, barbárie; Tal entendimento dificulta nossa argumentação: nós compreendemos o capitalismo como livre-mercado e, para vocês, capitalismo é simplesmente um sistema em que haja lucro ou em que o lucro determine as relações econômicas e políticas. Nós, pelo contrário, acreditamos em liberdade econômica, proteção a propriedade privada, transparência na gestão pública, gastos equilibrados - excetuando-se anarco-capitalistas que defendem somente as duas primeiras condições. Sem tal entendimento é dificultoso e contraditório seguir meu argumento. O livre-mercado, em sua gestão descentralizada, permitiu que as pessoas produzissem em massa bens e serviços; com o acúmulo de capital foram-se investidos em vários setores produtivos (ex: meios de transporte), a busca pelo lucro fez com que as pessoas, de forma totalmente aleatória e desconexa, buscassem meios de satisfazer as necessidades (demanda) da sociedade - novos meios de gestão e novas tecnologias foram empregadas com tal finalidade -, o homem médio viu seu padrão de vida saltar diante de seus olhos (teve acesso a bens e serviços que, anteriormente, não teria naturalmente). A economia de mercado, sobretudo, livre-mercado (nem toda economia de mercado é livre, aliás, há níveis diferentes de liberdade econômica): emerge naturalmente; nós, como humanos, respondemos a incentivos. Queremos "produzir valor" para lucrarmos, isto é, queremos fornecer um bem (ex: carro) ou um serviço (ex: limpeza de carro) e como recompensa lucramos - se você for um mal empreendedor você terá menos lucros, o lucro é uma recompensa pelo produto que é produzido. A argumentação de que o "capitalismo" deixou "800 milhões de pessoas" morrerem de fome é papo furado. Foi justamente o livre-mercado que possibilitou um crescimento populacional tão gigantesco como de hoje. O livre-mercado fez com que pessoas se sentissem motivadas a produzir bens alimentícios, graças a ele, diferentes pessoas das mais variadas classes sociais investiram tempo e correram riscos para achar meios de satisfazer a demanda por comida. Uma das mais criticadas foram os transgênicos, mas, como convém lembrar, os alimentos transgênicos fizeram com que a produtividade (produção) aumentasse e assim conseguiu pôr comida na mesa do mais pobre; foi o aumento da produção (ou seja: aumento da produtividade) que levou a uma fome menor no mundo. Uma questão simples: com o aumento da oferta de alimentos a demanda se viu menor (lei da procura e da oferta), logo, os preços caíram. Cuba era melhor antes do modelo econômico de planejamento central ser implantado, uma minuciosa análise pôde comprovar esse fato. Aqui te darei artigos muito bem feitos que explicam tal fato: http://mercadopopular.org/2016/03/a-qualidade-do-sistema-de-saude-socializado-cubano-e-um-fato-ou-um-mito/ http://mercadopopular.org/2014/12/economiacubana/ http://mercadopopular.org/2015/06/havana-a-cidade-da-escassez-um-relato-ilustrado-apos-4-dias-de-bicicleta-por-cuba/ http://mercadopopular.org/2015/01/por-que-cuba-e-pobre/ Agora, o mais gritante artigo, é esse: http://www.institutoliberal.org.br/blog/cuba-antes-e-depois-de-1959/ Eu acredito em livre-mercado e, para ser livre, digamos assim, ele não pode sair matando todo mundo, pois, assim, não seria livre-mercado e sim barbárie. Logo seu argumento se autorrefutou. (Lembre-se das condições específicas com quais eu argumentei anteriormente.) Estou esperando. Cadê a dita revolução? Nem as condições especificadas categoricamente de Marx para que ela ocorresse chegou a acontecer; para Marx, a burguesia se veria cada vez mais reduzida e o proletariado cada vez mais miserável, a classe média deixaria de existir (ou ficaria em semi existência), mas, tal argumento, foi refutado pela história: cada vez mais se viu um aumento da qualidade de vida e maior descentralização do mercado (inclusive, dos meios de produção), o proletariado não ficou "consideravelmente miserável", ele ficou é imensamente melhor. A Floresta Amazônica INEXISTIRIA sem a descoberta de meios de fabricação de alimentos transgênicos - menor produtividade na processo de produção de alimentos levaria a uma maior ocupação territorial de campos, levando-se, então, a uma maior concentração rural por parte da economia. O livre-mercado, cada vez mais, encontra meios cada vez mais superiores para superar à escassez que nos é tão cruel; quer um exemplo disto? http://engenhariae.com.br/meio-ambiente/fazenda-vertical-usara-95-menos-agua/ Estamos, pelo contrário, indo para uma mais eficiente alocação de recursos: gastamos menos, produzimos produtos de maior qualidade, e, de quebra, poupamos o meio ambiente com nossas fabulosas descobertas - fazenda vertical é só o começo <3! O mesmo ficaria impossível sem um sistema de preços: É o sistema de preços que guia a atividade econômica - e aqui, meu amigo, vai um repost de uma mensagem que você FUGIU COVARDEMENTE:
  13. SÃO PAULO - Se depender do governo interino de Michel Temer, as privatizações ocorrerão a todo vapor. De acordo com a coluna Radar Online, da Veja, Temer reuniu alguns dos principais para dar um recado claro: "a ordem é privatizar geral". Segundo a colunista Vera Magalhães, a ordem foi a seguinte: “senhores, tudo que puder ser transferido à iniciativa privada, façam. Não temos preconceitos!”. Os ministros, durante a reunião, já passaram a apontar o que, nas suas pastas, podem ser objeto de concessão ou parceria público-privada, passando de energia a saneamento até rodovias e aeroportos. Desta forma, Temer quis delimitar uma diferença importante entre a sua gestão e os 13 anos de governos do PT e busca reforçar o apoio do empresariado. Vale ressaltar que, na tarde de ontem, escalados para falar após o recém-criado Núcleo de Infraestrutura do governo federal, o ministro das Cidades, Bruno Araújo, e o líder do governo na Câmara, André Moura (PSC-SE), disseram que o setor poderá ser beneficiado com a venda das chamadas sociedades de propósito específico (SPE) da Eletrobras. Segundo o ministro e o deputado, há um potencial de cerca de R$ 20 bilhões apenas com as SPEs da Eletrobras. Segundo Araújo, na reunião de ontem, o ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho Filho, informou que a Eletrobras tem 174 SPEs. A privatização também atinge os estados, que devem vender ativos em contrapartida à renegociação das dívidas. Segundo o jornal O Globo, a possibilidade de privatizar empresas estatais com a ajuda do BNDES (Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social) atrai, pelo menos, cinco estados: Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Espírito Santo, Pará e São Paulo. Estes estados já começaram a analisar ativos que poderiam entrar nesse programa, que faz parte do projeto de renegociação das dívidas estaduais com a União. A lista dos candidatos a passar para as mãos do setor privado inclui empresas de saneamento, como a Cedae (Companhia Estadual de Águas e Esgotos do Rio de Janeiro), energia elétrica, gás e até bancos. A ideia é que os recursos arrecadados com a privatização possam ser usados para abater débitos com a União ou para a realização de programas de ajuste fiscal. No Rio Grande do Sul, a CEEE (Companhia Estadual de Energia Elétrica) e a Sulgás estão na mira. O Banrisul (BRSR6) também chegou a entrar nos planos de privatização no início do ano, mas agora essas chances diminuíram. Fonte: Infomoney
  14. O servidor HolmitCraft é um servidor onde o intuito é criar e construir no minecraft vanilla,com pvp sempre ativado, sem lag, profissões, mundo exclusivo para mineração, e o melhor de tudo, você pode jogar com seus amigos, ou até fazer novas amizades isso tudo sem pagar nada. Estou te esperando... Este é o spawn do servidor: IP:holmitcraft.desire.host Nome:HolmitCraft Dono:HolmitYT Site:http://holmitgamer.wix.com/holmitcraft •Não xingar administradores e moderadores. •Não ofender players. •Não roubar caso o terreno esteja protegido (nem sei como você faria isso). •Não abuse de bugs reporte-os. •Não usar hacks. •Não pergunte para ser da staff caso não haja algum concurso. •Não floodar. Temos vaga na staff para moderador, porém para ser moderador tem que ser um player ativo no servidor e então eu lhe convidarei para o cargo
  15. Uma visão econômica da religião POR BERNARDO GUIMARÃES Religião é um assunto que envolve muitos aspectos diferentes. Esse post busca passar uma das visões econômicas da religião. Vivendo em sociedade, frequentemente temos que escolher entre “cooperar, fazer o certo” e “trapacear, levar vantagem”. Por exemplo, pessoas envolvidas em um negócio frequentemente tem a chance de roubar um pouco dos ganhos da outra (“trapacear”), com baixa chance disso despertar suspeitas. Ou, considere duas pessoas de uma comunidade primitiva caçando ou lutando em guerra contra um inimigo. Se um é ferido, o outro pode ajudá-lo (“cooperar”), ainda que isso implique riscos para si mesmo, ou pode abandonar o parceiro (“trapacear”). De modo geral, as pessoas de um grupo estarão melhor se todos cooperarem, se ninguém trapacear. Isso possibilitará mais negócios (pois uma confia na outra), mais empenho nas batalhas (pois um sabe que o outro tentará socorrê-lo, se preciso for), etc. Contudo, para um indivíduo pensando apenas em si mesmo, com frequência o melhor será “trapacear, levar vantagem”. Além disso, cooperar é ainda mais custoso se o outro não coopera. O indivíduo que age de boa fé com um membro da comunidade que quer roubá-lo é o que mais tem a perder. Em suma, apesar de “cooperar” ser o melhor para a comunidade, os indivíduos estarão tentados a “trapacear” com frequência. Essa perda de confiança nos outros afeta as decisões de cada um: há menos negócios, batalhas e caçadas. Isso afeta negativamente o grupo. Essa exposição pode passar a ideia de uma visão simplista da humanidade, sem espaço para qualquer outro senso de moralidade. Não é isso. O ponto é que induzir mais cooperação entre as pessoas nos negócios e nas batalhas contra outros grupos traz vantagens para a comunidade. Agora, entra a religião. Suponha que exista nesse mundo a seguinte crença: se você trapacear, uma força superior lhe punirá; se você cooperar, uma força superior lhe recompensará. As punições e recompensas ocorrerão na vida que começa depois da morte. Digamos que essa crença seja parte de um conjunto de crenças, chamada de “religião”. Essa crença tem o poder de induzir os indivíduos a cooperarem, mesmo quando seria possível roubar sem o parceiro perceber, abandonar o amigo ferido ou fugir da batalha. Para o grupo como um todo, isso traz muitas vantagens no longo prazo. Há, porém, uma questão: como eu vou saber que meu parceiro também vai cooperar comigo e, portanto, vale a pena cooperar? Bem, ele vai cooperar comigo se acredita que será recompensado se assim o fizer, ou seja, se ele acreditar na religião. Mas como eu sei que ele acredita na religião? Suponha que, de acordo com a religião, as forças superiores que recompensam as boas ações também punem quem não obedece o jejum em determinadas épocas do ano, as mulheres que cortam cabelos ou as pessoas que não oferecem seus serviços ou doações aos templos. Quem acredita na religião estará disposto a esses sacrifícios e privações e, com frequência, estará feliz de seguir as instruções e participar dos rituais, pois estará agradando às forças superiores. Esses custosos rituais mostram que uma pessoa envolvida acredita que será punida se não cooperar com seu grupo. Assim, para os outros que também acreditam na religião, vale a pena cooperar com ela. Como consequência, o grupo todo fica melhor, apesar dos custos (se esses não forem altos demais). O que emerge dessa análise é o seguinte: (1) A crença em uma força superior que recompensa os humanos por boas ações e pune as más ações pode trazer benefícios para a comunidade por si só (independentemente da existência ou não das punições depois da morte). (2) Faz todo sentido que essa crença exija rituais custosos, pois isso permite às pessoas mostrarem aos outros que acreditam no conjunto de crenças (“a religião”) e, portanto, que vão cooperar. Assim, faz sentido cooperar com elas. Uma implicação desse argumento é que não é nada surpreendente que a religião seja um componente importante da grande maioria das sociedades que prosperaram. Cooperar, em geral, é algo muito bom. Entretanto, em muitos casos importantes, “cooperar” pode significar arriscar a vida na guerra. O grupo que tem indivíduos dispostos a morrer pela vitória na batalha vai ter mais chances de vencer guerras e, portanto, conquistar territórios e prosperar. De acordo com essa lógica, não é nada estranho que a religião seja, ao mesmo tempo, fonte de crenças que nos levam a cuidar do próximo, mas também fonte de crenças que nos levam a matar quem enxergamos como inimigo. Referências: – Implicações dessa visão econômica da religião são estudadas, por exemplo, em artigos recentes de Gilat Levy e Ronny Razin, como: “Religious Beliefs, Religious Participation and Cooperation”, American Economic Journal: Microeconomics, 2012; “Rituals or Good Works: Social Signalling in Religious Organizations”, Journal of European Economic Association, 2014.
  16. Meus colunistas prediletos são (por ordem decrescente): Luiz Felipe Pondé (Folha de São Paulo). Leandro Narloch (Veja). Rodrigo da Silva (Spotniks). Meus sites prediletos (por ordem crescente): Veja. Games Tecmundo. Libertarianismo. Instituto Liberal. Instituto Liberal de São Paulo. Exame. Instituto Mises. Foda-seoestado. Nintendo Blast. Superinteressante. Folha de São Paulo. Ano-zero. ONabuco. Spotniks. Mercado Popular. Minha lista ficou lo(ooooooooooooooooooooooooooooooo)nga. Espero ver a lista de vocês grande também.
  17. PVP [1.5.2] 24/7. Pirata e original IP: pvp.minearena.com.br Vantagens: Nosso servidor é FullPvP na versão PvP 1.5.2, com uma equipe de qualificada para melhorar sua diversão ! Nosso servidor está hospedado em um dedicado NO BRASIL e por esse motivo não possui lag ! Nosso servidor conta com eventos automáticos de uma em uma hora ! Possui sistema de RankUp ! Nosso site : http://www.minearena.com.br/ Para logar em nosso servidor : pvp.minearena.com.br Confira:
×
×
  • Create New...