Jump to content
Notícia
  • Adquira já o seu VIP!

ODIN'

Entretenimento
  • Content Count

    820
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    17
  • WCoins

    1,346 [ Donate ]

Everything posted by ODIN'

  1. ODIN'

    Senhor dos Presentes

    Cara, as tags me lembram muito a do @OFENSA que no meu gosto, eu acho um dos melhores dz de tags que eu já vi. Eu curti muiito, não tenho do que reclamar. Sobre a tipografia, eu acho que se vc fizesse com uma cor semelhante a da tag, e blendasse um pouco ela, pra não ressair tanto, ficaria perfeito.
  2. Nunca nem vi. Mais vou bem.
  3. Meu deus, por que um tópico tão aleatorio, e com comentarios piores ainda?
  4. Mano, incrivel vei kkkkkk, slc. Parabéns pra tu, e todo sucesso do mundo pra vocês mano. Agora é só dar continuidade ao sucesso.
  5. Eu estou muito orgulhoso dessa tag, por que eu fiz ela praticamente do 0, o interior da tag foi feito por mim, e o resto obviamente foi elementos adicionais. infelizmente não conseguir fazer a tag com maior resolução :/ Queria pedir uma avaliação de vocês.
  6. ODIN'

    Goku Black - Avatar

    Eu achei incrivel por que eu olho mais pelos pontos de gosto, do que pontos tecnicos. Então, como esse estilo que você fez, saturado, bem contrastado, e com nitidez, é um estilo que eu gosto, eu não vejo muitos erros. Depende muito se você gostou ou não da tag, cada um vai ter um olhar diferente sobre as coisas.
  7. Visto como é feito os celulares, a pedido do @OpsX vamos ver os riscos que o mesmo transmite ao seres humanos. Nós acordamos com ele, nos comunicamos por meio dele e trabalhamos com ele. Às vezes, acordamos no meio da noite para consultá-lo. E se o perdemos ficamos sem saber o que fazer. O mundo de hoje é inimaginável sem o telefone celular. Tanto é que muitos ficam obcecados pelo aparelho. Mas, nos últimos anos, com o aumento dos casos de câncer - uma das principais causas de morte em todo o mundo - vêm crescendo as preocupaçõs sobre as possíveis ligações entre os celulares e o risco de desenvolver tumores malignos. "Nas últimas décadas foi realizado um grande número de pesquisas para analisar se as ondas de rádio frequência (RF) colocam em risco a nossa saúde", disse à BBC Emilie van Deventer, diretora do Programa de Radiação do Departamento de Saúde Pública, Meio Ambiente e Determinantes da Saúde da Organização Mundial da Saúde (OMS). "À medida que mais ondas de RF têm aparecido em nossas vidas, a questão a ser resolvida é se existem efeitos adversos por parte de celulares, torres de telefonia ou conexões wi-fi a níveis de exposição ambiental." Van Deventer diz que as pesquisas também tentam analisar problemas de fertilidade e hipersensibilidade. Mas até agora, a resposta tem sido ambígua. Riscos Potenciais As ondas de RF dos celulares são "uma forma de energia eletromagnética que está entre ondas de rádio FM e as microondas. E é uma forma de radiação não-ionizante", explica em seu site a Sociedade Americana Contra o Câncer (ACS, na sigla em inglês). De acordo com a organização, essas ondas "não são fortes o suficiente para causar câncer", porque, ao contrário dos tipos mais potentes de radiação (ionizantes), não podem quebrar ligações químicas no DNA. Isso só aconteceria, eles explicam, em níveis "muito altos", tais como em fornos de microondas. No entanto, a questão está sendo revista. Emilie van Deventer - autora de cerca de 50 publicações científicas sobre radiações não-ionizantes - diz que a OMS está investigando o tema novamente. Embora faltem provas, é certo que há "potenciais riscos a longo prazo", especialmente relacionados a tumores na cabeça e pescoço, diz a especialista. A ACS também aborda esta questão: "Quanto mais próximo estiver a antena (do celular) da cabeça, espera-se que maior seja a exposição da pessoa à energia de RF", adverte. Taxa de absorção específica e outros sinais Quando os tecidos do nosso organismo podem absorver essa energia, os especialistas chamam isso de "taxa de absorção específica" (ou SAR, na sigla em inglês). Cada celular tem seu nível SAR que, em geral, pode ser encontrado no site do fabricante. Nos Estados Unidos, o nível máximo permitido é de 1,6 watts por quilograma (W/kg). No entanto, a Comissão Federal de Comunicações (FCC) dos EUA, adverte que "comparar valores de SAR entre telefones pode causar confusão", porque essa informação é baseada no funcionamento do aparelho em sua potência mais elevada, e não o nível de exposição em uso normal. Mas também há pesquisas que associam o uso do telefone celular com câncer de pele e câncer de testículo. Para fazer essas análises, os pesquisadores usam dois tipos de estudos: de laboratório (com animais) e em pessoas (comparando as taxas de câncer). O problema, explica Van Deventer, é que "muitos cânceres não são detectáveis até muitos anos após as interações que causaram o tumor, e como o uso de celular não foi popularizado até os anos 1990, estudos epidemiológicos só podem avaliar os cânceres que se fizeram evidentes em períodos de tempo mais curtos". Até agora, o maior estudo já realizado é o Interphone, uma investigação em grande escala que foi coordenado pela OMS por meio de sua Agência Internacional para Pesquisa sobre o Câncer (IARC, na sigla em inglês), na qual os dados de 13 países, incluindo Reino Unido, Austrália, Japão e Canadá foram analisados. O estudo analisou o uso de celular em mais de 5.000 pessoas com tumores cerebrais e em um grupo similar de pessoas sem tumores. "Nenhuma ligação foi encontrada entre o desenvolvimento de gliomas e meningiomas (tumores cerebrais) e o uso de telefones celulares por mais de 10 anos", diz Van Deventer. "Mas há indicações de um possível risco de gliomas entre os 10% das pessoas que disseram ter usado seus telefones com mais frequência, embora os pesquisadores concluíssem que erros retiraram força destes resultados", acrescentou o especialista. No final, IARC classificou as radiofrequências eletromagnéticas como "possíveis cancerígenos para os seres humanos", uma categoria "utilizada quando a relação causal é considerada confiável, mas as oportunidades, distorções ou confusões não podem ser razoavelmente geridos", diz Van Deventer. Essas limitações têm a ver com a nossa dificuldade em lembrar quantas vezes usamos o telefone durante uma década e também com a mudança de uso do celular ao longo do tempo, e as complicações no estudo de cânceres cerebrais. Mas a questão permanece sobre a mesa (e no laboratório) de cientistas de todo o mundo. A OMS espera publicar, até ao final de 2017, uma "avaliação de risco formal" sobre esta questão, conta Van Deventer. Também é preocupante a vulnerabilidade especial das crianças, porque seus sistemas nervosos ainda estão em formação. Já se realizou um estudo em grande escala sobre o assunto e há outro em curso na Austrália, cujos resultados serão publicados em breve. Medidas de prevenção Enquanto isso, alguns dizem que é melhor prevenir do que remediar. Nesse sentido, Van Deventer recomenda o seguinte: - Usar fones de ouvido ou deixar o celular no viva-voz, para mantê-lo longe de sua cabeça - Limitar o número e a duração das chamadas - Usar o telefone em áreas de boa recepção, pois isso faz com que o celular transmita com uma potência de saída reduzida A Sociedade Americana do Câncer recomenda enviar mais mensagens do que ligar e limitar o uso do celular. Outra opção é escolher um telefone com um valor de SAR reduzido (menos níveis de ondas de RF). Mas nem todas as prevenções são bem-vindas pela ciência. "O uso de protetores de celular para absorver a energia de radiofrequência não se justifica e a eficácia de muitos dispositivos comercializados para reduzir a exposição não foi comprovada", diz Van Deventer. Fonte: 1
  8. Olá gente, hoje venho aqui trazer para todos vocês uma matéria, de como são feitos os celulares, vamos ver; Para ser feito os celulares, é preciso muito mais do que idealizar e monta-los, mas afinal como é feito os celulares? Pesquisa e desenvolvimento A principal parte da fabricação é a Pesquisa e o Desenvolvimento. A fabricante do Smartphone precisa pensar o produto conforme o seu preço e custo de produção.É justamente neste momento que a companhia decidirá como lucrará com determinado lançamento depois que todas as despesas com a produção dele forem pagas. (ou seja quanto mais caro for o custo de produção, mais caro vai ser o celular nas lojas...) Parceiras No caso de um celular topo de linha, os mais caros que levam sensores muito mais caros e sofisticados normalmente é preciso ter contrato e contato com os fornecedores para os matérias já estejam prontos.é aí que Qualcomm, Sony, Samsung e afins, na intenção de vender seus processadores, sensores de imagem e memórias, entram na jogada, com as fabricantes parceiras. Testes e homologação Depois que as fabricantes analisam tudo, eles projetam custos, olham toda a infraestrutura, cabe a eles testa-los. Este processo é um intermediário entre o desenvolvimento e a produção final. A companhia deve realizar uma série de testes com aquilo que concebeu e, nos países que possuem um órgão regulador, homologar a produção daquele produto. Produção e distribuição Essa é a ultima fase de produção, aparente parece ser muito complexa, mas não é bem simples; Para que seja feito as companhias investem muito em automação e equipamentos de ponta, pelo fato de ser menos complicado, e ter menos chances de ter algum erro Sem nenhum chip acoplado, a placa-mãe é a primeira a fazer parte da montagem: robôs e máquinas extremamente precisas posicionam o material de solda em pontos específicos e que, mais tarde, dentro de um forno, permitirão a fixação de cada um dos chips, sensores e demais conexões Aquilo que era só uma chapa de circuitos, vai virando aquilo que nós chamamos de "celular" de verdade o aparelho já está praticamente pronto Testes de qualidade Depois disso, os aparelhos são finalizados, e depois ligados, para o teste de qualidade, onde eles vão configurar e enviar para as lojas para a venda. Fontes: 1
  9. acho que é um dos sonhos mais raros que alguem pode ter kkkkkkk. Tipo, sonhar com um fórum, eu não acharia legal, com tantos sonhos por ai.
  10. Obrigado ^^ É um tópico importante pra quem esta com essa duvida, e muito informativo para outras situações também.
  11. Irã e Estados Unidos vivem um intenso conflito desde o dia 2 de novembro, quando o comandante da Força Quds, divisão de elite da Guarda Revolucionária do Irã, Qassem Soleimani, foi morto em um ataque ordenado pelos EUA. Como parte da retaliação pelo assassinato do general, na última quarta-feira (8), o Irã assumiu a autoria de um ataque a bases militares norte-americanas no Iraque. Ainda no mesmo dia, voltou a lançar foguetes em direção à Zona Verde, uma região próxima da Embaixada dos Estados Unidos em Bagdá. Já nesta quinta-feira (9), o presidente dos EUA, Donald Trump, atribuiu ao país árabe a queda do avião da Ukranian Airlines em Teerã, capital do Irã, que causou a morte de 176 pessoas, entre elas 63 canadenses. Até agora, Trump apenas impôs sanções econômicas ao Irã. Na noite de quinta, a Câmara dos Representantes dos EUA aprovou uma lei com o objetivo de impedir que ele use a força militar do país, a menos que seja necessário para defender as tropas americanas ou que o Congresso autorize. Perguntas e respostas Quando começaram os conflitos entre os Estados Unidos e o Irã? A tensão entre Washington e Teerã já dura quase 70 anos, quando em 1953 o então chefe de governo do Irã, Mohammed Mossadegh, foi derrubado, com a colaboração dos serviços secretos dos Estados Unidos e do Reino Unido. Nessa época, os conflitos eram mais focados na disputa pelo petróleo. Segundo o jornalista e doutorando em Relações Internacionais José Antônio Lima, a grande hostilidade entre as duas potências começou em 1979, com o sequestro da embaixada dos Estados Unidos. Aquilo provocou um choque na política externa americana com o Oriente Médio, porque até então o Irã era o maior aliado dos norte-americanos na região. Já a fase atual do conflito, de acordo com Lima, teve início com a Guerra ao Terror, campanha militar desencadeada pelos Estados Unidos no governo de George W. Bush em resposta aos ataques de 11 de setembro. Em 2001, ocorreu a tentativa de derrubada do regime Talibã, no Afeganistão, que culminou em uma guerra que perdura até hoje. Em 2003, os EUA iniciaram um conflito no Iraque, que terminou em 2011 e causou a morte do então presidente iraquiano Saddam Hussein. Como o Irã é envolto por esses dois países, e foi classificado como um dos integrantes do Eixo do Mal por Bush, era esperado que fosse o próximo a ser atacado. O jornalista explicou que, desde então, o Irã passou a ter uma postura de retaliação aos Estados Unidos. “O Irã passa a exercer uma postura ativa e assertiva de começar a responder os EUA. Não só isso, mas também adquirir capacidade retaliatória contra os Estados Unidos. Ou seja, se os EUA nos atacarem, vamos revidar. Atacando Washington e São Francisco? Não, porque não tem capacidade. Atacando as tropas americanas em outras partes do Oriente Médio, em Israel, Arábia Saudita. Quem vai sofrer são as tropas e os aliados dos EUA no Oriente Médio.” Qual era a importância de Qassem Soleimani? Qassem Soleimani era considerado o segundo homem mais poderoso do Irã. Ele não era somente uma figura ideológica como, por exemplo, o fundador da Al-Qaeda, Osama Bin Laden — morto em 2011 também pelos norte-americanos. Soleimani estava de fato no comando da política externa do Irã e era uma personalidade política popular tanto no seu país, quanto no resto do mundo. O general participou da revolta que instaurou a teocracia xiita no Irã e também na guerra contra o Iraque. Desde então, criou uma fama de herói nacional no país. Sheik Hussein, iraniano que mora no Brasil há sete anos, disse que uma personalidade ocidental com a representatividade parecida com a do comandante seria o guerrilheiro argentino Che Guevara. Nas palavras dele, devido à “resistência e causas de justiça”. O funeral de Soleimani durou quatro dias e reuniu milhares de pessoas. Pelo menos 30 foram mortas e mais de 210 ficaram feridas após uma confusão. Quais motivos levaram o presidente Donald Trump a atacar o Irã? Renatho Costa, docente de relações internacionais na Universidade Federal do Pampa (UNIPAMPA), esclarece que, além dos antigos conflitos e motivações que se arrastam pela história, neste momento os EUA possuem interesses específicos: “Trump busca a reeleição e a tensão máxima construída entre seu país e o Irã é estratégica, uma vez que demonstra força e poder dentro do Oriente Médio”. O iminente contra-ataque iraniano — investida limitada ao objetivo de demonstrar força frente aos EUA –, provocado pela morte de Qassem Soleimani e pela sensação de violação da soberania nacional, alicerçou os argumentos de Trump sobre a importância do “combate ao terrorismo” e o elevou alguns degraus na disputa pela presidência do país. Quais foram as reações do Irã? A primeira retaliação do Irã em resposta à morte de Qassem Soleimani aconteceu na madrugada de quarta-feira (8), quando o país árabe assumiu a autoria de um ataque a bases que abrigam americanos no Iraque. Após o bombardeio, ainda na quarta, o Irã voltou a atacar os Estados Unidos com o lançamento de dois foguetes em direção à Zona Verde, uma região próxima à embaixada americana em Bagdá, capital do Iraque. A represália do dia 8 pode ser apenas “a ponta do iceberg”, o primeiro atentado de muitos, já que o Conselho de Segurança do Irã cogitou pelo menos 13 cenários de vingança. O que era o acordo nuclear que o Irã não vai mais cumprir e o que isso significa? Em 2015, após quase 20 meses de negociações, o governo da República Islâmica e um grupo de potências internacionais liderado pelos Estados Unidos assinaram o acordo nuclear. Nele, o Irã se comprometeu a desenvolver seu programa nuclear só para fins comerciais, médicos e industriais, alinhados aos padrões internacionais de não proliferação de armas atômicas. O pacto passou a ser aplicado de fato em janeiro de 2016, após a Agência Internacional de Energia Atômica (IAEA) ter verificado que o programa nuclear iraniano tinha fins pacíficos. No entanto, apesar de ter liderado o grupo de potências, o presidente Donald Trump resolveu deixar o acordo. Inicialmente, ele tentou mudar os termos e incluir também os programas de mísseis balísticos do Irã, o que não foi aceito por Teerã. Com isso, os EUA saíram do pacto e colocaram sanções econômicas sobre o país árabe. De acordo com o jornalista e doutorando em Relações Internacionais José Antônio Lima, essa decisão desestabilizou a relação entre as potências. “A fase de conflitos entre os países que se intensificou em 2001 e 2003 poderia ter chegado ao fim em 2015 quando os EUA assinaram o acordo nuclear. Apesar de tanto a IAEA, quanto as potências europeias e a Agência de Inteligência americana terem confirmado que o Irã estava cumprindo o acordo, o Trump resolveu sair”, explicou. No último domingo, depois da morte do comandante da Força Quds, Qassem Soleimani, o Irã anunciou que deixará de cumprir a última das limitações impostas ao programa nuclear. Segundo Lima, ao fazer isso, o país indica que no futuro pode tentar novamente desenvolver uma arma nuclear. Entretanto, assegurou também que o Irã deixou as portas abertas para voltar ao pacto. “O Irã vai continuar sendo monitorado pela IAEA, e o governo disse que se os EUA retirarem as sanções e não tentarem incluir o programa de mísseis, ele volta para o acordo.” Qual é a posição do Brasil neste conflito? Ele deve se envolver na guerra? O Itamaraty expediu, na última sexta-feira (3), uma nota declarando apoio aos Estados Unidos. Logo após, o Irã convocou o diplomata brasileiro em Teerã, Rodrigo Azeredo, para prestar esclarecimentos. Como ele está de férias, quem se apresentou foi Maria Cristina Lopes. O teor da conversa foi reservado, mas autoridades garantiram que ela transcorreu com cordialidade. Nesta quinta-feira (9), o presidente Jair Bolsonaro afirmou que é “a favor da paz e contra o terrorismo”. No entanto, se limitou a dar mais opiniões sobre o conflito. De acordo com o ex-embaixador brasileiro em Washington Rubens Barbosa, a nota do Itamaraty é coerente com a política externa seguida no primeiro ano do governo Bolsonaro. Porém, isso não significa que “esteja de acordo com os interesses permanentes do Brasil no contexto internacional”. Ele ressaltou, ainda, que as novas sanções econômicas dos Estados Unidos contra Teerã, além das incertezas em relação ao acordo sobre o programa nuclear, podem afetar os interesses comerciais do Brasil, além do preço do petróleo. Nos últimos dias, foi sentido um aumento no valor dos combustíveis no País. Barbosa disse, no entanto, que “o Brasil não tem poder, nem influência para interferir no conflito”. Por isso, a defesa do interesse nacional aconselha “não uma posição neutra, mas o acompanhamento atento dos acontecimentos, um claro posicionamento a favor da redução das tensões e contra uma guerra que não interessa a ninguém”. “Não é de nosso interesse tomar partido de um lado ou de outro pelas consequências que nossa atitude poderá acarretar”, concluiu o ex-embaixador. Pode acontecer uma Terceira Guerra Mundial? O jornalista e doutorando em relações internacionais José Antônio Lima negou a possibilidade de uma Terceira Guerra, reiterando que nenhum país do mundo — fora o Brasil –, cogitou a nova batalha mundial. “China, Rússia, Japão e várias potências europeias precisariam se envolver para que existisse um confronto nos moldes anteriores, mas este cenário não foi posto sob nenhuma perspectiva”, explica. Entretanto o contexto não exclui a probabilidade de grandes nações enfrentarem uma situação grave no ambiente internacional, caso a hostilidade entre EUA e Irã permaneça, já que um conflito militar entre os países alcançaria proporções gigantescas. “Quando falamos sobre o Irã precisamos ter em mente que estamos lidando com um um país grande, de população numerosa, economia estável e forças armadas preparadas, fatores que o permitiria estender a batalha por muito tempo.” Para além do sistema global, as consequências abalariam sobretudo o Oriente Médio, que seria engolido por um conflito de dimensões nunca vistas antes — exceto na Segunda Guerra Mundial. Sendo assim, as tensões entre os países norte-americano e árabe dificilmente têm a capacidade de desencadear uma nova Guerra Mundial, mas podem facilmente desolar o Oriente Médio. Fontes: 1
  12. Obvio que de acordo com os medicos e outros, o minimo seria 8hrs, mas ngm é obrigado a fazer isso. Faz quem tem tempo, quem quer. no seu caso, pelo visto sua vida deve ser muito corrida.
  13. Uma materia muito interessante ouma. Agora, seria um planeta interessante, obvio que se possivel chegarmos la, habitarmos? por que sinceramente, viver para sempre em uma parte sempre dia, ou noite, kkk, é foda. Mais muito interessante esse fato sim.
  14. Iremos fazer um reajuste na fábrica, e logo irei abrir a minha. E assim como alguns outros Designer do fórum, fique no aguardo.
  15. @novatinhu157 Pode ser nos tópicos mesmo, mais como o opsx tinha o meu discord, ele pediu por la. e pode ser feito desta maneira também.
  16. Olá, Hoje estarei trazendo uma matéria sobre: Por que acordamos com mau hálito? Vocês já pararam pra pensar quando acordamos a gente fica com um mau hálito? Pelo menos quando eu acordo eu fico com mau hálito! Porque será que isso acontece? Essa matéria irá vós informar sobre esse assunto! Dois fatores levam ao caso do mau hálito. O primeiro é por conta da origem bucal, o segundo fator ocorre por conta que quando estamos dormindo a nossa salivação fica diminuída. Sendo assim, quando dormimos ocorre uma descamação mucosa bucal devido ao excesso de células. O dentista explica: “Essas células se depositam na língua e entram em decomposição, liberando mau odor nesse processo”, e é elas que causam o saburra (crosta) lingual, sendo responsável pelo mau hálito. Quando passamos um longo período sem comer, ocorre a extrabucal. Devido a isso, quando estamos no nosso sono, o corpo fica em um estado de hipoglicemia, por conta que ficamos com baixa de glicose no sangue. Em relação a isso, para que o nível seja restabelecido, quem busca isso é o organismo eles procuraram encontrar outra fabricação de energia interna. A gordura é utilizada como energia, fazendo com que seja transformada em glicose. O profissional justifica: “Só que nesse processo, parte da gordura metabolizada não é utilizada (acetona) e é eliminada por via pulmonar, alterando o odor do hálito”. Fontes: 1
  17. Matéria a pedido do @OpsX Certamente já lhe aconteceu dormir mais horas que o habitual e acordar, também, mais cansado que o habitual. A explicação é simples: de acordo com um psicólogo da medicina do sono, passar horas extra na cama quebra a rotina do corpo e provoca um cansaço adicional. Michael J. Breus, psicólogo clínico da Academia Americana da Medicina do Sono, explica o porquê de dormir demais deixar as pessoas mais cansadas. “O nosso corpo adora estabilidade e prefere quando se vai para a cama e se acorda à mesma hora todos os dias”, começa por explicar, em declarações ao YouBeauty. “Se o corpo está habituado a ter oito horas de sono e de repente tem nove, isto vai perturbar a sua rotina já estabelecida”, acrescenta. O médico esclarece ainda que “a média de um ciclo de sono é de 90 minutos e, normalmente, as pessoas passam por cinco etapas durante uma noite de 7,5 horas de repouso”. Ou seja, “se dormir uma hora a mais, provavelmente vai despertar no estágio três ou quatro deste ciclo, que representa o sono profundo”, e “para além de ser mais difícil acordar nesta fase, a interrupção nesta etapa deixará a pessoa exausta e desanimada durante todo o dia”. Michael J. Breus faz ainda questão de salientar que “quantidade não é qualidade“, e que se pode “dormir muito e, ainda assim, privado de um bom sono”. O especialista aconselha então, para encontrar a melhor hora de ir para a cama, a “começar na hora de acordar e contar 7,5 horas para trás; desta forma, vai conseguir completar os cinco ciclos que o corpo necessita”. Fontes: 1
  18. Mia khalifa Piper perri Lana rhoades Tigresa vip Bluesão
  19. Eu creio que não mano, não são 4 reais que vão tirar todas essas punições kkk, posso estar errado, se eu estiver, me corrijam.
  20. Obrigado kkk Sim sim, não é obrigatorio servir, agora não sei se recomendo ou não kkk.
  21. Olá , tudo bem com vocês? aproveitando que 2020 ta chegando e muitos vão fazer 18 anos, todos nós sabemos que ao completar 18 anos um jovem do sexo masculino é obrigado a se apresentar no exército, mas o que acontece se um jovem não se apresentar ao completar 18 anos? Vamos conferir. Se por um acaso você completar 18 anos no ano corrente você terá até Junho para se alistar, seja você um jovem naturalizado no Brasil ou que esteja aqui por opção, o alistamento é obrigatório, você terá 30 dias para concluir seu alistamento após a data em que recebeu o certificado de naturalização ou do termo de opção. Diz a Defesa e Segurança do Brasil: "o brasileiro que não se alistar no prazo previsto estará em débito com o Serviço Militar na situação de fora do prazo". Ao não estar em dia com as suas obrigações militares, o cidadão não poderá: • Obter passaporte ou prorrogação de sua validade; • Ingressar como funcionário, empregado ou associado em - instituição, empresa ou associação oficial, oficializada ou subvencionada; • Assinar contrato com o Governo Federal, Estadual, dos Territórios ou Municípios; • Prestar exame ou matricular-se em qualquer estabelecimento de ensino; • Obter carteira profissional, registro de diploma de profissões liberais, matrícula ou inscrição para o exercício de qualquer função e licença de indústria e profissão; • Inscrever-se em concurso para provimento de cargo público; • Exercer, a qualquer título, sem distinção de categoria ou forma de pagamento, qualquer função pública ou cargo público, eletivos ou de nomeação; • Receber qualquer prêmio ou favor do Governo Federal, Estadual, dos Territórios ou Municípios. Caso você não se aliste no prazo dito acima você estará sujeito a multa que de acordo com a legislação seu valor é de R$ 4,32. Para pagá-la você deve procurar uma agência dos Correios ou a agência do Banco do Brasil mais próxima de sua residência. 1) Quem deve realizar o alistamento militar? Caso você seja um cidadão de sexo masculino automaticamente você é obrigado a fazer o alistamento, independente se você é naturalizado ou por opção, você terá o prazo de 30 dias para se alistar, contando a partir da data em que receber o certificado de naturalização ou da assinatura do termo de opção. 2) Qual é o período do alistamento militar? Você deve se alistar nos primeiros seis meses do ano em que você completa 18 anos, caso você complete 18 anos a partir de Julho, mesmo assim você deve se alistar no mesmo ano. A partir daí o candidato passa a concorrer a seleção geral que é realizada no mesmo ano em que você se alistou, podendo incorporar-se ao quartel no ano seguinte. Caso o jovem se aliste após os seis primeiros meses ele será repassado para seleção do ano seguinte. 3) O que fazer se eu perder o prazo do alistamento? O brasileiro terá que pagar uma multa com o valor de R$ 4,32 em uma agência dos Correios ou uma agência do Banco do Brasil mais próxima de sua residência. 4) Completo 18 anos em 2020 mas moro no exterior, o que fazer? Caso o jovem se enquadre nesse caso, ele deverá procurar a Representação Consular mais perto de sua residência e realizar seu alistamento. Ao retornar ao Brasil você deve procurar a Junta de Serviço Militar mais próxima de sua residência e se regularizar com o país. 5) Posso escolher em qual Força Armada quero prestar o Serviço Militar? Sim, pode. É de direito do jovem escolher em qual força ele deseja atuar. 6) Onde devo me alistar? O alistamento é realizado na Junta de Serviço Militar da sua cidade. 7) Quais documentos devo levar? Ao se dirigir a uma Junta de Serviço Militar, o brasileiro deverá estar munido dos seguintes documentos: • Certidão de Nascimento, Casamento ou Carteira de Identidade original. • Certidão de Naturalização ou Termo de Opção (para os brasileiros naturalizados ou por opção). • Registro de Emancipação (no caso dos índios). • 2 (duas) fotos 3x4 (sem data e recente). • Comprovante de Residência (conta de luz ou água, etc...). Conforme a Lei 12.037, de 1º de outubro de 2009, podem ser aceitos como documento de identidade (todos dentro de sua validade): carteira de identidade; carteira de trabalho; passaporte; carteira de identificação funcional; outro documento público que permita a identificação do alistado. 8) Quais são as etapas do alistamento militar? O ingressamento se divide em 4 partes, são elas: • Alistamento; • Seleção (aspectos físico, cultural, psicológico e moral); • Distribuição (encaminhado à Marinha, Exército ou Aeronáutica); • Incorporação (ingresso nas Forças Armadas). 9) O que acontece se eu não prestar o serviço militar? ( Já dito acima) O brasileiro que não se alistar no prazo previsto estará em débito com o Serviço Militar na situação de “fora do prazo”. Ao não estar em dia com as suas obrigações militares, o cidadão não poderá: • Obter passaporte ou prorrogação de sua validade; • Ingressar como funcionário, empregado ou associado em - instituição, empresa ou associação oficial, oficializada ou subvencionada; • Assinar contrato com o Governo Federal, Estadual, dos Territórios ou Municípios; • Prestar exame ou matricular-se em qualquer estabelecimento de ensino; • Obter carteira profissional, registro de diploma de profissões liberais, matrícula ou inscrição para o exercício de qualquer função e licença de indústria e profissão; • Inscrever-se em concurso para provimento de cargo público; • Exercer a qualquer título, sem distinção de categoria ou forma de pagamento, qualquer função pública ou cargo público, eletivos ou de nomeação; • Receber qualquer prêmio ou favor do Governo Federal, Estadual, dos Territórios ou Municípios. 10) O que é o Certificado de Alistamento Militar (CAM)? Esse é o documento que comprova que o jovem compareceu para se alistar, e também o documento que prova que o cidadão está em dia com suas obrigações militares. 11) Posso adiar o alistamento militar? Não, como eu já disse acima, o jovem deve se alistar nos primeiros 6 meses do ano em que ele completa 18 anos. Mas pode ser que seja solicitado o adiamento de incorporação. 12) O que é adiamento de incorporação? É o ato de transferência de um brasileiro alistado para prestar o Serviço Militar Inicial com outra turma posterior a sua. 13) Onde pode ser solicitado o adiamento de incorporação? O Mesmo pode ser solicitado na Junta do Serviço Militar mais próximo de sua moradia, porém o brasileiro deve se adequar em algumas exigências. 14) Pessoas com deficiência se alistam no Serviço Militar? Sim, o ato de se alistar é obrigatório a qualquer jovem com 18 anos de idade. No entanto, caso o brasileiro demonstre que tenha problemas físicos/mentais ele pode adquirir seu CI(Certificado de Isenção). Demais casos devem ser constatados por exames. 15) O que acontece após o alistamento militar? Após o alistamento o jovem deve comparecer para Seleção Geral ou dispensa do Serviço Militar de acordo com a data anexada no verso do Certificado de Alistamento Militar que o mesmo recebeu. 16) O que é Seleção Geral? É a fase onde o jovem se apresenta a comissão da Força Armada que ele escolheu, para concorrer sua integração ao quartel. 17) O que acontece com o brasileiro alistado que não se apresenta na Seleção Geral? Ele ficará com o perfil de refratário e devera comparecer a Junta do Serviço Militar e realizar o pagamento de sua multa, logo em seguida será mandado para a Seleção do ano seguinte. 18) O que significa o termo insubmisso? É o convocado selecionado e designado para incorporação ou matrícula que não se apresentar à Organização Militar que lhe for designada, dentro do prazo marcado ou que, tendo-o feito, ausentar-se antes do ato oficial de incorporação ou matrícula. 19) Que documentos devem ser levados à Seleção Geral? Devem ser levados os seguintes documentos: • Certificado de Alistamento Militar (CAM); • Carteira de identidade ou prova equivalente; • Uma fotografia 3x4 (recente e sem retoques); • Recomenda-se que o brasileiro evite comparecer usando chinelo, bermuda ou camiseta cavada. 20) Quais são os benefícios do serviço militar? O Serviço Militar contribui para a formação do caráter cívico e da cidadania dos jovens brasileiros, introduzindo valores éticos, morais, físicos e culturais, difundidos e praticados nas Forças Armadas. Presentes em todo o território nacional, as Forças Armadas, com o Serviço Militar, garantem a representatividade geográfica, étnica, social e religiosa de seus integrantes, interagindo melhor com a sociedade. O tempo de Serviço Militar também conta para a aposentadoria, de acordo com o inciso I, do art. 55, da Lei nº 8213/1991. 21) Sou mulher, sou obrigada a me alistar? Não, mulheres não são obrigadas a se alistar, mas caso queiram, não há nada que as proíba , elas podem ingressar as Forças Armadas a partir de concursos Públicos. 22) Quanto tempo dura o serviço militar? O Serviço Militar obrigatório dura 1 ano, porém pode ser reduzido por dois meses ou prorrogado por até seis meses. 23) É preciso ter ensino médio completo para se alistar? Não é obrigatório ter o ensino médio completo, seja você alfabetizado ou não, ao completar 18 anos devem se alistar. Então, espero que vocês tenham gostado do nosso tema de hoje xD. EU vou ficando por aqui e até a próxima. Fontes: 1 e 2
  22. Pode deixar que faço o proximo, e o da mitologia egipicia. Sim sim, de mitologia grega sim, mais Deuses mitologicos, tem varios, inclusive o meu.
  23. Ola pessoal, tudo bem? Provavelmente muitos de vocês conhecem alguns dos Deuses que iremos ver aqui, é deles que vem grande maioria dos nicks do fórum, inclusive o meu. Hoje irei trazer uma pequena matéria sobre a Mitologia Grega, irei falar um pouco sobre o ano de tal Mitologia e também irei comentar sobre os seres mitológicos que era uma das suas principais características. O QUE É MITOLOGIA GREGA? Os Mitos geralmente retratam o mundo como ele era antes de o conhecermos e isso não é diferente da tão conhecida Mitologia Grega que no caso seria o corpo de Mitos e Ensinamentos que pertenciam à Grécia Antiga, sobre seus Deuses e Heróis. Os gregos antigos enxergavam vida em quase tudo que os cercavam, e buscavam explicações para tudo. A imaginação fértil deste povo criou personagens e figuras mitológicas das mais diversas, alguns exemplos que posso citar são: • Deuses: Eram eles que comandavam praticamente toda a Grécia Antiga além de que possuíam a vida eterna. • Heróis: Mortais, porém, eles eram filhos de Deuses com seres humanos. • Ninfas: Seres femininos que habitavam os campos e bosques, levando alegria e felicidade. • Sátiros: Figura com corpo de homem, chifres e patas de bode. • Centauros: O seu corpo era formado pela metade de um homem e a outra de um cavalo. • Sereias: Mulheres que geralmente tinham metade do seu corpo em forma de peixe e que atraía os marinheiros com o seu canto. • Górgonas: Retratava mulheres, normalmente, aquelas que eram consideradas uma espécie de monstro com cabelos de serpentes. • Quimera: Era uma mistura de Leão e Cabra que soltava fogo pelas suas ventas. O QUE ERAM OS DEUSES GREGOS? Na Grécia Antiga, as pessoas seguiam uma religião na qual acreditava em vários Deuses ( politeísta ). E eles, apesar de serem considerados IMORTAIS possuíam comportamentos iguais a de um ser humano comum, maldade, bondade, egoísmo, fraqueza, força e outras características que, segundo o povo grego estava presente em todos os Deuses. E, de acordo com este povo esses Deuses habitavam um local denominado de Monte Olimpo, de onde decidiam a vida dos mortais. E nessa época também acreditava-se que eles desciam do Monte Olimpo para se relacionar com as pessoas e cada cidade da Grécia Antiga possuía um Deus no qual a protegia. Cada entidade divina representava as forças ou algum tipo de sentimento humano, e essa mitologia grega era passada de pai para filho e, muitas vezes, servia para explicar fenômenos que ocorriam na natureza ou para passar conselhos de vida. QUAIS ERAM OS DEUSES? Zeus É o principal Deus, aquele que governa o Monte Olimpo, rei dos Deuses e dos Homens. Era o senhor do céu e o Deus da chuva, aquele no qual possuía o temível poder do relâmpago, ele impõe justiça e ordem lançando relâmpagos construídos pelos Ciclopes. A tempestade representava a sua fúria, sua arma era o raio e sua ave era a águia, animal em qual costumava se transformar. Zeus teve diversas esposas e casos com deusas, ninfas e humanas, teve diversos filhos semi-deuses e entre eles, Perseu e Hércules. Hera Era a mulher de Zeus e a rainha do Olimpo, Hera é a Deusa do matrimônio, do parto e da família e como Zeus, possui um animal que por sua vez é um Pavão, antes disso a vaca era relacionada a Hera. Ela tinha a fama de ser ciumenta com razão, pois Zeus era muito infiel e devido a este motivo ela também era considerada como Deusa protetora das mulheres casadas. Hera também teve em sua mão um romã, símbolo da fertilidade, sangue e morte. Poseidon O irmão mais velho de Zeus e Hades é Poseidon, o deus dos Mares / Oceano, representado por seu enorme tridente e as vezes com um golfinho, morava no fundo do mar e com seu tridente conseguia causar maremotos, tremores além de fazer brotar água do solo. Em um momento, Poseidon foi chamado para ajudar na construção de um muro e foi prometido com uma recompensa, porém, foi enganado e não recebeu a recompensa, enfurecido, Poseidon se vingou de Tróia e enviou um monstro do mar que saqueou praticamente toda a terra de lá. Hades Ele, apesar de ser o irmão de Poseidon e Zeus, não vive no Monte Olimpo. Hades era o Deus dos Mortos e do Mundo Inferior, era um ser quieto, intimidativo e impiedoso. Hades por sua vez, causava medo na Grécia Antiga e diziam que alguns tinham medo até mesmo de pronunciar o nome de Hades, pois o consideravam um Deus sereno e frio. E como alguns outros Deuses, Hades também possuía um ' companheiro ', que era o seu cão, Cérbero. Com uma aparência monstruosa, e com três cabeças, o cão era o responsável por guardar a entrada do Reino dos Mortos. Ares O terrível Deus da Guerra, um dos filhos de Zeus e Hera. Representado como um homem de caráter violento e forte, tinha o prazer em apreciar a dor alheia e, no campo de batalha conseguia matar um mortal com apenas um grito de guerra, ele, com essas características passou a ser muito cultuado em Esparta, uma das mais importantes Cidades-Estados da Grécia Antiga. Muitos Deuses não gostavam de Ares, até mesmo seu pai não gostava dele, embora Ares gostasse muito das guerras não era invencível, perdeu diversas vezes por uma outra Deusa. Muitos Gregos costumavam pedir a ajuda do Deus Ares para suas lutas e para isso matavam animais na noite anterior a do combate. Atena É a Deusa da Sabedoria, imbatível na guerra, ela era completamente virtuosa, estrategista, habilidosa e com um grande senso de justiça. Atena era uma linda guerreira na qual protegia seus heróis escolhidos e também de sua cidade, Atenas, onde atualmente se encontra em ruínas um dos principais símbolos da arquitetura da Grécia Antiga, o Partenon. Ela conseguia com toda sua sabedoria derrotar até mesmo Ares, na qual venceu ele diversas vezes, carregava com si uma lança e um escudo chamado Égide. Ela era virgem devido ao fato de que não queria que ninguém se apaixonasse por ela, pois assim teria de deixar a vida de guerras e passar a viver uma vida doméstica. Um dos seus símbolos era a mais sábia das aves, a coruja. Deméter É considerada a Deusa da Agricultura, das Terras Cultivadas, das Plantas, das Colheitas e das Estações do Ano. Deméter era a responsável por nutrir a terra, era também considerada como a protetora do casamento. Teve uma filha com seu irmão, Zeus, a chamada Core porém, foi raptada por Hades e acabou se tornando Perséfone, a Rainha dos Mortos. Após este momento, Deméter desesperada saiu do Olimpo para procurar sua filha, enquanto esteve fora a terra se tornou estéril, animais morreram, o arado quebrou e os grãos não germinaram. Apolo Era o Deus Grego da Beleza, do Sol e da Luz, na verdade, os próprios Gregos acreditavam que ele era o prórpio Sol, também era conhecido como o Deus da Música, Poesia e da Arte de Atirar com o Arco. Ele conduzia uma carruagem dourada e resplandecente no céu, a noite, no oceano os seus cavalos se banhavam. Seus cabelos eram louros e seus olhos claros como o dia. Artêmis Ela se tornou a Deusa da Vida Selvagem e da Caça. Possuía cabelos negros e olhos escuros, ao contrário de Apolo, ela era a Deusa da Noite Enluarada. Dizem que ela era constantemente seguida por criaturas selvagens, tais como leões ou cães, trazia consigo um arco dourado, no ombro um coldre de setas e vestia uma túnica de tamanho curto. Desprezava a companhia de homens pois era uma caçadora e, diferente de Apolo suas flechas eram prateadas. Apesar de portar um Arco e ser a Deusa da Caça, ela era também uma protetora de animais. Hefesto Também filho de Zeus e Hera, Hefesto era o Arquiteto, o Forjador, construtor de todas as obras de Olimpo. Foi ele que, com ajuda dos Ciclopes forjou o raio de seu pai Zeus, também construiu o Tridente de Poseidon e as Flechas de Apolo. acreditava-se que as erupções vulcânicas eram causadas por ele. Dizem que ele nasceu tão feio que sua mãe Hera ficou envergonhada a ponto de jogar Hefesto no mar, mais tarde seria recolhido pela Deusa Tétis. De acordo com essa mitologia ele também foi responsável pelo Escudo de Zeus usado na batalha contra os Titãs e pela criação de Pandora, a primeira mulher mortal. Afrodite Deusa do Amor, da Beleza e do Sexo. É a mais bela das Deusas, causava tumulto no Monte Olimpo, pois os Deuses batalhavam para conquistá-la, inclusive Zeus. Com medo de que o ciúme pusesse fim à paz que reinava entre eles, Zeus a casou com Hefesto, o mais decidido e tranquilo dos Deuses e também como forma de agradecê-lo por ter forjado os seus raios. Hermes Filho de Zeus, Hermes era esperto e rápido e estava sempre a serviço de seu pai. Ele era o mensageiro dos Deuses e também conduzia a alma dos mortos até o submundo de Hades. Protetor dos viajantes, comerciantes, dos ladrões e trapaceiros, em suma, de tudo que requer habilidade e astúcia. Era representado como um homem de sandálias e capacete com asas e portando em uma de suas mãos o Caduceu, uma vara com duas serpentes entrelaçadas. Dionísio Possuía o conhecimento e segredos do plantio e colheita da uva, por isso era considerado o Deus do Vinho e das Farras, filho de Zeus e da princesa tebana Semele. Foi o único Deus gerado por uma mortal, tinha um atributo que o permitia amansar e domesticar animais selvagens e ferozes, realizar o plantio e colheita da uva, assim como a produção do Vinho. E foi com essa sua fama de produzir vinho e do prazer que lhe rendeu vários festivais teatrais em sua honra. O QUE SÃO OS HERÓIS? Também denominados de Semi-Deuses são eles que lutam pelos Deuses ou até mesmo contra eles, se encontravam em uma posição intermediária entre os Homens e Deuses. Possuíam poderes superiores aos dos Humanos tais como força, inteligência e velocidade, mesmo assim ainda eram considerados mortais e de acordo com a Mitologia eles eram filhos de Deuses com Seres Humanos. Aparecem em várias histórias mitológicas da Grécia Antiga. Utilizando suas capacidades especiais, eles são capazes de vencer os temíveis monstros, combater vários guerreiros inimigos e atuar em missões que seriam impossíveis aos Seres Humanos. Porém, por outro lado estes Heróis apresentavam alguns defeitos humanos ( psicológicos e corporais ). QUAIS ERAM OS HERÓIS? Herácles Também conhecido com Hércules, provavelmente o mais famoso Herói Grego, sua principal característica era a Força e com ela realizou uma das mais famosas estórias da Mitologia Grega, ' Os Doze Trabalhos de Hércules '. Com apenas sua incrível Força Física conseguiu cumprir diversos desafios que seriam impossíveis para os Humanos. Perseu Um dos filhos de Zeus, ele ficou conhecido como o Herói que matou a Medusa, sabendo que mesmo com todo o seu poder ele morreria os Deuses desceram do Olimpo concedendo a Perseu armas para lutar contra a Medusa, ganhou de Atena um Escudo tão bem feito que sua superfície era quase a de um espelho, Hades lhe entregou um Capacete que lhe permitia ficar invisível e ganhou de Hermes Sandálias para que pudesse voar, também era conhecido pela sua coragem e ousadia. Teseu Foi um grande Herói Ateniense porém, não era filho de Deus nenhum, mas sim do Rei de Atenas, nasceu em terras distantes de e já com dezesseis anos descobriu sua verdadeira identidade e logo ele decidiu retornar a Atenas e durante esta sua jornada para assumir o trono de seu reino ele enfrentou diversos monstros e entre eles estava o tão temido e conhecido Minotauro que foi derrotado no Labirinto de Creta. Belerofonte Foi um Herói que ficou conhecido por ter matado a Quimera e por possuir o cavalo alado, Pégaso. Foi detentor de vários feitos, se julgou digno o bastante para visitar o Olimpo montado em Pégaso, Zeus ficou ofendido de ele ter ido ao Olimpo sem convite e mandou uma Vespa para matar Pégaso que logo caiu e por mando de Atena se tornou macio, portanto ele não morreu com a queda, Belerofonte teve sua morte ao ficar procurando por Pégaso. Orfeu Foi um Herói abençoado por Apolo com o Dom da Música. Orfeu participou da expedição dos Argonautas e também foi um dos dois Mortais que viajaram pelo Reino dos Mortos e voltaram vivos ( o outro Mortal foi Herácles ). Orfeu tinha perdido sua mulher, então resolveu ir ao Sub-Mundo para buscar a sua amada, ele conseguiu voltar devido a sua Música ter acalmado as ameaças. Aquiles & Ulisses Aquiles foi um dos maiores guerreiros da Mitologia Grega, quando nasceu foi banhado no Rio Estige, o que garantiu a ele poderes como inteligência, força e habilidade de combate. Aquiles também participou do cerco da cidade de Tróia, ajudando na vitória Grega, um excelente guerreiro e com diversas qualidades nesta área, porém ele morreu ao ser atingido no seu ponto fraco por uma flecha arremessada por Paris, que no caso era o calcanhar. Ulisses foi um dos mais ardilosos guerreiros de toda Epopeia Grega, mesmo depois da guerra quando do seu longo retorno ao seu reino. Teve a ideia do Cavalo de Troia e durante a Odisseia, Poseidon tentou matá-lo, mas ele atravessou o Oceano inteiro e todas as tentativas de matar Ulisses falharam. Então é isso galera, espero que tenham gostado. se vocês curtirem, e comentarem, eu posso trazer uma segunda parte, abraços!
  24. O meu é pq eu curto muito os nomes dos Deuses, não tem nada haver com paixão a mitologia ou sla oque, só curto mesmo.
×
×
  • Create New...