Bem-vindo ao Fórum!

Registre-se agora mesmo e fique por dentro da maior comunidade de Cheats do Brasil!

Search the Community

Showing results for tags 'sobre'.



More search options

  • Search By Tags

    Type tags separated by commas.
  • Search By Author

Content Type


Forums

  • Anunciantes
    • silvaBR Cheats
  • Anúncios/Eventos
    • Regras
    • Anúncios
    • Eventos do fórum
  • Feedback & Suporte
    • Tutoriais WC
    • Suporte
    • Denúncias e Reclamações
    • Sugestões
    • Depósito
  • WebCheats Premium
    • Download
    • Cracking
    • Serviços Pagos - Pedidos
    • MarketPlace
    • Conteúdo Adulto
    • Taverna WebCheats Premium
  • Shooter Zone
    • Point Blank
    • Combat Arms
    • Cross Fire
    • Counter Strike
    • Battle Royale
    • Outros Shooters em Geral
    • Shooter Zone - Lixão
  • RPG/MOBA Zone
  • Outros Games Zone
  • Design Zone
  • Info Zone
  • Video Games Zone
  • Entretenimento & Diversão

Find results in...

Find results that contain...


Date Created

  • Start

    End


Last Updated

  • Start

    End


Filter by number of...

Joined

  • Start

    End


Group


About Me


Discord

Found 3 results

  1. Antes especulado como iPhone 5SE, 6C e até mesmo 7C, eis que surge o iPhone SE, que trouxe mudanças interessantes para a linha de celulares da Apple. Já lançado no Brasil, o smartphone é uma versão aprimorada do iPhone 5S, com muitas funcionalidades agradáveis que o torna, em certos casos, melhor que o iPhone 6S. Mas vale a pena investir nessa nova opção da maçã? Introdução O iPhone SE é, atualmente, um dos smartphones iOS mais avançados e completos que existem em circulação. Ele tem um display de 4 polegadas com uma resolução de 1136×640 pixels. As funcionalidades oferecidas pelo “SE” são muitas: começando pelo LTE 4G que permite a transferência de dados com excelente navegação na internet; Wi-fi e GPS também estão disponíveis, como era de se esperar. Tem também leitor multimídia, videoconferência, e bluetooth. Versões com 16GB ou 64GB de armazenamento estão disponíveis. Não podemos esquecer de falar da câmera de 12 megapixels que permite ao Apple iPhone SE tirar fotos fantásticas com uma resolução de 4290×2800 permitindo gravar seus vídeos em Full HD com resolução de3840X2160 pixels. A sua espessura é de apenas 7.6 milímetros. Design externo O iPhone SE é a versão aprimorada do iPhone 5s lançado em 2013, com uma leve diferença de material nas laterais, um detalhe e a grande maioria nem perceberá. Embora bonito, não chega a impressionar. É o mesmo estilo que já estamos acostumados desde então. Não é feio, mas lembra algo “antigo”, pois pode ser facilmente confundido com um modelo já ultrapassado. Ele foi disponibilizado com uma cor a mais: Ouro Rosa, mesma tonalidade que estreou com o iPhone 6s. Performance Apesar de ser pequeno, o iPhone SE causa inveja em muitos smartphones com seu poder de fogo. E é aqui que ele se destaca. Com o chipset A9 e o coprocessador M9, ele apresenta o dobro de processamento do 5S com o mesmo desempenho do iPhone 6S. Detalhe muito mencionado pela empresa, tanto no lançamento, como em suas propagandas. Como é de se esperar, ele impressiona. Com um hardware extremamente recente (e poderoso), o pequeno smartphone consegue rodar qualquer app ou game com perfeição. Tela A tela do iPhone SE é o grande destaque. Não por alta resolução, ou outras tecnologias, mas por seu tamanho: em um mercado onde as pessoas procuram cada vez mais telas maiores, a Apple apresenta um solução para quem quer algo mais compacto. São 4″, e uma tela IPS Multi-Touch, o Retina Display, que fornece excelente qualidade e bons ângulos de visão. As cores são apresentadas de forma bem satisfatória. Ou seja, nada a reclamar sobre o display desse produto. A falta do 3D Touch não faz muita falta, mas, por ser caro, a Apple poderia ter adotado o sensor em seu novo iPhone. Câmeras As câmeras do novo iPhone de 4 polegadas da Apple condizem com o padrão que vem sendo utilizado de uns tempos para cá. O sensor é o iSight de 12MP, o mesmo do iPhone 6S. O destaque é a capacidade de gravar vídeos em 4K. Tem suporte ao Live Photos, que captura fotos com movimentos. A câmera frontal não decepciona, embora não impressiona: o sensor de 1,2MP não faz feio, mas a maçã poderia ter utilizado o sensor do 6S, de 5MP. Apesar disso, o Retina Flash, que usa do brilho da tela a função de flash frontal, é eficiente e ajuda em certas situações. Bateria Os smartphones da Apple nunca foram referência quando o assunto é duração de bateria. O SE pode não trazer a melhor bateria do mercado, mas mostrou melhorias em diversos aspectos. A Apple promete 50 horas de áudio, 13 horas de vídeo, 13h com navegação Wi-Fi, 4G ou 3G. Vale a pena? O iPhone SE não decepciona, mas não chega impressionar quem possui um iPhone 5S ou 6. A impressão é que você não trocou de iPhone, embora o ganho em desempenho. Com o iPhone Special Edition, a Apple tenta conquistar quem pretende comprar o primeiro iPhone, pagando um pouco menos por isso. Certamente vale a pena. Ele traz um ótimo conjunto de câmeras, ótimo processador, ótima tela. Mas não trouxe aquele diferencial que a Apple tenta trazer a cada geração que se passa. Ele foi lançado no Brasil há pouco tempo, custando R$ 2.699 (16GB) e R$ 2.999 (64GB).
  2. Lógica de programação é o modo como se escreve um programa de computador, um algoritmo. Um algoritmo é uma sequência de passos para se executar uma função. Um exemplo de algoritmo, fora da computação, é uma receita de bolo. Na receita, devem-se seguir os passos para o bolo ficar pronto e sem nenhum problema. Na informática, os programadores escrevem as “receitas de bolo” (algoritmos) de modo que o computador leia e entenda o que deve ser feito, ao executar o algoritmo. Para isto é necessário uma linguagem de programação. A linguagem de programação é como uma língua normal, um grupo de palavras com significados. No caso da programação, a maioria das linguagens é escrita em Inglês. Estas linguagens fazem o computador assimilar cada comando e função de um algoritmo, depois executar cada função. A linguagem de programação é somente como se escreve o algoritmo. O grande problema para muitos é o que “dizer” para o computador fazer o que é desejado. Para o aprendizado foi desenvolvido o Software VisualG, que auxilia a programação totalmente em português. Com este software, não é necessário pensar em linguagem de programação, pois todos os comandos são em Português, ficando assim o foco na Lógica. Na hora de programar alguns passos são indispensáveis, como Declarar Variáveis. Variáveis podem ser escritas por letras ou números, que representam um valor que pode ser mudado a qualquer momento. Cada variável tem um espaço na memória para armazenar seus dados. Porem existem vários tipos de dados, sendo os mais comuns: Numérico: todo e qualquer tipo numero, positivo ou negativo Reais: podem ser positivos ou negativos e decimais. Caractere: São os textos. Qualquer numero pode entrar aqui, porem não terá função matemática. Saber lógica de programação é saber o melhor jeito de escrever um código, para o computador interpretar corretamente. É saber se comunicar com a maquina a partir de uma linguagem seja lá qual for. Um exemplo de algoritmo, que tem como objetivo somar 3 números inteiros. Algoritmo "soma" Var Num1, num2, num3, resultado:inteiro Inicio escreval("este programa ira somar 3 números inteiros de sua escolha:") escreval("digite um numero inteiro:") leia(num1) escreval("digite um numero para somar ao primeiro numero:") Leia (num2) escreval("digite um terceiro numero para somar aos outros 2 numeros:") Leia (num3) Resultado <- num1+num2+num3 escreval("O resultado é: ") escreval (resultado) fimalgoritmo no algoritmo acima, alguns elementos são os comandos específicos da linguagem "Portugol": Var, Inicio, Escreval, leia, <-, Fimalgoritmo, :Inteiro. Estes comandos têm funções especificas, e um dos objetivos da lógica de programação é entender como eles funcionam. Cada linguagem tem um correspondente a estes comandos, com a mesma função, porem escrito de modo diferente (sintaxe). Créditos: sabercss
  3. Recomenda-se a prévia leitura destes tópicos: - Memória - 1. Introdução - Sobre ReadProcessMemory - Sobre Scanners de Memória (Memory Scanner) VirtualQueryEx recupera informação sobre uma séria de páginas dentro do espaço de endereço virtual de um processo. Sintaxe: SIZE_T WINAPI VirtualQueryEx( _In_ HANDLE hProcess, //Handle do processo _In_opt_ LPCVOID lpAddress, //Ponteiro da página de memória _Out_ PMEMORY_BASIC_INFORMATION lpBuffer, //Ponteiro para um MEMORY_BASIC_INFORMATION que receberá as informações _In_ SIZE_T dwLength //Tamanho da área alocada para lpBuffer ); VirtualQueryEx function (Windows) O mais importante está em lpBuffer, que é do tipo PMEMORY_BASIC_INFORMATION. O struct MEMORY_BASIC_INFORMATION contém os seguintes dados: typedef struct _MEMORY_BASIC_INFORMATION { PVOID BaseAddress; //Ponteiro para o endereço base da região de páginas PVOID AllocationBase; //Ponteiro para uma série de páginas alocadas por VirtualAlloc. A página apontada por BaseAddress está dentro desta série DWORD AllocationProtect; //O estado de proteção da memória quando ela foi alocada SIZE_T RegionSize; //Tamanho em bytes da região, começando no endereço base, no qual todas as páginas tem atributos iguais DWORD State; //Estado das páginas na região de memória DWORD Protect; //Estado atual da proteção de memória das páginas na região DWORD Type; //O tipos das páginas na região de memória } MEMORY_BASIC_INFORMATION, *PMEMORY_BASIC_INFORMATION; MEMORY_BASIC_INFORMATION structure (Windows) Sobre o tipo de proteção temos diversas constantes, sendo alguns exemplos: PAGE_NOACCESS, PAGE_EXECUTE, PAGE_EXECUTE_READWRITE, PAGE_READONLY. Memory Protection Constants (Windows) Sobre o State temos as constantes: [table=class: grid, align: left] [tr] [td]Estado[/td] [td]Significado[/td] [/tr] [tr] [td]MEM_COMMIT (0x1000)[/td] [td]Indica que o estado em que uma área de memória física foi alocada[/td] [/tr] [tr] [td]MEM_FREE (0x10000)[/td] [td]Indica páginas livres, não acessível por processos. Para páginas livres as informações de AllocationBase, AllocationProtect, Protect, e Type são indefinidas[/td] [/tr] [tr] [td]MEM_RESERVE (0x2000)[/td] [td]Indica uma série de páginas reservadas no processo que não estão em uso, mas prontas para receber alocação física[/td] [/tr] [/table] É importante notar que o State é a primeira coisa a se verificar quando se está construindo um Memory Scanner. O Type não será abordado, vide o disclaimer. Para mais informações, pesquise sobre mapeamento de memória. Para um scanner de memória é importante: - Ler as páginas que estejam alocadas, ou seja, o State deve ser MEM_COMMIT; - Ter acesso à página de memória, ou seja, o Protect não pode ser PAGE_NOACCESS; - O tamanho da página lida pode ser alocado e copiado diretamente para o processo do Memory Scanner em um único bloco, pois páginas geralmente possuem um tamanho relativamente pequeno. Com essas informações é possível ter uma imagem da memória de um processo e saber onde se deve ou não ler memória. Deve-se ter atenção em relação aos parâmetros de escolha da página de memória a ser lida, principalmente sobre páginas protegidas com PAGE_GUARD. Projeto Iustrativo [DOWN]Download[/DOWN] [sCAN]Scan[/sCAN] Disclaimer Esse tópico foi escrito com objetivo de usar VirtualQueryEx para Memory Scanners. Alguns itens importantes sobre a função e seus membros podem não ter sido abordados, ou foram abordados superficialmente.