Jump to content
Notícia
  • Adquira já o seu VIP!

Search the Community

Showing results for tags 'filosofia'.



More search options

  • Search By Tags

    Type tags separated by commas.
  • Search By Author

Content Type


Forums

  • Anunciantes
    • Velozhost
    • SkyNet IPTV
    • silvaBR Cheats
    • WYD NIDHOGG
  • ################## WEB CHEATS ##################
  • Anúncios/Eventos
    • Regras
    • Anúncios
    • Eventos do fórum
  • Feedback & Suporte
    • Tutoriais WC
    • Suporte
    • Sugestões
    • Denúncias e Reclamações
    • Depósito
  • Shooter Zone
    • Counter Strike
    • Valorant
    • Rainbow Six Siege
    • Outros Shooters em Geral
    • Shooter Zone - Lixão
  • Battle Royale
    • COD Warzone
    • Free Fire
    • PUBG - Playerunknown's Battlegrounds
    • Fortnite
    • Outros Jogos Battle Royale
  • MMO Zone
  • Outros Games Zone
  • Design Zone
  • Info Zone
  • ################## WEB CHEATS ##################
  • Entretenimento & Diversão
  • MarketPlace
  • Old WC's Bate Papo
  • 【FREE FIRE】▄︻┻┳═一's Fórum do Clube
  • Anticomunismo's Tópicos
  • Tópicos Importantes !'s Tópicos
  • AnimePlus's Tópicos

Find results in...

Find results that contain...


Date Created

  • Start

    End


Last Updated

  • Start

    End


Filter by number of...

Joined

  • Start

    End


Group


Discord


Idade

 
or  

Found 7 results

  1. Vou enviar várias perguntas filosóficas durantes esse dias, cêis acham daora? Por hoje, segue o questionamento acerca do presente, qual a opinião de vocês?
  2. Um texto para fazer você pensar e dialogar sobre. Por que nosso biológico nos torna “imperfeitos”. (Parte 1) Esta é uma discursão na qual irá tratar de mim e você, da nossa sociedade, porque há conflitos, e porque nunca vamos nos consertar. Provavelmente algumas das poucas pessoas que lerão isto já devem ter pensado em algo assim em algum momento da vida. Você já parou para pensar porque o mundo é cheio de conflitos? Será por causa do racismo, preconceito e homofobia? Fanatismo, porque tomamos um lado entre direita e esquerda ou simplesmente porque somos humanos? De uma maneira simplificada é tudo isso e mais um monte; nossa criação durante a infância é um dos principais fatores para os problemas da nossa sociedade, junto a ela vem as emoções e sentimentos. A forma que somos criados reflete em tudo o que seremos durante o resto de nossas vidas. Preste atenção nas seguintes observações: OBS 1: Uma pessoa com um grande ego nunca irá achar que está errado, e dificilmente aceitará a opinião do outro lado. Oque pode resultar em um conflito com uma pessoa impaciente por exemplo. OBS 2: Uma pessoa impaciente não irá “dar brecha” para qualquer um, sempre intolerante por qualquer motivo, mesmo que pequeno. Normalmente esses tipos de pessoa rapidamente entram em estado de “fúria” e muitas vezes não percebem a intensidade ou as consequências de seus atos, o que resulta por exemplo em: agressões domesticas, brigas de transito, maus tratos a animais ou a seus próprios filhos, grosserias e vários outros conflitos que você pode imaginar. Impaciência é um mal que assola a população mundial, e são escassas as pessoas que conseguem tem um mínimo domínio sobre ela, até porque além de a nós mesmos, ela também está ligada ao nosso cotidiano, seja um dia difícil no trabalho, faculdade ou escola; notícias desagradáveis e entre outras coisas. Deixar o ego de lado também não é algo simples, entretanto está ligado muito mais a nós mesmos do que a situações que nos rodeia. Esses foram apenas dois dos “problemas” que nós, seres humanos apresentamos, e eles por si só já nos trazem outras complicações, tais como a ansiedade, depressão e estres por exemplo. Oque já nos leva para outro tipo de conversa além da filosófica, a cientifica. E assim entramos na segunda parte de nossa conversa. -->Espero ter feito você pensar um pouco mais sobre nossa “sociedade”, e em porque somos o que somos. Segunda parte será postada dentro de um ou dois dias aqui no fórum. Agradeço dês de já por ter lido. <-- -->Não se esqueça de comentar sobre, vamos dialogar sobre assuntos que nos façam pensar. É isto ?
  3. (É podcast, como sempre)
  4. Interessante e intrigante. Observem o quadro...observem bem...depois leiam o texto. Imagem do quadro em alta qualidade : Por terem sido feitas sobre madeira, as pinturas laterais possuem dobradiças que, quando abertas, se assemelham a asas, e fechadas exibem as seguintes inscrições: "Ele mesmo disse isso, e tudo foi feito" e "Ele mesmo ordenou e tudo foi criado". À esquerda é possível ver o paraíso terrestre, já à direita o inferno. A pintura central é o jardim das delícias terrenas, que nomeia a obra. (informação adicional do universia Brasil) O Tríptico do Jardim das Delícias, de Hieronymus Bosch, traz na parte central O Jardim das Delícias Terrenas, que mostra homens e mulheres, de raças diferentes, unidos em pares ou em grupos, alguns em posturas inocentes e outros em posturas luxuriosas, despidos, espalhados pelo Jardim. O grande grupo convive com várias espécies de animais, pacificamente, e algumas pessoas comem grandes frutos. Todos celebram os prazeres da carne, sem acanhamento ou sentimento de culpa. O Jardim das Delícias Terrenas é na verdade um falso paraíso, pois ali reina apenas o pecado, especialmente o da luxúria, que acaba por levar o ser humano ao inferno. Este painel traz uma profusão de imagens, com inúmeros símbolos, a maioria deles desconhecidos. São vistas diversas formas de relações eróticas heterossexuais, homossexuais e onanistas. Há também relações eróticas ou sexuais entre animais e entre plantas. Na Fonte da Juventude (analisada por alguns como a Fonte do Adultério ou Fonte Carnal), mulheres nuas com corvos (símbolo da incredulidade), pavões (símbolo da vaidade), íbis (referem-se às alegrias passadas) e frutas na cabeça banham-se, atraindo os homens ao redor. Os moralistas medievais viam a mulher como fonte do pecado da luxúria e, provavelmente, essa era também a visão de Bosch. A cavalgada da libido, na parte superior da composição, contorna a Fonte da Juventude, onde se encontra um bando de mulheres provocantes. Os homens nus estão montados em animais em pelo. Os animais montados são reais e alguns imaginários. Na Idade Média, os animais eram identificados com os apetites mais baixos ou carnais da natureza humana, e o ato de cavalgar era usado como metáfora sexual. A presença de suculentas frutas, como cerejas, framboesas, uvas, etc, são uma alusão aos prazeres sexuais e também à fugacidade do prazer, pois passam do frescor para a degeneração. O morango, às vezes usado como uma menção às gotas do sangue de Cristo, aqui é uma metáfora sexual, sugerindo atividade carnal. Ele é visto na pintura como alimento, abrigo e embarcação. Bizarras plantas, minerais e conchas também são vistos no quadro. À esquerda da composição, dentro do lago, existem grandes pássaros, com pontos luminosos formando os olhos, pintados com minúcias, que também simbolizam o erotismo. Estranhas estruturas encarceram o corpo humano em algumas cenas, elas são vistas como o pecado que aprisiona a alma humana. Um globo cinza azulado, onde são realizadas acrobacias sexuais, boia dentro de um rio com figuras bizarras. Outras criaturas extravagantes encontram-se dentro de estranhas estruturas que parecem serem feitas de vidro. Muitas pessoas e animais são mostrados em posições invertidas. Dentro do lago está um homem com cabeça e tronco submersos, enquanto as pernas, visíveis, estão abertas em forma de Y, com um ovo vermelho do qual sai um pássaro. Esta inversão mostra que tudo ali é falso e pecaminoso. Na parte inferior do painel, à esquerda, um homem vestido, o único com vestes na composição, indica uma mulher deitada, enquanto olha para fora do quadro. Para alguns, ele seria Adão e ela Eva. Para outros, seria Eva sendo assinalada por João Batista, como culpada por ter sido a origem do pecado. Toda a composição expõe o prazer dos sentidos, ou seja, a luxúria, que pode ser vista em inúmeras cenas, como: o casal dentro de uma bolha, à esquerda, com o homem com a mão na barriga da mulher; o casal dentro de uma concha; o homem que mergulha na água, escondendo o sexo com as mãos; o rapaz que coloca flores no ânus de seu companheiro, etc. Bosch mostra que o Jardim das Delícias é uma ilusão, um falso paraíso, pois tudo ali é falso e transitório, levando o homem a perder sua alma ao se dedicar à perversão. E o fato de não se ver crianças na obra, significa que o sexo era usado apenas para o prazer. Estudiosos continuam estudando esta complexa iconografia de Hieronymus Bosch, pois na época em que viveu o pintor, os símbolos eróticos eram inumeráveis, simbolizados por frutos, animais, plantas, etc. _____________________________________ Ficha técnica: Ano: c. 1510 Técnica: óleo sobre madeira Dimensões: 220 x 195 cm (parte central) Localização: Museu do Prado, Madri, Espanha Fontes de Pesquisa: Gênios da pintura/ Abril Cultural A história da arte/ E.H. Gombrich Arte em detalhes/ Publifolha Tudo sobre arte/ Sextante Grandes pinturas/ Publifolha Grandes Mestres/ Abril Coleções Bosch/ Taschen Os pintores mais influentes do mundo/ Girassol Este artigo foi postado em Mestres da Pintura, Pinacoteca em 12/03/2013 .
×
×
  • Create New...