Jump to content

Turbine o seu Perfil

Confira a atualização e participe do clube!
Clique e saiba mais

Junte-se ao Clube de Membros VIP

Tenha destaque e diversos benefícios!
Confira Aqui

Acesse nosso Discord

Conheça nossos canais interativos
Confira Aqui
Notícia
  • Adquira já o seu VIP!
Sr.of Death

Runescape - Tudo que você precisa Saber

Recommended Posts

Runescape

 

 

Guia de Jogo

 

Aprendendo a Jogar

 

RuneScape é um dos maiores e mais extensos jogos de fantasia on-line da atualidade. Possui mais de 175 milhões de usuários cadastrados e uma comunidade fiel que continua a usar sua coragem, intuição, perspicácia e esperteza para se aventurar pelo mundo do jogo, descobrindo aventuras, lutando contra clãs rivais e conquistando um enorme mundo virtual.

 

Criando uma conta

 

create_account_button1c.gif

 

Você pode criar uma nova conta clicando em "Jogar Agora". Caso esta seja a sua primeira vez em RuneScape, você poderá ver um pedido de permissão para encontrar a melhor opção de gráficos para o seu computador. Isso levará somente alguns minutos.

Caso você seja direcionado para a tela de login, clique em "Criar uma conta agora" na parte inferior da interface. Você verá uma tela que pede vários detalhes sobre você. Insira os dados e clique em "Continuar" para ser direcionado para o jogo, onde poderá criar seu personagem (veja abaixo) e escolher o nome dele. Depois disso, você poderá começar sua aventura em RuneScape!

Se for direcionado a uma página que requisita vários detalhes sobre você, inclusive seu e-mail, insira os dados para que possa ser direcionado ao jogo. Assim, você poderá criar seu personagem e escolher o nome dele.

 

Jogando Runescape

 

Para acessar o jogo, clique em "Jogar Agora" em nossa página principal, como exibido na seção "Criando uma Conta". O processo inicial de download vai começar. Depois de completado, você será direcionado à tela de login onde deverá inserir seus dados. A tela seguinte será a do Lobby de RuneScape.

 

runescape_lobby.gif

Lobby de RuneScape

O Lobby de RuneScape reúne vários recursos interessantes. Há cinco seções que podem ser acessadas pelas abas no topo da janela:

  • Sobre o jogador - Exibe o local e a hora da sua última conexão, o status do seu cadastro de e-mail, perguntas de recuperação, o número de mensagens da Jagex em sua Central de Mensagens, quantos créditos você tem sobrando, além da Mensagem da Semana.
  • Seleção de mundos - Exibe a lista de todos os mundos disponíveis.
  • Bate-papo Amigos - Exibe a sua Lista de Amigos e a sua Lista de Ignorados e permite que você converse com seus amigos antes de selecionar um mundo do jogo.
  • Bate-papo do Clã - Permite que você entre em um canal de bate-papo do clã antes de entrar no jogo.
  • Opções - Estas são as suas opções de exibição, permitindo que você defina o seu modo de exibição, tamanho da tela e configurações de áudio e gráficos.

 

Todas as abas contêm o botão "Clique Aqui para Jogar" e seus mundos favoritos para poderem ser acessados facilmente. Em caso de necessidade, as abas de Bate-papo Amigos e Bate-papo do Clã possuem o botão "Denunciar abuso".

Quando você desconecta do jogo, você pode escolher ser redirecionado para o lobby, então não precisará digitar a sua senha novamente quando clicar para voltar para o jogo. Para fazer o logout definitivamente, clique no "X" perto da aba de Opções do lobby.

 

Criação de Personagem

 

create_interface1e.jpg

Interface de Criação de Personagem

 

Caso tenha entrado no jogo pela primeira vez, você verá a interface de criação de personagens, exibida à esquerda:

Há uma variedade de personagens disponíveis. Escolha uma opção de roupa que será exibida na parte inferior direita da interface. Você pode clicar em "Mudar Mais" para alterar outras características como cor de pele, cabelo, tronco, pernas, calçado e pelo facial. Caso queira mudar de novo, depois da criação, você pode visitar o Morfomago e mudar seu personagem mediante o pagamento de uma taxa no jogo.

 

RuneScape - Primeiros Passos

 

tutorial_island1a.jpg

Base instável

 

Seu personagem começará sua vida em RuneScape numa mini-missão chamada "Base Instável ".

No escuro porão de Base Instável, você aprenderá os princípios básicos de RuneScape. Você fará uma série de atividades, que incluem combate, como navegar, Mineração, Corte de Lenha e muito mais. A duração média é de 15 minutos. Quando tiver terminado, seu personagem estará livre para explorar Lumbrigde e sua aventura em RuneScape poderá começar de fato!

Para mais informações sobre o que você pode fazer quando entrar no RuneScape pela primeira vez e como fazê-lo, veja a seção Guia para iniciantes.

 

Conselheiro e Tutores

 

Ajuda em Lumbridge

 

guides_intro.jpg

Os instrutores de combate de Lumbridge

 

Como o mundo de RuneScape é muito grande, você pode ficar sem saber por onde começar. Por isso, seria útil receber alguns conselhos antes de dar os seus primeiros passos em Lumbridge.

Por sorte, Lumbridge está cheia de pessoas dispostas a dar conselhos. O Sábio de Lumbridge é uma delas. Ninguém conhece a área tão bem quanto ele. Você faria bem em visitá-lo e fazer perguntas sobre geografia e história.

 

guide.gifExistem outros ansiosos para ajudar. Um ponto de interrogação, como esse à esquerda, em seu mapa-múndi representa um personagem disposto a dar conselhos gratuitos sobre um assunto que escolher.

As lojas de Lumbridge também oferecem amostras grátis dos produtos que oferecem. Essas amostras são inestimáveis quando você não tem bastante moedas de ouro para substituir uma ferramenta. As lojas abaixo participam dessa promoção:

  • Machados brilhantes do Bob
  • Loja de artigos de Pesca de Lumbridge
  • Armazém geral de Lumbridge

Em Lumbridge há também os instrutores de combate: três entusiastas dispostos a compartilhar o conhecimento que possuem e deixar que você pratique com seus bonecos e equipamento de Combate à Distância. Eles mesmos te dirão que a área de treinamento não substitui a verdadeira experiência de combate. Lá você recebe muito menos EXP do que você receberia se estivesse lutando com um adversário de verdade. Os instrutores de combate podem ser encontrados ao norte do castelo de Lumbridge.

Para encontrar as várias pessoas que podem oferecer informações úteis, basta explorar a área inicial e falar com quem quer que você encontre! Para obter mais informações sobre qualquer habilidade, leia os Guias de habilidade.

 

Conselheiros

 

advisor_system1a-15143850.jpg

O Sistema de aconselhamento

 

advisor1.gifQuando estiver passeando por Lumbridge, você pode falar com Roddeck, um senhor muito prestativo que gosta de dar conselhos - basta clicar no botão do conselheiro. Esse botão fica à esquerda do botão Sair.

Ao clicar nessa interrogação, o sistema de aconselhamento ficará disponível: uma lista de cada assunto pelo qual Roddeck acha que você pode se interessar, baseada no local onde você se encontra, o que está fazendo, seus níveis atuais e até o que você está segurando. Roddeck sabe bastante sobre vários assuntos, como habilidades, combate, dinheiro, bancos, recuperação de energia e como enterrar ossos. Vale a pena dar uma olhada nos conselhos que ele tem a oferecer para adquirir um conhecimento abrangente dos estágios iniciais do jogo.

O aconselhamento que Roddeck oferece é obtido de quatro formas diferentes. A primeira é dele próprio: basta clicar em "Para conselhos, fale com Roddeck" para ouvir o que Roddeck tem a dizer sobre o assunto escolhido. Na maioria das vezes esses conselhos são respostas diretas às perguntas em amarelo no Sistema de aconselhamento.

Ao clicar em "Leia mais no site", você terá acesso a uma aba separada em seu navegador. Nessa aba você encontrará a página do Guia do jogo relativa ao assunto que deseja. Lá você encontrará informações mais abrangentes, caso precise.

Você também pode acessar os tutoriais, que lhe mostrarão, passo a passo, como realizar uma determinada ação. Por exemplo, "Tutorial: Como usar o banco" vai te guiar para o banco mais próximo, onde você aprenderá como depositar e pegar um panfleto. Os tutoriais só podem ser acessados na área inicial. .

Por fim, Roddeck vai se oferecer para colocar uma seta em uma área útil próxima. Se você estiver procurando por um lugar onde possa escavar, pescar ou simplesmente obter coisas de graça, uma seta aparecerá no seu minimapa e no seu mapa-múndi, indicando para onde você deve ir.

Quando você tiver acabado de receber aconselhamento de Roddeck, basta clicar no "X" no canto superior direito da interface para continuar a explorar!

 

Livre Comércio - Primeiros Passos

 

O que é Livre Comércio?

 

O Livre Comércio é tão simples como o nome mesmo diz. É a habilidade de fazer trocas e negociações com outros jogadores sem limites. Você pode trocar o quanto quiser e quantas vezes quiser.

 

Como funcionam as negociações?

 

Você faz negociações quando troca moedas por objetos ou objetos por objetos com outros jogadores. O Livre Comércio significa que as moedas ou objetos sendo trocados não precisam ter um valor equivalente. Você pode até dar moedas ou objetos para outros jogadores sem receber nada em troca, se quiser. Não há restrição nenhuma quanto ao valor que você quer oferecer ou pagar pelo objeto que está comprando ou vendendo

 

E é claro que todos os jogadores terão essa liberdade, então os objetos passarão a obedecer naturalmente a lei da oferta e procura. O Mercado Geral ainda registra o valor médio dos objetos, que agora nos referimos como "preço de tabela".

Além disso, com o Livre Comércio, você pode tirar proveito de raras oportunidades para vender um objeto por um preço muito mais alto que o de tabela (caso encontre outro jogador que se disponha a pagar tal quantia). Um exemplo disso seria vender runas da lei a um jogador que está longe do banco, mas precisa de usar um teleporte com urgência e se dispõe a pagar a mais por isso. Outro exemplo seria ir para Fronteiriça para vender comida aos jogadores que estão se preparando para um combate PvP na Terra Selvagem.

 

O lado bom é que você pode limpar seu banco de coisas antigas e sem utilidade fazendo uma "liquidação" - vendendo os objetos por um preço mais baixo que o de tabela para se livrar deles mais rápido e ganhar um pouco de dinheiro com isso. Além disso, você também pode pedir um desconto e oferecer para pagar um preço mais baixo que o de tabela quando estiver comprando grandes quantidades. Mas nunca se sabe, o jogador poderá fazer um desconto ou aceitar a oferta de outro jogador que pode ter oferecido mais.

 

O que é o Mercado Geral?

 

O Mercado Geral (MG) é um centro comercial ao noroeste de Varrock e está disponível para todos os jogadores. Todas as negociações que se passam através do MG são criadas pelos jogadores - você pode colocar uma lista de itens que deseja vender, ou fazer oferta para comprar itens de outra pessoa. Sempre que uma oferta de compra e venda é correspondida, a negociação é concluída - o vendedor recebe o dinheiro e o comprador recebe seu(s) objeto(s).

 

Assim como nas negociações entre jogadores, não há restrição nos preços do Mercado Geral - você tem liberdade de pedir e oferecer a quantidade de moedas que quiser pelo que está vendendo ou comprando. Desse modo, os balconistas do Mercado Geral registram todas as transações de RuneScape e os mantém atualizados com a média de preços que cada objeto foi negociado - que é chamado de "preço de tabela". Não há obrigação nenhuma de comprar ou vender objetos pelo preço de tabela. Ele só serve de base para mostrar o valor médio atual dos objetos, para que você possa saber se está pagando a mais ou a menos por um item.

 

Onde posso fazer trocas/negociações com outros jogadores?

 

Praticamente em qualquer lugar! O Mercado Geral continuará sendo um bom lugar para visitar, comprar e vender objetos em massa, mas nem sempre você conseguirá fazer o melhor negócio. Com negociações diretas com os jogadores, você tem a oportunidade de pedir desconto e conseguir o que quer. Você também pode trocar objetos por outros objetos, nem sempre as trocas envolvem moedas.

 

Além do Mercado Geral, outros centros comerciais fizeram história em RuneScape. São eles: mercado de Varrock/banco oeste (no mundo 1, para objetos de acesso gratuito); parque de Faladore/banco leste (no mundo 2, para objetos para membros); e, nos primórdios da história de RuneScape, atrás do Palácio de Varrock para objetos raros e obsoletos.

 

Posso dar e receber presentes?

 

Outro benefício do Livre Comércio é a habilidade de dar presentes para outras pessoas no valor que desejar. Então, você pode dar ao seu melhor amigo no jogo um objeto de grande valor ou um empréstimo sem data de devolução, ajudar um jogador que está com dificuldades numa missão ou algum noob, sem se preocupar com restrições de troca.

 

Se estiver pensando em emprestar um objeto a um jogador que não conhece muito bem, talvez seja uma boa ideia usar o sistema Empréstimo. Esse sistema permite que você defina os seus próprios termos de negociação.

 

Desde já, fique sabendo que alguns jogadores podem te pedir presentes (muitos adoram coisas de graça, como já deve saber). Se eles estiverem pedindo um objeto específico, o sistema de Empréstimo pode ser uma solução. Normalmente, o melhor a fazer é explicar a esses jogadores como eles podem ganhar dinheiro e objetos sozinhos. É melhor ensinar a pescar a dar o peixe, como diz o ditado.

 

Posso dividir objetos caídos no chão com meus amigos/clã?

 

Clãs e grupos também podem se beneficiar do Livre Comércio, já que eles têm a capacidade de ajudar uns aos outros a se equiparem para uma luta com um boss ou clã. O Livre Comércio também é interessante para os clãs quando objetos de grande valor são largados, já que eles podem decidir quem dentro do clã está precisando de um objeto mais raro ou como o saque deve ser compartilhado entre o grupo. Temos alguns sistemas que ajudam nessas situações: Compartilhamento de Saque e Dividir moedas. Eles ainda poderão ser usados em algumas situações ou com certos grupos e clãs, mas o Livre Comércio oferece outras opções.

 

O que são as festas da partilha (drop parties, em inglês)?

 

As festas da partilha acontecem no Salão de Festas de Faladore e são organizadas pela quase celebridade Pete Festeiro. Todos podem ficar à vontade para colocar certos objetos na arca de festa e depois alguém deve puxar a alavanca próxima para que os balões caiam do teto contendo todos os objetos que foram colocados na arca. É muito divertido tentar estourar os balões e tentar conseguir algo interessante de dentro deles.

 

Não há um valor limite nos objetos que pode colocar dentro de uma arca de festa, então, se você gostaria de participar de uma festa, vá a um Salão de Festas ou organize uma festa com um grupo de amigos.

 

Como posso ganhar dinheiro como um jogador novato?

 

Os jogadores novatos podem completar a missão Pacto de Sangue e depois voltar para as Catacumbas de Lumbridge para colecionar estatuetas – Xênia vai recompensar os jogadores com algumas moedas. Completar Tarefas é outra boa forma de ganhar dinheiro. Mesmo que os jogadores novatos não tenham os requisitos de nível necessários para fazer algumas tarefas, as recompensas que elas proporcionam ajudam a aumentar os níveis de habilidade para completar mais tarefas.

 

Coletar recursos de nível baixo que ainda são de utilidade para jogadores de nível superior é também uma forma sólida de ganhar dinheiro para jogadores novatos. Itens como minérios, essência rúnica, madeira, ervas, penas e linho têm uma demanda constante. Se o combate lhe apetece mais, então a habilidade de Extermínio pode ser um bom lugar para começar - ela pode se tornar bastante rentável quando atingir níveis mais elevados (mas ainda pode servir de renda para os jogadores de nível mais baixo).

 

Lembre-se que essas NÃO são as únicas formas de ganhar dinheiro, então experimente usar as várias habilidades e atividades para ver o que funciona melhor para você. Além disso, uma coisa que deveria evitar é ficar pedindo aos outros por objetos de graça - você não fará novos amigos assim e não vai aprender a ser independente.

 

Como posso ganhar dinheiro como um negociante?

 

Ganhar dinheiro em RuneScape através do comércio se baseia na lei mais básica da economia, que é a lei da oferta e procura, e também comprando barato e vendendo mais caro. A seção do site chamada de Mercado Geral ajuda muito nessa área, pois exibe os preços de tabela sugeridos dos objetos mais populares.

 

Descobrir quais objetos estão prestes a aumentar ou diminuir de valor é algo que você pode aprender à medida que vai ganhando mais experiência e fazendo suposições baseadas em novos conteúdos (e da variação de popularidade de conteúdo antigo). Investir em recursos frequentemente utilizados para treinamento de habilidades é uma forma mais confiável de ganhar dinheiro, mas as margens de lucro para esses itens tendem a ser pequenas.

 

Posso criar meu próprio negócio?

 

Trocas e negociações não necessariamente significam objetos e moedas, já que você também pode oferecer serviços no jogo (desde que nem o serviço nem o tipo de pagamento quebrem as regras de RuneScape). Alguns exemplos disso incluem: entrega de runas (pagando outros jogadores para te entregar essência rúnica no altar de Criação de Runas); venda de kits de missão (vendendo os objetos necessários para o início da missão mais recente); aluguel de objetos (por exemplo, "50 mil por hora" seria o custo do aluguel por hora usada) ou uma criar sua própria loja no fórum (veja as novidades da seção Mercado do nosso fórum).

 

Nem sempre você precisa oferecer serviços como esses a troco de moedas ou com fins lucrativos. É bom lembrar também que você não precisa do Livre Comércio para criar seu próprio negócio, os sistemas de Auxílio e de Empréstimo podem ser úteis em várias situações. Há muitos exemplos de empreendimentos criados por jogadores em RuneScape, alguns estão na seção do fórum inglês "Businesses & Services".

 

O que é apostar?

 

É o ato de arriscar no resultado de uma competição na qual você está envolvido e pode ser feito em Al-Kharid, Arena de Duelos, Conquista e nos inúmeros Fossos de Ratos por RuneScape. Você estará apostando em você mesmo e isso demonstra muita confiança.

 

Contudo, há limitações de quanto você pode apostar nos Fossos de Ratos, mas não na Arena de Duelos e em Conquista. Apostar pode ser uma ótima forma de ganhar dinheiro caso vença, só não aposte mais do que pode se dar ao luxo de perder.

 

Terra Selvagem - Primeiros Passos

 

Aviso!

 

A Terra Selvagem é a área mais perigosa e arriscada de RuneScape. Se você tiver pouca experiência com combates contra jogadores na Terra Selvagem, nós recomendamos que leia estas perguntas e respostas antes de se aventurar por lá.

A Terra Selvagem é diferente de todo o resto de RuneScape, já que abriga vários recursos que fazem dela um ambiente mais emocionante e perigoso.

  • A Terra Selvagem é um ambiente de PvP, ou seja, outros jogadores podem atacar e matar você.
  • Em áreas PvP da Terra Selvagem, você não vai ter uma lápide quando morrer. Qualquer objeto largado no chão após a sua morte será visível para o jogador que lhe causou mais danos durante o combate. Quando for para lá, leve somente os objetos que está disposto a arriscar a perder!
  • Quando você larga objetos no chão manualmente, eles aparecem para todos os jogadores imediatamente.
  • Se você atacar um jogador sem que ele tenha lhe atacado recentemente, você ficará com o ícone da caveira sobre a sua cabeça. Se você morrer enquanto estiver com o ícone da caveira, você perderá todos os seus objetos.
  • Muitas áreas da Terra Selvagem são de combate múltiplo, ou seja, mais de um jogador pode lhe atacar ao mesmo tempo.

 

O que é a Terra Selvagem?

 

A Terra Selvagem é uma área árida que domina o norte de RuneScape e a maior parte dela está livre para ser explorada tanto por membros quanto por jogadores de acesso gratuito. Ela sempre foi considerada a área mais perigosa de RuneScape.

 

A Terra Selvagem é o local ideal para ir lutar e atacar jogadores que gostam de praticar, o que é chamado de "PKing". "Player-killing" em inglês, ou matança de jogador, em tradução livre, é uma atividade emocionante e perigosa ao mesmo tempo, já que quando se morre, todos os objetos carregados com você podem ser perdidos. Contudo, você também pode ganhar objetos caso saia vitorioso.

 

Onde fica a Terra Selvagem? Como chego lá?

 

A Terra Selvagem cobre uma grande área ao norte de RuneScape. Para chegar lá por terra, você precisa seguir para o norte de Varrock, Faladore ou Fronteiriça, atravessando a muralha da Terra Selvagem que alerta os jogadores do perigo que estão correndo. Caso eles sejam corajosos o bastante, eles entrarão num pequeno "refúgio" ao lado da muralha, onde eles não podem atacar ou serem atacados por outros jogadores. Depois dessa área, fica a Terra Selvagem, onde a matança de jogadores acontece! O ícone de uma caveira aparece ao lado da sua tela do jogo para indicar que você está na Terra Selvagem, e você poderá ver a sua profundidade (mas falaremos sobre isso depois).

 

Muitos jogadores se agrupam e se preparam para batalha em Fronteiriça antes de entrarem na Terra Selvagem, então talvez você queira se juntar a eles lá. Você pode entrar na Terra Selvagem por baixo também, a Masmorra de Fronteiriça tem um portão para a Terra Selvagem (você receberá alertas antes de entrar) que te leva para áreas PvP subterrâneas.

 

A Terra Selvagem é mesmo perigosa? O que acontece se eu morrer lá?

 

Seja lá qual for a sua intenção ao entrar na Terra Selvagem, você está correndo perigo de ser atacado e, talvez, de ser morto por outro jogador. Sendo assim, a Terra Selvagem é um lugar muito perigoso e você deve ficar preparado para perder todos os objetos que estiver carregando ao entrar lá.

 

Morrer e largar objetos na Terra Selvagem não ocorre da mesma forma que no resto de RuneScape. Quando você morre fora da Terra Selvagem, você deixa uma lápide, que protege seus objetos por um período de tempo antes que os itens negociáveis se tornem visíveis para todos os jogadores.

 

Na Terra Selvagem, não há lápides onde se morre. Você vai ressurgir na área-chave mais próxima, que é Fronteiriça, e NÃO há tempo para pegar seus objetos. Os objetos negociáveis largados ficam visíveis imediatamente para o jogador que causou mais danos ao jogador que perdeu a luta e morreu. O vencedor pode pegar o objeto que quiser. Quando você larga objetos no chão, eles ficam visíveis a todos os jogadores imediatamente. Você NÃO entra no Limbo como entraria fora da Terra Selvagem.

Depois de ficarem visíveis por um minuto para o jogador que causou mais danos, os objetos restantes ficam disponíveis para todos os outros jogadores. Os objetos não comercializáveis vão desaparecer ou se tornarão negociáveis (moedas, não encantados ou degradados, por exemplo).

 

Isso significa que ao matar outro jogador na Terra Selvagem você pode ganhar recompensas imediatas, mas também pode perder todos os seus itens caso morra lá. A Terra Selvagem pode ser vista com um risco tentador e emocionante! Tente matar jogadores em mundos para membros. Você perceberá que os objetos que recebe são muito mais valiosos que os de qualquer outro mundo.

 

Com quantos objetos eu fico se morrer na Terra Selvagem? O que é ficar com a "caveira"?

 

O número de objetos que você retém quando morre depende se você está com o ícone da caveira. Além disso, seria também afetado caso estivesse usando a oração ou a maldição Proteção de objeto.

 

O ícone da caveira fica acima da cabeça do personagem.

 

Morte sem o ícone da caveira na cabeça: você mantém três objetos quando morre. Esses três objetos são os mais valiosos, segundo a tabela de preços do Mercado Geral, que têm em sua mochila e no menu de equipamentos usados. Você pode ver quais são esses objetos clicando no botão Objetos mantidos na morte na sua mochila e depois em "E se eu tiver entrado na Terra Selvagem?".

 

Morte com o ícone da caveira na cabeça: você fica SEM nenhum dos seus objetos quando morre. Todos os seus objetos negociáveis cairão no chão e ficarão disponíveis para o jogador que lhe causou mais danos imediatamente e para todos os outros um minuto depois.

 

Então, como fazer para ficar com o ícone da caveira? Você fica com o ícone da caveira quando começa a atacar um jogador na Terra Selvagem E esse jogador nunca te atacou recentemente. Depois que estiver com a caveira, você se torna um alvo para outros jogadores que praticam PKing, já que eles sabem que você perderá todos os seus objetos quando morrer. Você fica com o ícone da caveira por 20 minutos.

 

Você pode afetar o número de objetos que larga ativando a oração ou a maldição Proteção de objeto. A oração requer nível 25 de Oração, enquanto a maldição requer nível 50 de Oração. Uma vez ativada, a oração (ou a maldição) permite que você proteja um objeto extra quando morre, então, quando estiver com a caveira, você manterá um objeto, enquanto que quando estiver sem ela, manterá quatro. Em mundos de Terra Selvagem Alto Risco, você não pode usar essa oração ou maldição, fazendo com que se torne um local ainda mais perigoso para matança de jogadores.

 

Quem eu posso atacar na Terra Selvagem? O que o nível da Terra Selvagem significa?

 

Há limites de quem você pode atacar na Terra Selvagem. Essas limitações são criadas para impedir que jogadores de nível baixo sejam mortos nas mãos de jogadores de níveis altos que ficam esperando nas fronteiras da Terra Selvagem.

 

Há três fatores que determinam quem você pode atacar na Terra Selvagem: o seu nível de combate, o nível de combate do seu oponente e a profundidade da Terra Selvagem. Você pode ver a profundidade no seu menu do jogo. A Terra Selvagem vai do nível 1 ao 56, aumentando à medida que vai andando mais para o norte.

 

Para determinar se você pode atacar alguém na Terra Selvagem ou se pode ser atacado por uma certa pessoa, pegue seu nível de combate e subtraia pela profundidade da Terra Selvagem. Esse número representa o menor nível de combate que um jogador precisa ter para poder te atacar ou ser atacado por você. Por exemplo, se você tem 30 de combate e está num nível 5 de profundidade da Terra Selvagem, você só pode atacar ou ser atacado por jogadores de nível 25 de combate ou mais.

 

Agora, pegue o nível de combate e adicione sua profundidade na Terra Selvagem. Esse número representa o maior nível de combate do jogador que você pode atacar ou ser atacado por. Seguindo o exemplo anterior, o jogador de nível 30 de combate só pode ser atacado por (ou atacar) jogadores de no máximo nível 35.

 

Essa variação de níveis de combate aumenta à medida que vai mais fundo na Terra Selvagem. Isso significa que quanto mais longe (ao norte), mais perigosa fica a Terra Selvagem e mais jogadores com alto nível de combate poderão marcar você como alvo. Da mesma forma que haverá mais possibilidades de matar jogadores de nível baixo de combate nessas áreas. A matança de jogadores, então, é bastante equilibrada e logo se torna uma arte escolher os jogadores que se pode atacar e os que não se atreve a perturbar!

 

O que é combate múltiplo?

 

Os perigos da Terra Selvagem aumentam muito mais se você estiver num combate múltiplo. Esse tipo de combate é limitado a certas áreas e masmorras da Terra Selvagem e é indicado pelo ícone das espadas cruzadas na sua tela do jogo. Você encontrará várias oportunidades para combate múltiplo pela Terra Selvagem. A Masmorra dos Fantasmas é um bom exemplo disso. Nessas áreas, você pode ser atacado por qualquer número de jogadores e criaturas ao mesmo tempo e pode até atacar oponentes que já estão lutando com outras pessoas. Isso faz com que essas áreas de combate múltiplo se tornem mais trabalhosas, já que as chances de morrer e largar seus objetos é ainda maior.

 

O combate múltiplo também permite que você use seu familiar.

 

O que posso levar para a Terra Selvagem?

 

É possível levar todos os seus objetos para a Terra Selvagem, da mesma forma que é possível perder tudo por lá! Tanto os objetos negociáveis quanto os não comercializáveis são bem-vindos na Terra Selvagem, mas esses últimos não cairão no chão. Em alguns casos, objetos não comercializáveis vão cair numa outra forma, como um objeto negociável, por exemplo, ou em forma de moedas.

 

Objetos não podem ser emprestados na Terra Selvagem, eles não podem ser equipados e os jogadores que têm objetos emprestados equipados serão avisados que o objeto foi desequipado. Objetos emprestados não podem ser usados para fins que não envolvam combate. Por exemplo, uma picareta dragônica não pode ser usada para extrair runita na Terra Selvagem.

 

Caso esteja sob o efeito de uma poção extrema quando entrar na Terra Selvagem, ela será reduzida ao seu equivalente "super". Poções extremas não podem ser bebidas na Terra Selvagem.

 

Posso usar Evocação na Terra Selvagem?

 

Não só os familiares são permitidos na Terra Selvagem, como são altamente recomendados! Eles podem fazer muita diferença, seja levando um animal de carga para a Terra Selvagem para ser usado como armazenamento de comida ou seja trazendo um familiar de combate para causar danos extras, um familiar pode fazer toda a diferença entre vencer ou perder uma luta. Os familiares podem atacar ou ser atacados em áreas de combate múltiplo da Terra Selvagem (representadas pelo símbolo de espadas cruzadas na tela). Quando estiver fora delas, seu familiar não pode receber clique com o botão direito do mouse ou ser atacado, assim como não pode marcar outros jogadores ou criaturas como alvo.

 

Os familiares não afetam seu nível de combate e não têm nenhum poder quanto a possibilidade de você atacar ou ser atacado por um jogador numa certa profundidade da Terra Selvagem. O mesmo não acontece quando você está numa área de combate múltiplo. Se um jogador pode evocar um familiar ou já tenha um ao seu lado, ele terá um "+ X" exibido ao lado do nível de combate dele, onde X é uma adição ao nível de combate. Isso é só para servir de referência e lhe informar o nível de combate que seu oponente teria caso evocasse um familiar para ajudá-lo na batalha.

 

Como faço para escapar da Terra Selvagem? O que acontece se eu começar a perder uma batalha lá?

 

Inevitavelmente, existirão batalhas que você já começa perdendo na Terra Selvagem. Nesses casos, você pode querer fugir e escapar de seu agressor. Esteja ciente de que esta é a natureza da Terra Selvagem e é, portanto, inevitável. A sua morte (e objetos largados) será uma justa recompensa para o jogador que conseguir superá-lo. Com isso em mente, é extremamente difícil escapar de uma batalha quando se está perdendo.

Contudo, não é impossível. Especialmente se seu oponente não estiver totalmente focado. Os teleportes podem te ajudar a fugir de situações de combate. Mas nem todos. Ser atingido por um feitiço de telebloqueio vai abortar sua fuga.

Atenção: feitiços de teleporte não funcionam depois do nível 20 da Terra Selvagem, enquanto as joias de teleporte geralmente funcionam até o nível 30. Somente dragolito funciona depois desse nível da Terra Selvagem.

 

Você também pode tentar correr, mas isso não é nenhuma garantia de que vai conseguir escapar. Seu oponente pode se mover tão rápido quanto você e eles podem ter métodos de restaurar a energia de corrida se tentarem te seguir. Para evitar isso, é aconselhável aumentar seu nível de Agilidade e trazer objetos que revigoram sua energia para tentar escapar com sucesso. Mas há outros contratempos também: magos têm feitiços de congelamento e aprisionamento que podem te paralisar e arqueiros podem te atacar à distância...

 

Algumas áreas da Terra Selvagem agem com um refúgio seguro, particularmente uma pequena área depois da muralha da Terra Selvagem e Kalaboss. Alcance esses locais e seu adversário não será capaz de atacar. No entanto, alguns refúgios exigem que você esteja fora de combate por dez segundos. Por isso, esteja ciente de que você não pode ser autorizado a entrar até que esse tempo tenha passado.

 

Como começo a atacar um jogador na Terra Selvagem?

 

Se você busca fazer carreira em matança de jogadores na Terra Selvagem, você deve se certificar de ter vários oponentes a enfrentar ou lutas para ganhar. Tente o seguinte para aprimorar sua experiência em PvP:

  • Entre num mundo especializado em PvP. Você verá isso na página de Mundos Temáticos do Guia do Jogo. Nesses mundos, você encontrará pessoas amontoadas nas áreas da Terra Selvagem e Fronteiriça, prontas para lutar.
  • Se estiver com coragem, você também pode tentar os Mundos PvP de Alto Risco, onde as orações e maldições de Proteção de objetos não podem ser usadas na Terra Selvagem.
  • Junte-se a um clã PvP. Ao se juntar com jogadores parecidos com você, com o mesmo desejo de matança de jogadores na Terra Selvagem, você pode organizar batalhas gigantescas em Guerra dos Clãs, organizar combates na Terra Selvagem e pegar dicas com pessoas mais experientes.
  • Visite o fórum PvP oficial. Lá os jogadores discutem táticas e organizam eventos, então você talvez possa encontrar algo que lhe agrade.
  • Viaje até Fronteiriça, oeste de Varrock. Este é o berço das preparações para PvP e muitos lutadores se reúnem lá para discutir os planos de batalha.
  • Leia os fóruns e a página principal do site de RuneScape para ficar sabendo de eventos da comunidade voltados ao combate na Terra Selvagem.

Também vale a pena se preparar para as batalhas que virão. Pense no seguinte antes de embarcar numa odisséia de matança a jogadores:

  • Nos objetos que está arriscando a perder. Eles são caros ou difíceis de conseguir? Se a resposta for não, você acha que seu equipamento é de alta qualidade ao ponto de ameaçar seus oponentes?
  • No nível de profundidade na Terra Selvagem onde você se encontra. Quanto mais você adentrar, maior o risco que estará correndo de ser atacado por jogadores de nível muito alto.
  • Você pensa em lutar em áreas de combate múltiplo? Em caso afirmativo, você vai trazer um familiar? Um familiar geralmente pode lhe dar vantagens em combate PvP.
  • Você tem um plano de fuga? Pense em trazer objetos que poderão lhe ajudar a fugir da batalha, caso esteja perdendo. As poções de energia são uma boa opção, além de métodos de teleporte.
  • Mas mantenha o triângulo do combate em mente na Terra Selvagem. Se um oponente tem um nível mais baixo que o seu, mas uma vantagem sobre você com o triângulo de combate (Combate Corpo a Corpo é forte contra Combate à Distância, que é forte contra Magia, que é forte contra Combate Corpo a Corpo), talvez a luta não seja tão fácil quanto pensava.
  • Pode ser uma boa ideia praticar suas habilidades de matança de jogadores em outros - talvez mais seguros - ambientes, como a Arena de Duelos e a Guerra dos Clãs.
  • Pode parecer óbvio, mas é fácil de ignorar: pense nos itens complementares que está trazendo: armadura, armas, comida, poções e objetos que restauram seu ataque especial, orações e energia de corrida. Organize sua mochila e aprenda a melhor forma de prepará-la para suas aventuras na Terra Selvagem.

 

Posso evitar ir na Terra Selvagem? Quais conteúdos do jogo acontecem na Terra Selvagem?

 

Nós sabemos que a Terra Selvagem não é para todo mundo, pois muitas pessoas não vão querer lutar uns com os outros ou arriscar perder os objetos. Então, apesar da Terra Selvagem abranger várias atividades, missões e áreas de missão - incluindo os corredores de Kalaboss de Dungeon -, elas podem ser acessadas sem que precise entrar em locais de PvP.

 

A masmorra de Kalaboss pode ser acessada pela costa oeste de Al-Kharid, pela balsa grátis dos Fremenniks. Você também pode usar o anel da afinidade para chegar à península de Kalaboss, depois de ter conversado com o Tutor de Dungeon e recebido um.

 

Estas três atividades bastante populares – Criações Profanas, Guerra dos Clãs e Punho de Guthix – podem ser acessadas através dos portais da Gruta dos Gamers. Esse é um local subterrâneo ao norte de Faladore, e está marcado no mapa-múndi.

As seguintes missões, que pedem que você vá até a Terra Selvagem, Defensor de Varrock, Maldição de Arrav, Maria e a Fera, O Fim da Fera, agora têm formas seguras de fazer com que você chegue à Terra Selvagem. A maioria delas via teleporte, para que você não precise se arriscar em momento algum.

 

Mas isso não quer dizer que a Terra Selvagem ficou sem conteúdo. Várias criaturas, batalhas com grandes monstros e recursos caros podem ser encontrados lá. E as recompensas aguardam os que têm coragem!

 

Morte no RuneScape

 

O que acontece quando meu personagem morre?

 

gravestone_intro1.jpg

Voltando para sua lápide

 

RuneScape não é somente pastos tranquilos e florestas aconchegantes, como Lumbridge poderia induzi-lo a acreditar: existem masmorras com rios de magma, altos picos repletos de lobos, as terras da Moritânia regidas por vampiros, a Terra Selvagem e muitos outros perigos. Em suas jornadas por estas terras, é possível que seu personagem morra - provavelmente muitas vezes!

 

A morte não precisa ser temida, pois seu personagem sempre irá "ressurgir" com saúde perfeita (provavelmente sem alguns objetos, mas falaremos mais disso depois).

 

Se for relativamente iniciante em RuneScape, você visitará a casa do Ceifador quando morrer. Não tenha medo: por incrível que pareça, ele é amigável e te dará dicas sobre a morte e o que acontece depois dela. Todas as outras vezes, o seu personagem irá para o limbo. Lá, você pode decidir onde deseja ressurgir e que objetos deseja levar consigo. Suas opções de local para ressurgir são:

  1. Lumbridge
  2. A última grande cidade por qual passou (sua área-chave)
  3. Faladore, se tiver completado a missão Procuram-se Cavaleiros.
  4. Camelot, se tiver completado a missão O Resgate do Rei.
  5. Guerra das Almas, se tiver completado a missão Réquiem de Nômade.

Veja a lista atual de áreas-chave abaixo. Essas são as cidades onde você poderá ressurgir após morrer, desde que tenha passado por elas recentemente. Somente as áreas-chaves visitadas recentemente serão selecionáveis.

  • Lumbridge
  • Varrock
  • Fronteiriça
  • Faladore
  • Kalaboss
  • Aldeia dos Videntes (somente membros)
  • Ardonha (somente membros)
  • Yanille (somente membros)
  • Keldagrim (somente membros. Você deve ter ido lá durante O Anão Gigante)
  • Dorgesh-Kaan (somente membros. Você deve ter completado Morte aos Dorgeshuun)
  • Lletya (somente membros. Você deve ter ido lá durante O Enigma do Luto - Parte I)
  • Etceteria (somente membros. Você deve ter completado Os Desafios de Fremennik)

 

Eu perderei meus objetos?

 

Em situações normais (fora da Terra Selvagem e de ambientes PvP), quando seu personagem morre, você pode escolher três objetos para manter consigo, enquanto outros são largados no chão no local onde morreu. Você escolhe esses objetos no limbo (nada muito dramático). O limbo é uma interface que exibe os três objetos que poderá manter e outras informações úteis sobre a morte. De acordo com o padrão, os três objetos protegidos são os mais valiosos segundo a tabela de preços do Mercado Geral, mas eles podem ser trocados por outros objetos que estão na sua mochila ou estão sendo usados no momento. A escolha é sua. Os objetos emprestados são sempre mantidos e, automaticamente, ocuparão um desses espaços.

 

Alguns objetos são mantidos automaticamente quando você morre, e não contam como os três objetos que são protegidos na morte. Eles tanto podem ser objetos de missões ou são úteis demais e fariam muita falta, caso os tomássemos de você. Isso também vale para as moedas.

 

Para descobrir quais os objetos que vai manter, você pode olhar na interface "Objetos mantidos na morte".

 

Quando estiver fora das áreas PvP da Terra Selvagem, qualquer objeto que largar quando morrer será protegido por uma lápide (ver abaixo) por um certo período de tempo. Uma vez que esse tempo passar, seus objetos negociáveis ficarão visíveis para todos os jogadores, que são terão um minuto para pegá-los, antes de eles desaparecerem.

 

Quando morrer em áreas PvP da Terra Selvagem, você não tem uma lápide e seus objetos se tornam visíveis imediatamente ao jogador que lhe causou mais danos no combate fatal. Ele terá um minuto para pegar esses objetos. Depois disso, os objetos ficarão visíveis para todos os outros jogadores. Se você morrer por outras causas que não sejam consequência de uma luta na Terra Selvagem ou se largar objetos no chão de propósito, seus objetos ficarão visíveis para todos que estiverem ao redor e eles poderão pegá-los do chão. Em todas essas situações, é improvável que você possa voltar para o local onde morreu para pegar seus objetos de volta. Isso faz com que a Terra Selvagem seja realmente uma área de alto risco.

 

abyss_skull.gif

Abismo/ Caveira PvP

 

A quantidade de objetos que você mantém após a morte depende se você está com o ícone da caveira. Isto é caracterizado por uma caveira, idêntica à acima, na tela do jogo. Você "tem a caveira" quando entra no Abismo ou quando ataca um jogador em uma área PvP da Terra Selvagem (contanto que o jogador não tenha te atacado recentemente). Se tiver a caveira, você largará TODOS os seus objetos e não manterá três deles como aconteceria em qualquer outra situação. Uma lápide aparecerá se você morrer no Abismo, permitindo que você volte ao local onde morreu, enquanto que nenhuma lápide aparecerá se você morrer na Terra Selvagem. No caso de você morrer pelas mãos de um jogador na Terra Selvagem, seus objetos ficarão visíveis imediatamente para outros jogadores. Eles podem pegar ou "ganhar" os objetos que você largar desta forma.

 

Se seu nível de Oração for alto o suficiente, você poderá usar a Oração ou maldição de "Proteção de Objeto" para manter um objeto a mais quando morrer. Assim, se morrer normalmente, você vai pode manter quatro objetos. Se estiver com a caveira e morrer na Terra Selvagem ou Abismo, você mantém um objeto. Você não vai poder usar a Oração ou maldição "Proteção de Objetos" em qualquer mundo de Terra Selvagem Alto Risco.

 

Posso reaver meus objetos?

 

map_icon.gifHá uma chance de pegar seus objetos de volta, desde que você seja rápido ou tenha amigos perto de onde morreu. A não ser que tenha morrido em áreas PvP da Terra Selvagem (onde seus objetos serão largados no chão e se tornarão imediatamente visíveis para outros jogadores), quando morre, você poderá largar vários objetos e uma lápide aparece no local, armazenando seus pertences e tornando-se um aviso para os outros. Esta lápide permanecerá no local por um período de cinco a quinze minutos (dependendo da sua lápide - veja abaixo). Um cronômetro aparecerá na janela do jogo para te mostrar o tempo restante de sua lápide e o ícone à esquerda do mapa vai aparecer no mapa-múndi para informar a localização de sua lápide (contanto que você tenha "Você está aqui" visível). Observe que caso tenha morrido em uma área onde não há um mapa (como a passagem subterrânea), sua lápide não estará a mostra, mas estará fixa no local e o cronômetro correrá normalmente.

 

Caso morra em uma área especial, como, por exemplo, durante uma missão em um determinado lugar, sua lápide aparecerá perto da entrada daquela área, dando-lhe uma chance de coletar seus objetos sem ter que se preocupar em morrer novamente.

À medida que seu tempo acaba, sua lápide começa a esfarelar. Um jogador gentil pode consertá-la clicando com o botão direito e selecionando "Reparar". É necessário ter nível 2 de Oração para fazer isto.

 

bless_options1.gif

 

Além disso, um jogador pode escolher "Abençoar" sua lápide, impregnando-a com a força de sua fé para mantê-la no lugar por até uma hora. Isto requer nível 70 de Oração.

 

Observe que, independente de quando a lápide foi abençoada, ela virará pó uma hora depois que você morreu. Ela também desaparecerá se você morrer novamente e deixe mais objetos, embora seus objetos possam estar disponíveis por um tempo a mais se sua lápide foi consertada ou abençoada recentemente. Caso perca a conexão ou efetue o logout, sua lápide continurá em contagem regressiva.

 

Para fazer com que seja mais fácil pegar seus objetos quando retornar, você (e somente você!) pode clicar com o botão direito na lápide e escolher "demolir". Isso não fará com que seus objetos sumam imediatamente e você ainda deve poder pegá-los antes que desapareçam.

 

Melhorando sua lápide

 

Para mudar sua lápide, você deve antes completar O fantasma inquieto. Se você já fez isso, pode falar com o padre Aereck na igreja de Lumbridge e oferecer uma pequena doação a uma de suas obras de caridade para ter acesso às opções abaixo. As lápides mais caras protegerão seus objetos por mais tempo antes de desaparecerem, como você pode ver na coluna de "duração".

Note que o tipo de lápide não aumenta o tempo que consertar ou abençoar a mantém no lugar.

Você mantém seu estilo de lápide até que compre uma nova.

 

stone_wood-16101723.gif

Estilo:Placa memorial;Custo:Nenhum;Duração:5 minutos

 

stone_flag-16102404.gif

Estilo:Bandeira;Custo:50 moedas;Duração:6 minutos

 

stone_basic-16102324.gif

Estilo:Lápide pequena;Custo:500 moedas;Duração:6 minutos

 

stone_ornate-16102011.gif

Estilo:Ornate Gravestone;Custo:5.000 moedas;Duração:8 minutos

 

blasidar_location.jpg

Localização de Blasidar o escultor

 

Membros que também completaram O anão gigante podem falar com o escultor Blasidar, em Keldagrim, para ter acesso a um conjunto maior de lápides e a uma placa memorial básica. A casa de Blasidar se encontra a leste do palácio do consórcio.

 

stone_wood-16101723.gif

Estilo:Placa memorial;Custo:Nenhum;Duração:5 minutos

 

stone_urn-16101837.gif

Estilo:Fonte da Vida;Custo:50.000 moedas;Duração:10 minutos

 

stone_stele-16100011.gif

Estilo:Estela;Custo:50.000 moedas;Duração:10 minutos

 

stone_saradomin-16095836.gif

Estilo:Símbolo de Saradomin;Custo:50.000 moedas;Duração:10 minutos

 

stone_zamorak-16103452.gif

Estilo:Símbolo de Zamorak;Custo:50.000 moedas;Duração:10 minutos

 

stone_guthix-16102130.gif

Estilo:Símbolo de Guthix;Custo:50.000 moedas;Duração:10 minutos

 

stone_bandos-16103003.gif

Estilo:Símbolo de Bandos;Custo:50.000 moedas + Missão A terra dos duendes;Duração:10 minutos

 

stone_armadyl-16103013.gif

Estilo:Símbolo de Armadyl;Custo:50.000 moedas + Missão O Templo de Ikov;Duração:10 minutos

 

stone_ancient-16103422.gif

Estilo:Símbolo ancestral;Custo:50.000 moedas + Missão Tesouro do deserto;Duração:10 minutos

 

stone_angel-16103415.gif

Estilo:O anjo da morte;Custo:500.000 moedas;Duração:12 minutos

 

royal_dwarven-16103437.gif

Estilo:Lápide real dos anões;Custo:500.000 moedas + Missão Rei dos Anões;Duração:15 minutos

 

 

Minha lápide funcionará em um mundo gratuito?

 

Sim! Sua lápide manterá a aparência mesmo quando você estiver jogando em um mundo gratuito. Como muitas pessoas lá não terão acesso ao mesmo conjunto de estilos, você poderá encontrar sua lápide ainda mais facilmente em uma área coberta com os corpos dos mortos.

 

Tarefas

 

As Tarefas são um programa bem simples onde você pode conseguir tanto dinheiro como itens exclusivos em diferentes níveis.

Atualmente, existem as tarefas de:

  • Ardonha
  • Karamja
  • Lumbridge e Draynor
  • Faladore
  • Freminnik
  • Aldeia dos Videntes
  • Varrock
  • Diversas

Cada uma delas tem uma recompensa nova, e diferente que aumenta conforme você vai cumprindo elas. Eis as dificuldades:

Iniciante (Somente Lumbridge e Draynor)

  • Fácil
  • Médio
  • Difícil
  • Elite (Lumbridge e Draynor não têm essa dificuldade)

Cumprindo as tarefas de determinado nível, você pode falar com um mestre de tarefas de sua determinada área, como em Lumbridge e Draynor temos:

  • O Explorador Jack
  • Ned - O fazedor de Cordas
  • Bob - Vendedor de Machados

Existem outros, estes que você pode conferir abrindo uma determinada tarefa de um determinado lugar e selecionar a área "recompensas" e olhar com quem você deverá ir ter, depois de ter cumprido as tarefas.

 

Recompensas

 

Atuamente, temos em RuneScape como recompensas apenas:

 

Cidade/Área||Recompensa||Níveis

  • Lumbridge e Draynor||Anel do Explorador||Iniciante, Fácil, Médio, Difícil
  • Varrock ||Armadura de Varrock||Fácil, Médio, Difícil, Elite
  • Faladore ||Escudo de faladore||Fácil, Médio, Difícil, Elite
  • Aldeia dos Videntes||Tiara dos Videntes ||Fácil, Médio, Difícil, Elite
  • Karamja||Luvas de Karamja||Fácil, Médio, Difícil, Elite
  • Freminnik||Botas de Freminnik||Fácil, Médio, Difícil, Elite
  • Ardonha||Manto de Ardonha||Fácil, Médio, Difícil, Elite
  • Diversas||Variados||N/D

Alem disso, você recebe uma lâmpada de experiência, que dá uma certa quantidade de experiência de acordo com a dificuldade.

 

Mestre de Tarefas

 

Ao completar todas as tarefas (menos as Diversas que não são marcadas como completadas) você recebe uma ação, simbolizada com um Boneco com uma Capa Voando.

 

Controles - Princípios Básicos

 

Movimento

 

Para atravessar RuneScape, você pode usar o seu mouse. Para mouse com um único botão, mova-o para onde deseja ir e clique o botão. Para mouse com dois ou mais botões, mova-o para onde deseja ir e clique com o botão esquerdo.

 

Se isso for feito corretamente, seu personagem começará a se mover e um pequeno "X" amarelo irá piscar brevemente no ponto onde seu personagem irá parar.

Você pode correr até um ponto segurando a tecla "CTRL" de seu teclado antes de clicar no local para onde deseja ir.

 

how_to_move.gif

 

Se deseja se mover rapidamente, você pode configurar seu personagem para correr enquanto ele tiver energia. Esta função pode ser ativada através da aba opções ou clicando no globo de energia de corrida próximo ao minimapa. Leia a seção de Opções para mais informações.

 

Cada tarefa no RuneScape pode ser efetuada usando o mouse. Para realizar a ação padrão associada com um objeto, mova o ponteiro do mouse sobre o objeto e clique o botão de "ação". Use o botão esquerdo em mouse com dois botões ou mais e selecione a primeira opção do menu.

 

Frequentemente, ao passar o mouse sobre algo no jogo, seu cursor muda. Por exemplo, seu cursor mudará para uma mão, caso seja algo que possa usar ou mudará para uma seta entrando em uma bolsa, caso possa pegar alguma coisa. Estas são as ações que pode realizar ao clicar com o botão esquerdo.

 

Janela típica do jogo

A ação padrão a ser realizada é exibida no canto superior esquerdo da tela do jogo (veja imagem à baixo).

 

game_window.jpg

Janela típica do jogo

 

Quando você pede que uma ação seja realizada, uma cruz vermelha aparece por alguns instantes. Ela indica que o pedido foi recebido. Pode ser que você tenha que esperar alguns instantes até que o seu personagem realize a ação desejada. Na imagem à direita, o jogador pede a seu personagem que pegue as moedas que estão no chão.

Objetos no RuneScape têm várias ações associadas a eles. Para ver e selecionar uma alternativa para a ação padrão do objeto, o jogador usando um mouse de múltiplos botões deve clicar com o botão direito enquanto o ponteiro do mouse estiver sobre o objeto. Um menu de outras ações que podem ser realizadas no objeto ou com o objeto será exibido. Usuários de mouses com um único botão sempre vêem esse menu.

 

A janela do jogo

 

whole_game_window1e-18144213.jpg

 

Cada seção da tela do jogo é explicada brevemente na tabela abaixo e mais explicações detalhadas são dadas posteriormente em seções relevantes do manual.

 

Nome||Função

 

  • Minimapa, bússola e mapa-múndi||Um minimapa com uma bússola para ajudar você a navegar por RuneScape. O globo do mapa-múndi abrirá um mapa da superfície de RuneScape na janela do jogo. Ao clicar na bússola, você estará redefinindo a câmera para a direção norte.
  • Globos de status||Exibem suas estatísticas esgotáveis (pontos vitais, pontos de Oração, energia de corrida e pontos de evocação - a Evocação só será visível se você estiver em um mundo para membros e tiver completado Uivo do lobo).
  • Log out||O ícone "X" no canto superior direito de sua tela de jogo pode ser usado para desconectar-se do jogo.
  • Botão do conselheiro||O ícone "?" no canto superior direito da janela do jogo pode ser usado para acessar o sistema de aconselhamento.
  • Janela do jogo||A tela principal que exibe sua visão de RuneScape.
  • Tela de bate-papo||Seção na parte inferior direita da janela do jogo. Permite que o jogador mude e acesse outros aspectos do jogo.
  • Painel de controle||Seção para o canto inferior direito da janela do jogo. Isso permite que o jogador mudar e acesso a outros aspectos do jogo.

 

À medida que você se aproxima de certas áreas no RuneScape, um ícone será exibido no canto inferior direito da janela do jogo para indicar que tipo de área ela é. O ícone permanecerá lá até que você deixe a área.

Abaixo está uma tabela de todos os indicadores do RuneScape e seus significados.

 

Local indicado||Imagem||Função

 

  • Arena de Duelos||duel_arena_icon.gif ||Avisa ao jogador quando ele entrar em uma área de duelos.
  • Zona multicombate||multicombat_symbol.gif ||Avisa ao jogador quando ele estiver em uma área onde pode combater mais de um oponente.
  • Fossos de ratos||ratpits_icon.gif ||Este ícone é exibido quando o jogador estiver nos fossos de ratos.
  • Terra Selvagem|| wilderness1.gif ||Este ícone é exibido quando o jogador estiver na Terra Selvagem.

 

Minimapa e globos de status

 

minimap1c-18144338.gif

O minimapa e globos de status

 

O minimapa, mostrado na figura à baixo, está no canto superior direito da janela do jogo.

 

minimap1c-18144338.gif

 

Você pode se mover por RuneScape clicando na janela do minimapa, o que é bom para se mover além do que é possível na visão da tela do jogo.

 

À direita do minimapa estão vários globos de status que lhe dão acesso fácil a informações importantes sobre seus pontos vitais, pontos de Oração, energia de corrida e pontos de evocação (se tiver completado Uivo do lobo). Os números que eles exibem mudarão de cor à medida que diminuem (por sofrer danos, usar pontos de evocação, etc) e o ícone de pontos vitais começará a piscar quando chegar a um valor perigosamente baixo.

 

O globo de pontos vitais muda de cor para indicar quando você está envenenado ou doente (mudando para verde ou amarelo, respectivamente). Se você tiver uma poção que pode curá-lo, basta clicar na esfera para beber uma dose da poção. Isto automaticamente vai usar a dose do frasco menos cheio que tiver.

 

Você também pode clicar no globo de energia de corrida para ligar a corrida ou no globo de Orações para ligar ou desligar as suas Orações rápidas. Além disso, você pode clicar com o botão direito e selecionar "Descansar" para aumentar a velocidade que sua energia de corrida e Pontos vitais recarregam. Isso aumenta significativamente se você descansar perto de um dos músicos espalhados por RuneScape.

 

A opção de clicar na esfera de Evocação com o botão esquerdo do mouse pode ser personalizada de acordo com suas preferências. Clique com o botão direito na esfera e escolha "Opção do botão esquerdo" e depois escolha um dos seguintes: informações do seguidor, ataque especial, ataque, chamar seguidor, dispensar seguidor, pegar carga (animal de carga), renovar familiar. Confirme sua escolha e a partir deste momento, toda vez que clicar nesta esfera, esta ação será efetuada. À medida que suas preferências mudam, simplesmente escolha uma outra opção. Você também pode abrir a interface de Evocação a partir desta esfera, clicando o botão direito do mouse.

 

Quando você girar a câmera, a bússola e o minimapa girarão de acordo com a direção para a qual você estiver olhando. Ela pode ser diferente da direção para onde o seu personagem está olhando ou se movendo.

 

Por exemplo, você pode fazer a câmera virar para o norte para ver o que há naquela direção enquanto seu personagem move-se para o leste.

 

O minimapa exibe o ambiente de seus arredores imediatos, o que inclui construções, ruas, personagens não-jogadores, ícones de informações, etc.

 

Ícones de informação são explicados na seção de Visão do mapa-múndi do manual.

Abaixo está uma tabela de todos os pontos coloridos do minimapa e seus significados.

 

Nome do ícone||Significado

 

  • Bandeira vermelha||Destino do último comando de movimento.
  • Ponto vermelho||Objetos que você pode pegar.
  • Ponto branco||Outros jogadores humanos.
  • Ponto verde||Jogadores em sua lista de amigos.
  • Ponto amarelo||Monstros e personagens não jogadores.
  • Ponto azul||Outros jogadores usando a mesma capa de equipe que você.
  • Ponto roxo||Outros jogadores no seu canal de Bate-Papo Entre Amigos.
  • Ponto laranja||Outros jogadores no canal de Bate-papo do seu clã.

 

Cenários, tais como árvores, cercas e pedras, têm gráficos específicos para tornar sua movimentação mais fácil.

 

Ícones são mostrados no mapa para marcar certas funções úteis, incluindo pontos de início de missões, bancos e entradas de masmorras.

 

Painel de controle

 

O painel de controle é o lugar onde jogadores interagem com sua mochila e outros aspectos do jogo. Cada ícone no painel de controle está relacionado a uma área do jogo que você pode configurar ou com a qual pode interagir.

 

Nome do ícone-Tecla de atalho-Explicação

 

  • Combate-F5-Permite que você controle sua estratégia de combate.
     
  • Estatísticas-N/D-Exibe as habilidades e seu nível atual em cada uma delas.
     
  • Diário de missões-N/D-Exibe uma lista de missões que você não começou, que começou mas não completou e que completou.
     
  • Tarefas-N/D-Exibe as tarefas que ainda precisam ser completadas na área onde está. Você também pode ter acesso à lista de tarefas aqui para ver todas as tarefas que já foram e as que ainda precisam ser completadas.
     
  • Mochila-F1-Dá acesso aos objetos da sua mochila.
     
  • Equipamento-F2-Dá acesso aos seus objetos equipados.
     
  • Orações-F3-Dá acesso as suas Orações.
     
  • Feitiços-F4-Mostra os feitiços que você pode lançar e informações básicas sobre eles.
     
  • Lista de Amigos-N/D-Permite que você organize sua lista de amigos e se comunique em particular com eles.
     
  • Lista de ignorados-N/D-Permite que você organize sua lista de ignorados.
     
  • Bate-papo do clã-N/D-Permite que você organize o canal de bate-papo do seu clã para discussões em grupo.
     
  • Opções do jogo-N/D-Dá acesso a várias configurações do jogo.
     
  • Ações-N/D-Permite que você expresse emoções ou ideias através de certos comportamentos de seu personagem (ex.: abanando, dançando, etc.).
     
  • Tocador de música-N/D-Dá acesso ao tocador de músicas e músicas disponíveis para escutar.
     
  • Anotações-N/D-Um espaço para você escrever anotações e lembretes facilmente acessado.

 

Controles - Movimento

 

Para atravessar RuneScape, você pode usar o seu mouse. Para mouse com um único botão, mova-o para onde deseja ir e clique o botão. Para mouse com dois ou mais botões, mova-o para onde deseja ir e clique com o botão esquerdo.

 

movement.jpg

O "X" indica o destino de seu personagem

 

Se feito corretamente, seu personagem começará a se mover e um pequeno "X" amarelo irá piscar rapidamente no ponto onde seu personagem irá parar.

 

Você pode fazer seu personagem correr até um ponto segurando a tecla "CTRL" de seu teclado antes de clicar no local para onde quer que ele se mova.

 

Se deseja se mover rapidamente, você pode configurar seu personagem para correr, contanto que haja alguma energia de corrida. Esta função pode ser ativada clicando no globo de energia de corrida próximo a seu minimapa.

 

Você pode recarregar sua energia de corrida ao clicar com o botão direito no botão de corrida ou no globo de status e selecionar "Descansar". Se você fizer isso perto de um trovador ou bardo, sua energia de corrida irá recarregar mais rápido.

 

Você também pode se mover clicando na visão de bússola no canto superior direito da tela do jogo. Quando clicar em um local na visão de bússola para onde o movimento é permitido, uma bandeira vermelha vai aparecer indicando onde seu personagem irá parar.

 

Área inicial

 

starting_area.jpg

Muralha da área inicial

 

Uma vasta muralha demarca a fronteira de Misthalin, rodeando Lumbridge, Varrock e a Vila Draynor - a área considerada como "área inicial". Existem guardas protegendo várias aberturas da muralha e avisando a todas as pessoas que tenham nível total menor que 60 que elas estão prestes a entrar em áreas mais perigosas. Aventureiros com nível maior não correm nenhum risco ao entrar.

 

Um aviso parecido será dado a qualquer jogador de nível inferior que entra em uma masmorra que leva para fora da área inicial.

 

Áreas perigosas

 

warning1.jpg

O sistema de advertências

 

Ao caminhar por RuneScape, você acabará encontrando algumas áreas perigosas. Elas estarão marcadas pelos avisos que aparecerão quando você tentar entrar nelas, como o aviso à direita. Depois de se familiarizar com os avisos visitando estes locais diversas vezes, você poderá desligá-los visitando o Profeta do Apocalipse em Lumbridge.

 

Controles - Mochila

 

Sua mochila está dividida em dois lugares, para tornar o trabalho de organizá-la mais simples.

São eles:

  • Mochila
  • Equipamento

A seção da mochila tem 28 lugares disponíveis para objetos; a seção de equipamento tem 11 espaços separados para roupas e armas e outros adornos.

 

Tudo isto junto lhe dá um total de 39 espaços para usar.

 

Mochila

 

Quando você pegar um objeto ou comprá-lo, ele será adicionado a sua mochila.

 

Na janela do jogo, seus objetos estão representados pelo ícone da mochila. Clique nele com o botão esquerdo para acessar seus objetos.

 

inventory1d.jpg

Interface da mochila

 

A seção da mochila de seus objetos exibe todos os objetos que você está carregando no momento.

 

Cada objeto grande irá tomar um espaço da mochila. Objetos pequenos como dinheiro podem ser guardados todos em só um espaço e, neste caso, o número no canto superior esquerdo do espaço indica quantos desses objetos estão atualmente agrupados.

 

Você pode organizar os objetos na mochila clicando e segurando o botão de "ação" sobre o objeto e arrastando-o até o espaço de sua mochila para o qual deseja movê-lo. O botão de ação é o botão esquerdo do mouse para mouses com múltiplos botões e o único botão de um mouse com somente um botão.

 

Quando você desejar interagir com os objetos em sua mochila, mova o ponteiro do mouse sobre o objeto e clique com o botão esquerdo do mouse de botões múltiplos ou com o único botão do mouse de um botão para fazer a ação padrão associada ao objeto. Na maioria das vezes, a ação padrão será o comando "Usar".

 

Depois de fazer isso, você precisa clicar no objeto alvo na sua mochila ou na tela do jogo.

 

Interface da mochila com opções de botão direito.Para ver outras ações que podem ser executadas com um objeto, mova o ponteiro do mouse sobre ele e clique com o botão direito do mouse. Isto exibirá um menu com todas as ações que você pode realizar com este objeto. A ação padrão é a primeira do menu.

 

Uma vez que o menu tenha sido exibido, você pode selecionar outros comandos como "Largar", "Examinar", etc.

 

Se você optar por largar um objeto, ele ficará nos seus pés. Caso o objeto seja negociável, ele ficará visível para outros jogadores depois de um minuto no chão.

 

Interface de Bônus de Equipamento

 

price_checker1.jpg

Interface de Bônus de Equipamento

 

O botão "Mostrar estatísticas do equipamento" na parte inferior esquerda do menu de equipamentos usados exibirá uma tela mostrando o que você está usando e todos os bônus e modificadores de suas estatísticas de combate. Na seção de "Bônus de Ataque", você vê quais bônus são adicionados a cada estilo de ataque. A seção "Bônus de Defesa" demonstra o quão eficiente seu equipamento (armadura, arma) é em relação ao estilo de ataque escolhido. A seção "Outros bônus" exibe outros bônus relevantes que seu equipamento pode lhe oferecer, como, por exemplo, bônus de Oração.

 

Você perceberá que combinações diferentes de equipamentos lhe darão bônus diferentes (mais altos ou mais baixos), dependendo da potência do objeto. Por exemplo, você pode ver que sua armadura de placa de metal oferece boa proteção contra ataques de perfuração e de corte, mas será menos útil contra ataques de esmagamento e impedirá que lance feitiços se tentar lutar contra Magia.

 

Enquanto a tela de "Bônus de Equipamento" estiver aberta, você também poderá clicar com o botão direito do mouse nos objetos que estão em sua mochila e visualizar as estatísticas de cada um ou poderá comparar um objeto com o outro.

 

Interface de objetos mantidos na morte

 

items_kept_on_death1c.jpg

Interface de objetos mantidos na morte

 

O botão de "Mostrar objetos mantidos na morte" na parte inferior direita do menu exibirá uma interface mostrando quantos objetos você manterá com você quando morrer nas atuais circunstâncias, assim como quais estarão protegidos.

 

Esta interface está dividida em duas seções. À esquerda você verá quantos objetos manterá quando morrer assim como a razão para isso. Se, por exemplo, você "estiver com a caveira" (neste caso, normalmente não irá ficar com objeto algum), isto será mencionado lá.

 

Você verá imagens de todos os objetos que está usando, empunhando ou carregando na sua mochila, do lado esquerdo. Os que se encontram acima da linha serão perdidos na morte a não ser que você escolha alguns como os três objetos que podem ser mantidos na morte (seguindo o padrão, os três objetos mantidos são contornados com uma moldura laranja e são os mais valiosos de acordo com a tabela de preços do Mercado Geral). Abaixo da linha, estão os objetos que são mantidos automaticamente após a morte.

 

Do lado direito, na tela de Objetos mantidos na morte, você também terá informações sobre o valor dos objetos que está carregando, o valor que está "arriscando", o tempo de duração de sua lápide, entre outros.

 

Controles - A câmera

 

A câmera determina o ângulo do qual você verá o jogo. Você pode ajustá-la usando as setas direcionais de seu teclado.

 

A seta esquerda gira a câmera no sentido horário, enquanto a seta direita gira a câmera no sentido anti-horário.

 

camera_left.gifcamera_right.gif

 

Você terá que ajustar a câmera para conseguir um bom ângulo de visão de seus arredores e todos os possíveis objetos com os quais você pode interagir. Usar a câmera adequadamente garantirá que aspectos importantes não passem despercebidos. Nas imagens acima, o jogador usou o seta esquerda ou direita para girar a câmera e enxergar a fonte e áreas atrás, na frente e embaixo de seu personagem.

 

Para ajustar a altura de visão da câmera, pressione a seta para cima para inclinar a câmera para baixo ou a seta para baixo para inclinar a câmera para cima.

 

camera_low.gifcamera_high.gif

 

A imagem à direita mostra como inclinar a câmera para cima permite uma área de visualização muito mais abrangente.

Quase todos os objetos têm algum tipo de ação associada a eles. Por isso, certifique-se de que está examinando de forma bastante completa seus arredores.

 

Controles - Visão do mapa-múndi

 

 

Você pode acessar o mapa-múndi enquanto joga RuneScape clicando no "globo" ao lado do seu minimapa. Por motivos óbvios, você não poderá ver o mapa-múndi enquanto estiver em combate.

 

world_map1c.jpg

A interface do mapa-múndi

 

O mapa-múndi mostra um grande mapa com todo o mundo de RuneScape. No mapa, você verá as cidades e ícones de informação para lugares específicos, construções e pontos de partida das missões.

 

Quando o mapa-múndi tiver carregado, você pode ver qualquer área do mundo clicando e segurando o botão esquerdo do mouse e, em seguida, arrastando o mouse. Solte o botão do mouse para parar de mover o mapa quando a área desejada estiver visível.

 

Você também pode usar as setas do teclado para mover seu campo de visão.

 

Existem várias opções na parte inferior do mapa-múndi.

 

Legenda

 

Este símbolo está no canto esquerdo da tela. Clique nele para ver uma lista com ícones de locais específicos no jogo. Clique em qualquer um dos itens da lista da legenda para fazer com que círculos amarelos pisquem no mapa-múndi indicando onde a construção ou local pode ser encontrado. Há também a opção de ativar ou desativar certos recursos do mapa.

 

Pesquisar

 

Digitar o nome do local nesta caixa permite que você automaticamente centralize o mapa no local solicitado. Você vai observar que vários locais têm nomes parecidos. Sendo assim, continue digitando o nome até que apareça o local que você está procurando.

 

Mapas

 

O mapa vai carregar automaticamente com a visualização de sua posição atual mesmo que você esteja em uma masmorra (com poucas exceções). Para alterar o mapa que você quer visualizar, escolha um da lista disponível aqui. Uma outra alternativa é escolher qualquer ícone com uma seta. Ao clicá-lo, o mapa para onde aquele lugar leva se abrirá, assim:

 

Visão geral

 

Clique nele para ver um minimapa mostrando todo o mundo RuneScape. Você pode rapidamente mover sua visualização do mapa-múndi clicando em um ponto da visão geral ou clicando e movendo o quadrado vermelho.

 

O quadrado vermelho na visão geral representa a área atual que você está vendo no mapa-múndi maior.

 

Use esta visão geral quando estiver procurando por locais usando a lista da legenda. Quando você clicar em um item da legenda, círculos amarelos piscarão no mapa-múndi. Mas se o local não estiver na área que está examinando no momento, você não verá os círculos amarelos. Usar a visão geral permite que você veja os círculos amarelos mesmo quando eles não estiverem na área que está visualizando no momento.

 

Zoom

 

Há cinco botões de zoom - 37%, 50%, 75%, 100% e 200%. Clique em qualquer um destes para ampliar o mapa-múndi. Será necessário fazer isso quando você quiser uma visão mais ampla ou detalhada. Você também pode usar o botão de rolagem do mouse para aumentar ou diminuir o zoom.

 

Ícones do minimapa

 

É importante que, sempre que você entrar em uma nova cidade ou aldeia, esteja ciente do que está disponível para você lá. Olhar no minimapa é uma boa ideia para familiarizar-se com as construções daquela cidade, então é importante que você saiba o significado de cada um dos ícones do minimapa:

 

  • Mestre de tarefas - achievement_diary.gif
  • Atalho de agilidade - agility_shortcut.gif
  • Treinamento de Agilidade - agility_training.gif
  • Altar - altar.gif
  • Loja de amuletos - amulet_shop.gif
  • Bigorna - anvil.gif
  • Farmacêutico - apothecary.gif
  • Loja do arqueiro - archery_shop.gif
  • Banco - bank.gif
  • Fábrica de bebidas - brewery.gif
  • Loja de velas - candle_shop.gif
  • Loja de cotas de malha - chainmail_shop.gif
  • Loja de roupas - clothes_shop.gif
  • Treinamento em combate - combat_training.gif
  • Fogão - cooking_range.gif
  • Loja de Culinária - cookery_shop.gif
  • Loja de Artesanato - crafting_shop.gif
  • Batedeira de laticínios - churn.gif
  • Distrações/Diversões - diversion.gif
  • Calabouço/Masmorra - dungeon.gif
  • Corretor - estate_agent.gif
  • Canteiro - farming_patch.gif
  • Moinho de vento - windmill.gif

 

São alguns dos símbolos que temos no mapa-múndi

 

Controles - Estatísticas

 

statistics_interface1e.jpg

A interface de estatísticas

 

Para acessar as estatísticas atuais de seu personagem, clique no ícone de estatísticas.

Ícones para cada uma das habilidades serão exibidos.

O seu nível total de habilidade é exibido abaixo dos seus níveis de de habilidade individuais ( seus Pontos de Missão são exibidos abaixo da guia de missão e seu nível de combate é exibido abaixo da guia de combate).

Na tabela abaixo você verá os ícones de todas as habilidades, juntamente com o nome e o guia de cada uma.

 

 

Experiência

 

 

Para determinar seu nível atual de pontos de experiência em uma habilidade específica e quantos pontos de experiência marcam o início do próximo nível, mova o ponteiro de seu mouse sobre o ícone da habilidade. Uma pequena janela aparecerá, mostrando o estado atual da habilidade. O número de pontos de experiência que você ganhou é exibido na parte superior da janela, enquanto o número de pontos de experiência para o próximo nível é exibido na parte inferior.

 

tool_tip.gif

 

Nesta imagem, o ponteiro do mouse está sobre a habilidade de Criação de Runas. Até o momento, o personagem ganhou 101.333 pontos de experiência em Criação de Runas e chegará ao próximo nível de Criação de Runas quando chegar ou passar de 111.945 pontos de experiência. O texto também explica que o personagem precisa de mais 10.612 pontos de experiência para chegar no nível 51.

 

Guias de habilidade

 

woodcutting_skill_guide1.jpg

O guia de habilidade de Corte de Lenha

 

Se você deseja saber quais as atividades relacionadas a uma habilidade que você pode realizar, clique no ícone da habilidade.

 

A interface mostra as coisas que podem ser feitas com a habilidade assim como o nível necessário para realizá-las. Objetos que são somente para membros terão "Membros:" escrito antes de seus nomes.

 

Clique no texto à direita para ver quais os aspectos da habilidade que você pode ou não realizar. Na imagem acima, clicar em "Machados" vai exibir uma lista de todos os machados e os níveis necessários para usá-los.

 

Alvos de Habilidade

 

Para cada habilidade, você também pode definir uma meta pessoal. Esse alvo pode ser tanto um certo nível de habilidade ou uma quantidade específica de EXP. Quando o alvo for definido, uma barra de progresso será adicionada à janela pop-up daquela habilidade (quando você move seu mouse sobre o ícone da habilidade). Você receberá uma mensagem na janela de bate-papo quando tiver atingido o nível desejado.

 

Para definir um alvo de habilidade, clique com o botão direito do mouse no ícone da habilidade desejada e selecione "Definir Nível Alvo" ou "Definir EXP Alvo". Você pode definir um nível diferente para cada habilidade, se quiser. Para zerar o alvo definido, clique com o botão direito no ícone e selecione "Limpar Alvo".

 

Missões

 

As missões são tarefas que NPCs delegam aos jogadores em troca de recompensas.

 

Você pode receber uma missão onde houver o símbolo no mapa.

As missões estão divididas em missões para membros e missões para não-pagantes. Abaixo há uma lista completa das missões:

 

Caso necessário para maior intendimento das guias, acesse.

 

Missões para Não-Pagantes

 

  • A diplomacia dos duendes
  • O Assistente do Mestre-Cuca
  • Base Instável
  • Caça aos Diabinhos
  • O Escudo de Arrav
  • A Espada do Cavaleiro
  • O Exterminador de Demônios
  • O Exterminador de Dragões
  • O fantasma inquieto
  • Fortaleza dos Cavaleiros Negros
  • A Missão de Doric
  • Mistério das Runas
  • Mitos das Terras Brancas
  • O Exterminador de Vampiros
  • O Tesouro do Pirata
  • Pacto de Sangue
  • Que Peninha do Ernesto
  • O Resgate do Príncipe Ali
  • Território de Gunnar
  • A vassoura encantada

 

Missões para jogadores pagantes

 

  • A Gata da Gertrudes
  • A mão do deserto
  • A Ocasião Faz o Ladrão
  • A tribo perdida
  • A Última Nota
  • Água Mole em Pedra Dura...
  • O Ajudante de Icthlarin
  • Aldeia dos Gnomos Arborícolas
  • Ameaça que Vem do Mar
  • O amigo do monge
  • As aparências enganam
  • Aprendiz de pirata
  • Arapuca para turistas
  • Arena de Combate
  • Assalto ao Cérebro Pensador
  • O assassinato misterioso
  • Bioameaça
  • Caça ao Brasão Perdido
  • Caça aos escorpiões
  • Caça aos ratos
  • Caçada ao Raktuber vermelho
  • Calmaria Antes do Caos
  • O canhão dos anões
  • O Canto do Cisne
  • A casa da bruxa
  • Cheio de Gás
  • Cidade da praga
  • A Cidade Perdida
  • A Comandante escolhida
  • Concurso de pesca
  • Conhecendo a história
  • A construção da catapulta
  • Conto de fadas I
  • Conto de fadas II
  • Conto de Fadas III
  • O cristal de Merlin
  • Culto de Hazeel
  • Dançando no Vácuo
  • De volta às raízes
  • O defensor de Varrock
  • Os Desafios de Fremennik
  • Descendo até a aventura
  • Diplomacia Lunar
  • Elfos nômades
  • Em busca da erva perdida
  • Em Busca da Múmia Perdida
  • Em busca de Myreque
  • O enigma do bichano
  • Enigma do Luto - Parte I
  • Enigma do Luto - Parte II
  • Enquanto Guthix Dorme
  • Enrascada real
  • Era uma vez...
  • O espírito da natureza
  • Os Espíritos do Rio Elid
  • Fazendo história
  • A Filha da Montanha
  • O Fim da Fera
  • O forte dos trolls
  • O golem
  • A grande árvore
  • A grande aventura do troll
  • Guerra Fria
  • História de Amor
  • Ilhas Fremennik
  • Jardim da tranquilidade
  • Jornada do autoconhecimento
  • As lágrimas de Guthix
  • O lamento do escultor
  • Legado do Vidente
  • A lenda de Muspah
  • Luz interior
  • Magnetismo Animal
  • Maldição de Arrav
  • Maria e a fera
  • Mecânica das runas
  • Memórias do passado glorioso
  • O mentor do Mundo dos Sonhos
  • A Mina Mal-Assombrada
  • A missão das cataratas
  • Missão das Lendas
  • A missão de Olaf
  • A missão do herói
  • A missão do monge
  • A missão do observatório
  • A missão do pastor
  • Missão em Shilo
  • O Mistério de Scabaras
  • Mistério no cais
  • O monstro de Fenkenstrain
  • Morte aos dorgeshuun
  • Não Faça Mal
  • O Anão Gigante
  • O Velho e o Couro
  • Oficina Elemental I
  • Oficina Elemental II
  • Oficina Elemental III
  • Oficina Elemental IV
  • O Ogro Vai à Caça
  • Ogros Mortos-Vivos
  • Os Olhos de Glouphrie
  • Onde há Fumaça
  • Padre em Perigo
  • Para Início de Conversa
  • Para Refrescar
  • A passagem subterrânea
  • O pássaro de fogo
  • Perdão do Anão do Caos
  • Os Perigos do Pico Glacial
  • O pico das águias
  • Piratas para Todo Lado
  • O planalto da morte
  • A poção da selva
  • Porto fantasma
  • Presa Mortal
  • O Prisioneiro de Glouphrie
  • Procurado!
  • Procuram-se Cavaleiros
  • Quanto Osso Duro de Roer!
  • Ramos de Darkmeyer
  • A receita do desastre
  • Regicídio
  • Rei dos Anões
  • Requiém de Nômade
  • O resgate do rei
  • Ressurgindo das Profundezas
  • Restabelecendo Contato
  • Ritual do Mahjarrat
  • Ritual Druida
  • A rixa
  • Saindo dos Trilhos
  • Sal na Ferida
  • O Santo Graal
  • O Segredo de Kennith
  • Seringa Mecânica
  • Sítio de Escavação
  • Socorro a Myreque
  • À Sombra da Tempestade
  • Sombras de Mort'ton
  • O Templo de Ikov
  • Um Templo em Senntisten
  • A terra dos duendes
  • Terror das Profundezas
  • Tesouro do deserto
  • TokTz-Ket-Dill
  • A torre da vida
  • Torre de Vigia
  • A torre do relógio
  • Totem tribal
  • As Trevas do Vale Sagrado
  • A Trilha de Glouphrie
  • A trinca de Tai Bwo Wannai
  • Trolltalmente apaixonado
  • O trono de Miscelânea
  • Uivo do lobo
  • Um Conto de Fadas Diferente
  • Um Favorzinho
  • Uma bela macacada
  • O Vácuo Contra-Ataca

 

História

 

A primeira era - Criação

 

O mundo do RuneScape foi criado pelos três deuses: Saradomin, Zamorak e Guthix no início da primeira era. Teólogos e sacerdotes dizem que, durante grande parte desta era, os deuses estavam ainda no processo de formação o mundo. Muito desse tempo deve ter sido usado para criar as várias terras, oceanos, plantas e animais. Diz-se que a primeira era durou quatro mil anos.

 

A segunda era - Quando os deuses andaram

 

Estudiosos supõem que esta era durou aproximadamente dois mil anos; imagina-se que, durante este tempo, muitas das das raças mortais inteligentes do RuneScape começaram a formar as primeiras civilizações. Nem todas as raças que prosperaram naquele tempo sobreviveram aos tempos modernos e, assim, sabemos muito poucos sobre elas. Nesta era, os deuses interagiam mais diretamente com os mortais do que o fazem nos tempos atuais. Isso tudo terminou na Terceira Era.

 

A Terceira Era - A guerra dos deuses

 

A Terceira Era durou mais ou menos quatro mil anos e foi conhecida como a Guerra dos deuses. Histórias são contadas sobre grandes e poderosas entidades e agentes dos deuses lutando guerras cataclísmicas durante um tempo em que a sobrevivência da humanidade estava por um fio. O fim da Terceira Era dizem ter sido marcado por um acordo entre os grandes deuses Saradomin, Guthix e Zamorak para não lutarem mais sobre esta terra frágil por medo de destruí-la. Eles concordaram em ter influência no RuneScape somente através de seus adoradores e servos entre as raças inferiores.

 

A quarta era - A era dos mortais

 

A quarta era, também conhecida como era dos mortais, durou aproximadamente dois mil anos. Com o fim da guerra dos deuses, as raças mortais finalmente puderam multiplicar-se e prosperar. No entanto, haviam muitas raças competindo para colocar a sua marca no mundo. Humanos, anões, duendes, ogros, gnomos e muitas outras competiam por terra e recursos. Havia muita luta entre as diferentes raças e, sendo assim, lentos foram os avanços culturais e científicos.

 

Para dificultar as coisas ainda mais, haviam contos sobre estranhos necromantes mortos-vivos que surgiam de tempos em tempos, evocando exércitos de esqueletos mortos-vivos e zumbis que varriam toda a terra destruindo tudo o que encontravam pelo caminho.

 

Durante o início da quarta era, a maioria dos humanos vivia em tribos nômades que lutavam umas contra as outras e contra tribos de outras raças para manterem-se vivas. Com o passar do tempo, os humanos começaram a fazer mais assentamentos permanentes por todo o mundo, mas ainda continuavam a guerrear seus vizinhos.

 

Existem muitas lendas, contos e poemas deste período que contam sobre as façanhas de muitos heróis como Roberto, o Forte, e Arrav de Avarrocka.

 

Nenhuma raça teve a supremacia nestas guerras durante muitos séculos, até que os magos humanos do noroeste do continente encontraram por acaso a ancestral magia das runas!

 

Os magos humanos aprenderam como criar pedras mágicas poderosas conhecidas como pedras rúnicas. Eles começaram a criá-las em larga escala. Como as pedras rúnicas eram feitas era um segredo bem guardado, conhecido somente por poucos magos para que a informação não caísse em mãos inimigas.

 

Estas pedras significavam que muitas pessoas - não apenas magos talentosos - podiam usar magia poderosa. Praticamente qualquer pessoa com um pouco de habilidade mágica podia fazer algo com as runas e, assim, os humanos começaram a dominar todo o mundo. Estes eventos marcam o início da quinta era - a era dos humanos.

 

A quinta era - A era dos humanos

 

Os assentamentos humanos se tornaram grandes cidades. Eles expandiram seus territórios e as tribos humanas se combinaram para formar grandes reinos. Os reinos de Misthalin e Asgarnia cresceram rapidamente para se tornarem os reinos do RuneScape que ainda existem hoje. Os magos que descobriram as runas mágicas estabeleceram uma grande torre de magia no sul de Misthalin.

 

Logo, essas runas foram espalhadas pelas tribos humanas vizinhas e o reino de Kandarin surgiu. Fortalezas humanas menores também foram estabelecidas em lugares como Al-Kharid, Karamja e Entrana.

 

Por algum tempo, as coisas pareciam ir bem para os reinos humanos. Algumas pessoas tentaram se intrometer no seu caminho de expansão, mais notavelmente uma onda de invasores bárbaros que desaprovavam o uso das runas e fizeram grande alvoroço pelo norte de Kandarin e Asgarnia, mas as runas eram poderosas o suficiente e os reinos podiam lidar com tudo que atravessasse seus caminhos.

 

 

Um dos muitos fortes humanos Depois veio o desastre! Naqueles tempos, os magos permitiam seguidores de Zamorak entre os seus, o que provou ser um erro tolo. Em um concílio na Torre dos Magos, a maioria dos magos mais poderosos estava reunida - mas os magos zamorakianos os traíram, iniciando um grande fogo que queimou a torre até o chão. A maioria dos grandes magos foram mortos e sua grande biblioteca que guardava a chave para muito de seus poderes foi destruída.

 

Ainda sobraram muitas runas pelo mundo. O suficiente para que os reinos existentes pudessem se defender adequadamente dos invasores, embora não quisessem mais despender runas para expandir suas fronteiras.

 

Depois da destruição da torre houve uma grande reação contra os seguidores de Zamorak, que eram tolerados anteriormente apesar de não serem bem-vindos. Em algumas áreas, os zamorakianos rapidamente se tornaram marginalizados e tinham que se esconder do resto do mundo, apesar de os cavaleiros negros do reino de Asgarnia terem muito controle político naquelas terras.

 

Deste modo, o mundo ficou em equilíbrio relativo pelos cem anos seguinte - os três grandes reinos mantinham fora todos os invasores. Mais notavelmente entre esses invasores estava um misterioso e poderosos necromante morto-vivo, cujo exército de esqueletos e zumbis iniciou um ataque à cidade de Varrock.

 

Este é o ano 169 da quinta era, mas os magos estão preocupados que as runas mais poderosas que eles usavam para proteger os reinos estão ficando escassas. Os inimigos de Misthalin, Asgarnia e Kandarin estão começando a encontrar pontos de apoio em suas terras novamente, nas quais há cantos escuros por toda a parte. Novos heróis devem surgir para manter a ordem e impedir a queda da civilização sob o poder das forças do mal!

 

As raças do RuneScape

 

Introdução

 

Existiram muitas raças durante os milhares de anos de vida no RuneScape, algumas dizimadas por seus inimigos ou destruídas pelo capricho dos deuses durante a horrível Guerra dos Deuses na Terceira Era. Estes ciclos de guerras e conflitos significam que as raças que cobrem a superfície do mundo, e aquelas que ocupam os túneis sob a superfície, são povos destemidos e adaptáveis que progrediram durante séculos para poder ocupar os seus espaços como nenhuma outra raça pode fazer.

 

Humanos

 

aubury.gif

 

Apesar de lendas antigas falarem de raças perdidas de poder incrível, nenhum estudioso moderno que tiver estudado na biblioteca de Varrock poderia possivelmente considerá-las raças de êxito simplesmente por elas não viverem mais em RuneScape. De igual modo, muitos estudiosos de Ardonha consideram os humanos o apogeu da criação dos deuses pelo simples fato de os humanos agora cobrirem quase todo o mundo conhecido.

 

Esta não é a única razão para o sucesso da raça humana, é lógico. Ao espalhar-se pelo mundo todo, a humanidade se adaptou e mudou para se adequar aos novos ambientes, daí que o povo do deserto de Al-Kharid é capaz de sobreviver às duras horas de sol no deserto e ventos secos que iriam com certeza matar um mortal mais fraco. Nossa tecnologia também, apesar de não ser tão criativa como a dos gnomos ou anões, é rápida de montar e simples de manter, permitindo aos humanos usarem suas ferramentas em qualquer lugar que queiram.

 

ali_morrisane-23115007.gif

 

Misthalin

 

misthalin.jpg

O reino de Misthalin

 

A nação de Misthalin é um dos reinos humanos mais antigos e sua capital, Varrock, tem existido, de uma forma ou de outra, por centenas de anos a mais que muitas outras cidades. Nos últimos anos da quarta era, houveram muitos problemas em Misthalin, especialmente nas regiões escuras de Moritânia, mas a maioria desses problemas hoje não mais existem. A Terra Selvagem também apresenta um problema estranho para Misthalin, uma vez que o território sem lei ao norte está cheio de todos os tipos de criminosos que adorariam levar sua vingança para Varrock e para as pastagens mais adiante. Muitos anos atrás, Varrock foi atacada por um exército de mortos-vivos da Terra Selvagem, que era liderado pelo terrível Necromante, cujo nome agora está no passado.

 

Misthalin é uma nação dividida igualmente em duas. A população fora de Varrock é predominantemente agrícola e fornece uma grande quantidade de comida para a capital e para venda para outras nações pobres. As pessoas da capital, no entanto, são em maioria comerciantes e artesãos, que trabalham com a matéria prima para produzir algo imediatamente mais útil. Esta divisão na sociedade parece estar funcionando de forma eficaz, mas o problema pode ser visto mais claramente nas regiões do sul de Varrock. Este é o local onde os cidadãos rurais que vieram para a capital frequentemente acabam, sem habilidades e ingênuos, vivem das sobras e vestem os trapos das roupas descartadas pelos ricos.

 

Asgarnia

 

asgarnia.jpg

A nação de Asgarnia

 

Asgarnia é uma nação fundada com base nos princípios do cavalheirismo e do dever, por isso não é surpresa que uma das maiores e mais poderosas ordens de cavaleiros faça de Faladore, a capital, sua casa. Os cavaleiros brancos de Faladore, na realidade, se tornaram tão proeminentes e influentes na política de Asgarnia que governam no lugar do rei Vallance. No entanto, os cavaleiros brancos não governam sem objeção, pois o príncipe da coroa, que vive em Burthorpe, favorece a guarda imperial. A rivalidade entre essas duas forças militares é enorme e é, provavelmente, somente o fato de ambas serem dedicadas à família real o que as impede de trocar insultos em uma pública e caótica guerra civil.

 

Os cavaleiros brancos têm um outro inimigo: os cavaleiros negros. Esses guerreiros sombrios adoram destruição e morte e saem das infernais profundezas de suas cavernas e fortificações de seus castelos para atacar os cavaleiros brancos.

 

A maioria da população de Faladore não está a par disso, é claro, e está mais envolvida com seus próprios problemas. Em Porto Sarim, isso envolve qualquer coisa desde comercializar mercadorias contrabandeadas até contar longas histórias dos muitos anos no mar; em Taverley, onde os druidas se reúnem para adorar a Guthix, a maioria dos negócios são feitos com ervas e poções. Os anões, com sua extensa rede de túneis sob Asgarnia, são amplamente aceitos na sociedade de desta cidade, especialmente quando trazem seus minérios e invenções ao mercado

 

Apesar de Asgarnia ser uma nação calma e por seus vizinhos, em geral, não causarem problemas, existe dentro do limite de suas fronteiras um crescente grupo de descontentes e misantropos, praticantes das artes negras e adoradores de Zamorak. É uma verdadeira ameaça para Asgarnia: as paredes de Faladore podem não cair, o que deve ser somente pelo fato do perigo vir de dentro.

 

Kandarin

 

kandarin.jpg

O reino de Kandarin

 

Kandarin é a mais ocidental das nações humanas e de longe a mais complexa. A capital, Ardonha, é dividida ao meio e paredes escuras e grossas marcam isso claramente. Isso é o resultado da decisão do rei anterior de dividir o reino entre os seus dois filhos. Agora, rei Lathas governa a parte oriental próspera da cidade enquanto que o rei Tyras há muito abandonou o seu lado para liderar uma cruzada através da Passagem subterrânea.

 

Além do problema da rixa dos dois reinos de Kandarin, as terras são estranhamente salpicadas com as colônias e assentamentos de outras raças. Ao sul de Ardonha está a Aldeia dos Gnomos Arborícolas, um estranho labirinto desenhado para proteger os gnomos contra invasões. Mais ao sul, passando Yanille, está a cidade dos ogros de Gu'Tanoth e as colinas de Feldip; os ogros não entendem muito bem o conceito de fronteira e podem ser encontrados em suas pequenas tribos pelos campos próximos de Yanille.

 

Apesar das características estranhas que parecem reger a cidade, Kandarin é uma nação rica e tão poderosa quanto Misthalin. A riqueza de Ardonha é sustentada pelas várias indústrias de Yanille, Aldeia dos Videntes e Catherby, e pelos negócios com as outras nações ao redor e dentro da fronteira de Kandarin. Há rumores de que Kandarin tem conexões com as terras misteriosas a oeste das montanhas, onde nenhum humano pisou desde a guerra dos deuses.

 

O deserto de Al-Kharid

 

kharidian_desert1.jpg

O deserto de Al-Kharid

 

O deserto de Al-Kharid é a mais inóspita de todas as terras do RuneScape. Até os mais poderosos guerreiros, magos e arqueiros têm o cuidado de entrar no deserto com a devida preparação. De alguma maneira, contra tudo o que o deserto pode evocar contra eles, até aqui os humanos prosperam. Milhares de anos atrás, mesmo antes da Guerra dos Deuses, estas terras eram governadas pelas antigas divindades menaphitas. Mas agora há poucos indícios delas, salvo por algumas pirâmides e outros monumentos erguidos por elas ou por seus seguidores de anos mais tarde.

 

O deserto de Al-Kharid é na verdade composto por duas nações, que, estão aptas assim como as terras ao norte da passagem de Shantay, e são ambas mais civilizadas e mais agradáveis aos viajantes despreparados. A cidade de Al-Kharid é governada pelo emir, apesar de que ninguém o tenha vista em público desde que seu filho, o príncipe Ali, foi raptado. Agora ele deixa muito do seu dever de governar sua pequena nação para o chanceler Hassan.

 

As terras ao sul da passagem de Shantay estão constantemente mudando e movendo os pântanos de areia, que têm mais em comum com as marés do mar do que com qualquer terra. Milhares já perderam seu caminho (e suas vidas) neste lugar, mas as areias mudam novamente e seus ossos são enterrados por séculos, somente para serem revelados, polidos e reluzentes, aos chacais que os roerão.

 

No entanto, existe uma civilização aqui - e é muito antiga. As cidades gêmeas de Menaphos e Sophanem governam suas terras com o sacerdócio, adorando as mesmas divindades que eles possuem desde tempos remotos. No deserto ocidental, há uma série de lugares menos ordeiros. Os nômades bedabinos obedecem somente as suas regras, assim como os bandoleiros; no entanto, os bedabinos são um povo amigável e hospitaleiro, enquanto que os bandoleiros passam grande parte de suas vidas praticando como cortar gargantas.

 

A província de Fremennik

 

fremennik_province.jpg

 

No extremo noroeste do RuneScape, onde a terra vira gelo e a pedra respira, os Fremenniks fizeram seu lar em longos alojamentos de madeira revestidos com pele. São um povo nobre com um profundo conhecimento do seu lugar no mundo. Eles se adaptaram tanto ao seu meio ambiente quanto o povo do deserto de Al-Kharid e provaram seu poder de fogo na batalha contra os infames bocas-de-adaga da Ilha da Natividade, onde os aspirantes a herói da era moderna vão encontrar sua morte na esperança de encontrar glória.

 

Apesar de sua proeza marcial óbvia, os fremenniks não gostam de magia em nenhuma de suas formas e têm uma longa história de lutas contra seus primos de outrora da Ilha lunar.

 

Os fremenniks governam suas terras e suas águas mais completamente do que qualquer outra raça humana, pois nenhum assentamento importante de nenhuma outra raça civilizada pode ser encontrado dentro de suas fronteiras.

 

Miscelânea e Etceteria

 

miscellania.jpg

Miscelânea e Etceteria

 

Muitos anos atrás, marinheiros fremenniks descobriram estas ilhas gêmeas e ficaram espantados com a qualidade de vida que podiam vislumbrar ali. Desde então, as duas ilhas têm sido construídas e povoadas e agora uma situação política complexa governa suas vidas. O rei Vargas de Miscelânea e a rainha Sigrid de Etceteria, apesar de serem monarcas solitários, desenvolveram uma inimizade particular. Por esta razão, as duas ilhas estão constantemente à beira de uma guerra aberta. Somente o fato de nenhuma das ilhas terem algo que se pareça com um exército é o que as manteve longe de uma batalha até agora.

 

Karamja

 

É difícil dizer que Karamja é uma terra humana, pois a selva revida a cada momento e oportunidade. Ela envia legiões de criaturas fortes e venenosas para matar os humanos. E os arbustos da selva densa lutam suas próprias guerras silenciosas contra os edifícios e paredes que os humanos se esforçam para construir e manter. Até o povo nativo que vive na vila de Tai Bwo Wannai, que alinhou sua vida com a natureza tanto quanto possível, é forçado a entrar neste combate. A ilha, ao que parece, não deseja ser possuída por nada nem ninguém.

 

Há evidências de uma história sombria em Karamja. Os nativos falam de vítimas broodoo, cujo sono de morte é tão agitado quanto se pode esperar em Moritânia. Existem cavernas e túmulos nas profundezas da terra e feras poderosas que aparecem de vez em quando para aterrorizar a população humana. Talvez Karamja seja uma ilha transbordando riquezas intocadas, mas é um caminho difícil para qualquer um que deseje desvendá-la.

 

Karamja também acolhe uma das raças mais estranhas do RuneScape, pois embaixo do vulcão está esculpida a cidade de TzHaar, onde pedra e fogo encontram uma vida bizarra.

 

Entrana

 

Entrana é bem diferente de qualquer outra terra humana: armas não são permitidas. Sendo a casa de uma ordem de monges devotos, é uma terra fértil e pacífica com poucos temores. A ilha não tem riquezas suficientes para esperar invasões, nem é agressiva de maneira alguma. Por isso, não possui nenhum adversário que não declare toda a humanidade como um inimigo.

 

Anões

 

hundred_dwarf1.gif

 

Anões são, obviamente, uma raça pequena que tem um pavio curto para combinar. Eles também foram dotados com uma engenhosidade notável que supera as outras raças. Seu interesse principal está na engenharia, que para eles parece uma forma totalmente sensata de se fazer as coisas que raças mais fracas ou mais tolas usariam magia para o mesmo fim. Esta falta de confiança na magia é uma convicção de muito tempo para os anões, que, com a exceção de lançar o feitiço de Hiperfusão de forma casual, não usam magia de um modo significativo desde a construção de Keldagrim séculos atrás.

 

Os anões de RuneScape são uma raça especialmente consciente economicamente, como os visitantes de Keldagrim irão perceber quando virem pela primeira vez o impressionante andar de trocas no Palácio do consórcio. O consórcio, que governa os anões, é a mais poderosa das corporações anãs e sua riqueza não tem comparação nem mesmo com outras raças. Isto não é surpresa, é claro, pois os anões têm escavando a procura de ouro e pedras preciosas desde muito antes dos humanos abandonarem sua existência nômade.

 

drunken_dwarf1.gif

 

Keldagrim

 

Keldagrim é a gigantesca capital subterrânea da nação dos anões. Ela domina o rio Kelda, com um número de balsas servindo a cidade e as grandes minas ao sul. Essas grandes embarcações, como todas as outras invenções anãs, são impressionantes proezas da engenharia.

 

Keldagrim está conectada com o resto do mundo anão por meio de uma extensiva rede de vagonetes de carvão, que é a forma mais eficiente de se deslocar no subterrâneo.

 

A cidade em si está dividida em duas, com a elite rica vivendo acima da margem ocidental enquanto os mais pobres que trabalham para as grandes corporações do Consórcio vivem na margem oriental. A margem oriental, como você deve imaginar, também abriga grandes fornalhas e outros equipamentos ruidosos e poluentes, assim como uma variedade de personagens repugnantes e bares suspeitos.

 

Gnomos

 

gnome1.gif

 

Os gnomos são uma raça estranha, apesar de realmente não serem muito diferente dos humanos. Isso encobre o fato de que a maioria dos gnomos no RuneScape estar armados e serem treinados no uso do arco. Por esta razão, somente os inimigos destemidos se atrevem a atacar os gnomos - uma lição que o general Khazard ainda não aprendeu. Os gnomos, assim como os anões, são uma raça dotada de uma engenhosidade particular, apesar dos gnomos serem geralmente menos práticos e mais gastronômicos.

 

Até o fim da Terceira Era, os gnomos viviam embaixo da terra, tendo escavado cavernas que serviam seus propósitos e que lhes permitiam se esconder das catástrofes da guerra dos deuses e evitar que se tornassem uma daquelas raças que não vemos mais na superfície do RuneScape. Quando eles alcançaram a superfície, piscando contra a luz do sol, descobriram as árvores espirituais e se tornaram gnomos arborícolas que conhecemos hoje: flexionando e moldando as árvores ao redor deles em formas que atendem às suas finalidades.

 

gnome2.gif

 

O Forte dos Gnomos Arborícolas

 

tree_gnome.jpg

O Forte dos Gnomos Arborícolas

 

O forte é a maior e mais poderosa colônia de gnomos e está literalmente apinhada de gnomos. A raça gnomo pode ser de estatura baixa (mais baixa ainda que os anões), mas são provavelmente a raça mais consciente politicamente no RuneScape. Eles estabeleceram laços diplomáticos com todas as nações com as quais eles já lidaram, um sinal da sua posição importante dentro do mundo.

 

Quando em casa, no entanto, os gnomos do forte são esportistas entusiásticos e podem ser encontrados frequentemente vendo ou jogando gnomobol, o esporte nacional. Eles também gostam muito de bares e restaurantes, apesar de sua ideia de iguaria é frequentemente muito "variada" para turistas humanos.

 

Vampiros

 

vampire1a.gif

 

Pouco pode ser dito sobre vampiros que não seja mito puro ou terror comprovado. É uma suposição duvidosa a de que esses sombrios governantes das terras da Moritânia uma vez foram humanos. Eles são tão cheios de ódio e maldade que essencialmente não têm mais semelhanças com os humanos do que os unicórnios. Os vampiros governam a Moritânia com punhos de aço e dízimos de sangue aos quais todos os mortais daquela terra têm de se submeter.

 

Moritânia

 

morytania.jpg

A nação de Moritânia

 

Moritânia é uma nação arruinada, apesar de que até pouco tempo o norte de Moritânia ter sido uma terra pacífica apenas manchada por estar tão perto de Sanguinéstia, onde o lorde Drakan, sua família e seus seguidores vampiros estabeleceram um império há muito tempo. Quando o lorde Drakan lançou seu olhar sobre a terra, os pântanos se tornaram escuros e as florestas acordaram seus mortos. Moritânia é agora uma terra onde os mortos têm sorte se encontrar descanso, pois a maldade que os vampiros trouxeram fez daqui um lugar onde os espíritos e os vivos dividem a terra.

 

Canifis é uma cidade que, na maior parte, não parece ser muito diferente de qualquer outra do outro lado da fronteira de Misthalin. Mais tarde, sob a lua cheia, os viajantes podem ver que a população inteira é composta de lobisomens. Por esta razão, o povo de Canifis - ao contrário das pessoas de outros locais de Moritânia - gostam de ter os vampiros como governantes.

 

Porto Phasmatys é uma cidade trágica condenada por sua própria determinação. Quando o lorde Drakan veio até ela exigindo dízimos de sangue, as pessoas da cidade viraram-se para um estranho, Necrovarus, fazendo um pacto sombrio que os condenou a uma eternidade sem descanso.

 

Os guerreiros enterrados em catacumbas no passado foram grandes heróis das nações humanas a oeste, mas agora, enterrados nas terras infestadas com o mal da região de Sanguinéstia, eles ressurgem como sombras amargas para defender seus túmulos de ladrões e aventureiros.

 

Trolls

 

troll1.gif

 

De todas as raças do RuneScape, poucas são tão ignorantes quanto os trolls. Os trolls têm uma notável falta de intelecto racional, mas isso não parece ter travado o seu progresso, para grande surpresa dos estudiosos de Faladore e Burthorpe, que têm estudado os trolls por muitas décadas. Tudo o que eles puderam descobrir é que os trolls não precisam de inteligência simplesmente por serem grandes e duráveis o suficiente. Além do mais, se eles não sabem que têm um problema não há necessidade de consertá-lo, não é mesmo?

 

O país dos trolls

 

troll_country1a.jpg

O país dos trolls

 

Os trolls, sendo criaturas fortes mais relacionadas com rochas do que com humanos, gostam de viver no topo das montanhas onde escavam cavernas e comem quase tudo o que podem encontrar. Os trolls que vivem fora das cavernas, enquanto isso, assumem mais as características locais, se tornam fortes e rochosos ou gelados e pálidos dependendo do tempo. Os trolls do gelo são criaturas curiosas que são mais agressivos do que os seus primos, os trolls da montanha.

 

A sociedade troll é governada quase da mesma forma como as escolas dos humanos são regidas: quanto maior e mais arrogante for o troll, mais poder ele terá - poderíamos dizer que os trolls são uma raça de valentões. É lógico que nem todos os trolls são desse jeito, assim como alguns são significativamente mais inteligentes do que a maioria.

 

Os trolls, na maioria das vezes, têm o nome da primeira coisa que eles comem (ou, se eles não sabem como se chama aquela primeira refeição, eles podem receber o nome do ruído que aquela comida fazia). Este método pode ter alguns resultados bastante divertidos, mas os trolls não são conhecidos por seu senso de humor. Por isso, é melhor guardar a piada pra você.

 

Duendes

 

goblin_1.gif

 

A maioria dos duendes com os quais os humanos do RuneScape estão familiarizados são os que vivem na superfície do mundo. Existem poucos lugares nos quais os duendes não podem ser encontrados, mas também existem poucos duendes que não podem ser descritos como estúpidos. A tribo de duendes Dorgeshuun são a exceção, pois foram separados da principal raça de duendes desde os tempos da guerra dos deuses. Os Dorgeshuun têm se escondido desde então na cidade subterrânea, Dorgesh-Kaan.

 

Se não fosse por sua estupidez excepcional, os duendes comuns da superfície poderiam causar muitos problemas às civilizações humanas. Os Dorgeshuun, que não são nem um pouco estúpidos ou inclinados a disputas como os duendes normais, se opõem à violência de todas as formas. Eles não confiam nos humanos e é raro encontrar um humano que tenha visto suas minas ou tenha tido algo semelhante a uma conversa decente com eles.

 

goblin_2.gif

 

Fadas

 

fairy1.gif

 

Apesar de quase toda a população do RuneScape não ter conhecimento delas, as fadas são os seres que garantem que as estações do RuneScape sejam geralmente regulares. Sem as fadas, as plantações poderiam minguar e o céu do inverno poderia permanecer cinzento por mais semanas que o normal. Embora a maioria das pessoas negue a existência das fadas, elas são certamente uma raça importante no RuneScape.

 

Zanaris

 

zanaris1.jpg

 

Zanaris é um reino estranho, onde todas as leis que governam o RuneScape são suspensas em favor de um conjunto de regras que as fadas caprichosas acham divertidas. Os animais aqui podem não somente falar, mas ter conversas inteligentes que fazem o Reldo, da biblioteca de Varrock, parecer um bobo. A grama cresce sem luz solar ou chuva e parece ter um brilho etéreo.

 

Em Zanaris, as fadas vivem em casas pequenas bem acima do solo. Curiosamente, no entanto, elas tratam de seus negócios no solo. Se isto é porque esperam viajantes de outros mundos ou porque simplesmente preferem manter casa e negócios separados não se sabe ao certo. Uma certeza, contudo, é que nenhum humano pode esperar compreender completamente o modo como a mente de uma fada trabalha.

 

Sendo um cruzamento entre vários mundos, o mercado de Zanaris oferece uma variedade de equipamentos invejáveis no "mundo real" do RuneScape. É lógico que essa posição entre reinos tem um preço e Zanaris está em constante risco de perigos vindos de outros reinos.

 

Ogros

 

skrach_uglogwee1.gif

 

Os ogros, assim como os trolls, são mais conhecidos por sua força física do que por seu intelecto. São tão estúpidos como os trolls, mas são certamente mais criativos. Os ogros das colinas de Feldip vivem em um sistema tribal, governados por chefes e, acima deles, os xamãs que vivem no enclave dentro de Gu'Tanoth.

 

As colinas de Feldip

 

Os ogros do RuneScape parecem atraídos pelas colinas ao sul de Yanille, mas não há nenhuma explicação racional da razão de eles preferirem estas colinas às planícies ao norte, ou até às montanhas ao noroeste. A única razão que os estudiosos podem pensar é que simplesmente não ocorreu aos ogros que eles poderiam construir assentamentos ao norte quando eles já têm casas tão perfeitamente adequadas nas colinas de Feldip (porque as colinas de Feldip, assim como os ogros, são grandes e ameaçadoras o suficiente para dissuadir qualquer invasor em potencial).

 

Além disso, por razões que poucos estudiosos tentaram compreender, a sociedade dos ogros é dividida fisicamente entre os machos, que vivem predominantemente em Gu'Tanoth, e as fêmeas, que vivem somente em e ao redor de Oo'glog. A explicação mais razoável para isso é que as mulheres ogros amedrontam tanto os machos que eles acabaram procurando consolo entre as rochas e as cavernas cheias de dragões de Gu'Tanoth.

 

Os TzHaarianos

 

tzhaar_1.gif

 

O povo vulcânico que vive sob o vulcão de Karamja é surpreendentemente amigável e, embora tenha uma ampla variedade das melhores armas existentes, parece não se interessar pela força militar ou por expandir suas fronteiras. No entanto, alguns estudiosos duvidam da boa vontade dos Tzhaarianos e as prensas estão frequentemente imprimindo panfletos avisando dos perigos sob Karamja.

 

A cidade de TzHaar

 

A cidade de TzHaar foi construída ao redor do fosso de lava dentro do coração do vulcão. A maior parte da cidade está fora dos limites dos humanos ou de outros visitantes, mas a parte que está aberta é uma das maiores atrações para aqueles que queiram se colocar contra umas das mais perigosas e violentas feras no RuneScape. Viajantes, estejam avisados: a cidade de TzHaar não é para os fracos ou inexperientes.

 

Os Tzhaarianos usam uma moeda chamada Tokkul; essas lascas estranhas de obsidiana têm pouco valor no mundo exterior, mas para os Tzhaarianos - que não têm nenhum interesse em ouro - é a única moeda de valor.

 

Macacos

 

awowogei.gif

 

A maioria dos macacos que qualquer viajante tenha a probabilidade de ver é pequena e insignificante, com nada que se pareça com uma sociedade. Os macacos do Atol dos macacos, no entanto, estabeleceram uma sociedade altamente ordenada e insular, que é completada por um exército que qualquer nação estaria orgulhosa de ter. Alguns dos macacos governantes são gananciosos e podem conduzem seu povo a guerras sujas e sem nenhum resultado benéfico.

 

Atol dos macacos

 

O Atol dos macacos é o forte principal da civilização dos macacos e eles têm alguns exemplos impressionantes de arquitetura e arte. Marim está bem defendida e os macacos ninjas que vigiam a cidade são diligentes e atentos. Até hoje, nenhum humano andou através dos portões da cidade sem ser perturbado.

 

Elfos

 

elf.gif

 

Entre as raças de longa vida do RuneScape, os elfos viram a guerra dos deuses chegar e as outras raças serem destruídas. Por terem se retirado para além das montanhas há muitos anos, são poucos os estudiosos que sabem muito sobre os elfos e poucos os que estão corretos. Os elfos adoram uma divindade estranha chamada Seren, que comunga com as sementes de cristal que os elfos usam para construir quase tudo. Sua sociedade se despedaçou há muitos séculos e agora lutas frequentes acontecem dentro da floresta de Isafdar, pois os rebeldes lutam para reclamar as suas terras perdidas.

 

Tirannwn

 

 

Isafdar é uma floresta completamente diferente de qualquer outra que os humanos a leste de Arandar estejam acostumados. Um brilho estranho parece permear o lugar, como se as árvores fossem criaturas conscientes e os aventureiros intrusos indesejáveis.

 

O assentamento principal dos elfos é Prifddinas, uma cidade poderosa que data de milhares de anos atrás e cresceu a partir de sementes de cristal. Apesar de nenhum humano jamais ter atravessado por seus muros, existem rumores de sua beleza e da genialidade de sua arquitetura - rumores que são repetidos por todos os textos da cultura élfica que sobreviveram e chegaram a Varrock.

 

Elfos rebeldes insistem em viver em outros lugares, mas o assentamento atual, o alojamento em Lletya, tem sido uma base sólida por algum tempo. Nenhum humano sabe como a guerra civil começou, mas todos os estudiosos concordam que ela poderia ser o fim desta raça que uma vez foi poderosa.

 


qNfOUNn.pngrcZcLxp.png

Share this post


Link to post
Share on other sites

Ótimo tutorial, formatação impecável, com cores, prints etc...

Deu até vontade de jogar Runescape agora... Nem consegui ler tudo ainda de tanto conteúdo que tem ai rs.

Obrigado por compartilhar.

Abraços :amor:


5k9Y3Of.gif

3Y2ssgu.png

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eita bixo viciado em rune kkkk isso sim e um topico descente muitas imagens super organizado sem mais comentarios se nao vao achar que eu to sendo puxa saco kkk'


c2ahfMg.png

Membro - Bronze - Silver - [E]Estagiário - Game Zone - Browser Zone - banido - Gold - Saphire - [E]Estagiário - Combat Arms - Emerald - Point Blank - Elsword - Platinum - Titanium - Combat Arms - Moderador - Coordenador - Co-Administrador - Administrador

I'm the end of the food chain

Share this post


Link to post
Share on other sites

Muito Bom.

Um Guia Completo, tudo que os player´s tem que saber mesmo rs..

Bastante Organizado, com Print´s e cores.

Eu me racho que o nome Gnomo riaria

Abraçz

 

Obs: País dos Trolls \õ/

Share this post


Link to post
Share on other sites

Ótimo tópico.

A maioria dos jogadores que começão a jogar ''rune'' param por não entender o jogo muito bem , esta tutorial ajudara bastante os jogadores que estão começando e os que já são avançados!

Por mais trabalhoso e demorado que seja a criação de um tópico ''decente'' vale apena todo o trabalho , pois ajudou ou vai ajudar muitas pessoas, isso satisfaz qualquer um.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Me surpreendi com esse tutorial. Realmente um tutorial muito detalhado sobre Runescape trazendo detalhado cada mapa, raça, objeto, etc. Mais senti a ausência de um ou mais vídeos trazendo um pouco do jogo ou explicando algo.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Ótimo tópico.

Bem formatado, com imagens e conteúdo útil.

Tutorial detalhado que com certeza irá ajudar muitos membros.

 

Fixado.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Caraca, Eu jogo RunesCape A 2 Anos tenho 3 contas lvl 60+.

E eu nunca vi tanta informação

tinha coisas k nen eu sabia '-'

 

Otimo Topico meu amigo!

Talvez nos se encontramos la !!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Realmente. Ótimo.

E sinceramente?

Gogo RuneScape?

Serio, começarei a jogar.

Já tinha tentado. Mas é muito expert.

E de tão expert se torna um jogo chato.

Mas agora não né.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Nossa belo tópico ,bem organizado, é um senhor tópico muito explicativo O.O . Já jogo aquilo a 2 anos sou combat 94/96 ^^ .só não sou combat 100 por que parei e fiquei uns tempo sem net

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guest Umpa-Lumpa, The Hunter

Opa, cara, ótimo tutorial mesmo! Me ajudou bastante no começo do game, você realmente é muito experiente nesse jogo.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Sem palavras pra esse tópico.

Faz tempo que não jogo Runescape, mas com isso, vi que os gráficos mudaram muito e a jogabilidade também.

Quando não tiver muito ocupado termino de ler, pois é muita coisa.

Até cansei de descer o scroll do mouse (;

Parabéns (:


' What color do you want to be? ~

 

dRClDjR.png

▂▂▂▂▂▂▂▂▂▂▂▂▂▂▂▂▂▂▂▂▂▂▂▂▂▂▂▂▂▂

Share this post


Link to post
Share on other sites

Nossa maon muita coisa mesmo

eu mesmo não jogo por falta de conhecimento

mais agora quando eu terminar de ler eu vou jogar =D

Share this post


Link to post
Share on other sites

Bom, adorei o tópico mas agora com novas atualizações tu devia atualizar porque a qualquer momento pode vir um novo player em busca de informações mais detalhadas de como jogar,e essas informações claro que não todas somente algumas,e ele pode ficar meio perdido '-', mas gostei mesmo muito detalhado e muito bem explicado

Share this post


Link to post
Share on other sites

Mega toturial

bem formatado

Me ajudou muito sou novo no runescape

obrigado por compartilhar ~

Share this post


Link to post
Share on other sites

Muito bom mesmo, bem explicado, com imagens, perfeitamente formatado, impecável *-*. Sou um jogador experiente em Runescape (Cbt 124) parei de jogar faz um tempo mas depois de ter lido esse tópico deu vontade de paga member de novo e pegar o level de combate máximo (138) Ha Ha !

 

Continue assim cara, vai chegar longe. :aplauso:

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guest
This topic is now closed to further replies.

×
×
  • Create New...