Jump to content
Seja um membro VIP! ×
×
×
  • Create New...

Lorem Ipsum is simply dummy text

Lorem Ipsum is simply dummy text of the printing and typesetting industry. Lorem Ipsum has been the industry's standard dummy text ever since the 1500s

Test Test

Lorem Ipsum is simply dummy text

Lorem Ipsum is simply dummy text of the printing and typesetting industry. Lorem Ipsum has been the industry's standard dummy text ever since the 1500s

Test Test

Lorem Ipsum is simply dummy text

Lorem Ipsum is simply dummy text of the printing and typesetting industry. Lorem Ipsum has been the industry's standard dummy text ever since the 1500s

Test Test

Lorem Ipsum is simply dummy text

Lorem Ipsum is simply dummy text of the printing and typesetting industry. Lorem Ipsum has been the industry's standard dummy text ever since the 1500s

Test Test

Lorem Ipsum is simply dummy text

Lorem Ipsum is simply dummy text of the printing and typesetting industry. Lorem Ipsum has been the industry's standard dummy text ever since the 1500s

Test Test

3 Maneiras de Fazer Force OP - Book Hack/OP-Sign Exploit/AuthMe Cracker - Minecraft 1.8


Zary
 Share

Recommended Posts

Para os tutoriais abaixo foi utilizado o Wurst Client Hack para Minecraft 1.8

 

spellbooks-02.png

 

Book Hack

 

BookHack permite inserir links que executam comandos em livros graváveis.

A coisa boa sobre isso é que ninguém pode ver que o texto do livro é um link, então você pode enganar os administradores para que executem /op <your_name>ou /pex user <your_name> add *e jogadores normais executem /killou /money pay <your_name> <lots_of_money>.

Uso

Crie um livro gravável.

Digite algum texto nele. De preferência, um URL para que as pessoas cliquem nele.

Clique Signe dê um título.

Clique Command Linke digite seu comando.

Clique Done.

Dê ao administrador ou à pessoa que você deseja trollar.

 

Solução de problemas

Você precisa do Minecraft 1.8 no servidor. Os servidores que executam o Minecraft 1.7 não oferecem suporte a livros com links.

Não está corrigido. O Spigot está trabalhando muito lentamente em um remendo, mas eles não estão nem perto disso. Todos os outros (Bukkit, Mojang, etc.) nem ligam para isso.

Apenas administradores podem usar comandos de administrador. Se você quiser dar /op a si mesmo, deve dar o livro a um administrador, não a qualquer jogador aleatório.

 

Vídeo tutorial

Spoiler

 

 

 

Obrigado a WiZARDHAX por fazer este tutorial.

 

 

spellbooks-02.png

 

OP-Sign

ZxtBDN8.png

 

OP-Sign permite que o usuário execute comandos como /op simplesmente colocando uma placa e clicando com o botão direito nela. Um servidor executando Minecraft 1.8 - 1.8.5 sem Spigot é necessário para que o OP-Sign funcione.

O OP-Sign foi originalmente criado por  Alexander01998  em 12 de junho de 2015 , três semanas após a exploração do OP-Sign já ter sido corrigida por meio do Minecraft 1.8.6A versão inicial, lançada no  Wurst 1.15  , funcionou apenas no Modo Criativo. O suporte do modo de sobrevivência para o recurso foi adicionado por Alexander01998 em 19 de setembro de 2015 e, em seguida, lançado no Wurst 2.5.

O exploit por trás do OP-Sign foi descoberto originalmente por CrushedPixel em 20 de maio de 2015, que também criou o primeiro mod a tirar vantagem do exploitO CrushedPixel rapidamente relatou o exploit para Mojang em MC-75630 e a Mojang corrigiu o exploit OP-Sign em 22 de maio de 2015, lançando o Java Edition 1.8.6Tudo isso aconteceu muito antes do hack OP-Sign ser adicionado ao Wurst.

 

Uso

A maneira mais fácil de encontrar servidores que tenham a versão certa do Minecraft é usar o  ServerFinder  ou Minecraft Multiplayer. Depois de usar o  ServerFinder  ou Minecraft Multiplayer, você deve ter uma lista enorme de servidores com texto em verde mostrando suas versões. Agora, simplesmente procure um que tenha a versão correta e entre. Agora você precisa obter uma placa, mas não a coloque ainda.

Você primeiro precisa ativar o hack OP-Sign. Uma nova tela aparecerá solicitando que você digite um comando. Por padrão, o comando é definido como /op SeuNome, o que lhe dará permissões de operador na maioria dos servidores. Depois disso, basta clicar no botão “Concluído”.

Finalmente, você precisa colocar a placa e clicar com o botão direito nela. Agora você deve ser um OP nesse servidor. Ao contrário da crença popular, você não precisa clicar no sinal várias vezes. Na verdade, é melhor clicar nele apenas uma vez, porque isso cria apenas uma mensagem nos logs do servidor, tornando-a menos perceptível para o proprietário do servidor.

Se isso não o fez OP naquele servidor, é um servidor com a versão errada (novamente: apenas Minecraft 1.8 - 1.8.5 funcionará), um servidor com Spigot instalado ou um daqueles servidores estranhos que não funcionam apesar de atender aos requisitos. Se isso acontecer com você, por favor, não surte e tente um servidor diferente.

Vídeos

Spoiler

 

 

 

 

 

 

Wurst 2.5 OP-Sign não requer mais o Modo Criativo.
Wurst 2.10 Adicionado um botão “Tutorial” à tela do OP-Sign que leva ao tutorial em vídeo do OP-Sign.

 

 

spellbooks-02.png

 

AuthMe Cracker (Force OP)

 

Visão geral

Force OP (também conhecido como AuthMe Cracker) é um mod que decifra as senhas do AuthMe. Ele pode ser usado em servidores que usam o plugin AuthMe para forçar o OP em você mesmo quebrando a senha AuthMe de um administrador ou para obter acesso aos gráficos e itens de outras pessoas quebrando sua senha AuthMe.

 

Como usar

O que você precisa

Um servidor crackeado com AuthMe ou um plugin semelhante. O que é isso?

Os nomes de usuário de tantos administradores quanto você puder obter.

Etapa 1: Adicionando os administradores à sua lista alt

Para adicionar um administrador à sua lista alt, você pode simplesmente digitar .addalt <name of the admin>enquanto estiver no servidor. Se o administrador estiver no servidor e não no modo de desaparecimento, você pode pressionar tab para preencher automaticamente o nome depois de digitar .addalt <first few letters of the admins name>Você também pode digitar .addalt all para adicionar todos os usuários do servidor à sua lista alt. Se os administradores estiverem jogando no servidor, você terá que esperar que eles se desconectem antes de continuar com a etapa 2.

Etapa 2: quebrando as senhas do AuthMe

Preparação

Agora saia do servidor, vá para o AltManager e faça login como um dos administradores. Em seguida, conecte-se ao servidor novamente e ative ForceOP / AuthMeCracker. Um quadro com opções será aberto:

captura de tela da GUI do AuthMeCracker

Se você simplesmente deixar tudo como está, ele tentará o nome de usuário e 49 outras senhas AuthMe comuns a uma velocidade de 1 senha por segundo. Isso leva cerca de um minuto e tem uma chance de cerca de 10% de funcionar porque cerca de 10% de todos os usuários usam uma dessas senhas. Na maioria dos casos, essa configuração fornecerá os melhores resultados. Lembre-se de que é 10% por administrador, não 10% por servidor. Portanto, quanto mais administradores um servidor tiver, maior será a chance de um deles ter uma senha inválida do AuthMe.

Mudando as opções

Em alguns casos, porém, será mais eficiente se você alterar as opções, portanto, trataremos disso agora.

A lista de senhas influencia a chance de que funcione e o tempo que leva. Para alterar a lista de senhas, selecione TXT file, clique em browsee selecione sua lista. Uma lista de senhas é um arquivo TXT com uma senha por linha. Eu vou deixar o download de uma lista de senhas feita pelo Xato, já que o link do post original não funciona mais. Ele contém 10.000 senhas, mas por ser muito longo, tentar quebrar uma única senha com ele já pode levar várias horas. Em alguns servidores especiais, isso pode valer a pena, mas se você está apenas tentando obter OP em um servidor aleatório, definitivamente será melhor usar a lista padrão.

O atraso entre as tentativas só influencia o tempo que leva. O valor padrão é 1000ms, o que equivale a 1 senha por segundo. É também o menor atraso que pode ignorar o AntiSpam (o plug-in do servidor, não o hack). Em outras palavras, se o servidor tiver AntiSpam, como a maioria dos servidores, você não deve alterar esse valor. Se não tiver AntiSpam, você pode configurá-lo para um valor mais baixo, o que aumentará drasticamente a velocidade. Com o atraso mínimo (50ms), a lista do Xato leva apenas alguns minutos.

Leve em consideração que as mensagens Wrong password! também tem uma pequena influência no tempo que leva. O problema com essa opção é que ela pode fazer com que ForceOP / AuthMeCracker esqueça qual senha funcionava. Por exemplo, digamos que ele tenta 3 senhas: password123456 qwertyA primeira está correta, mas o servidor apresenta um pico de lag, então, depois que o cliente já tiver enviado todas as três tentativas de login, o servidor responderá à primeira tentativa com Successfully logged in!Agora o cliente pensa que o servidor respondeu à terceira tentativa e você receberá a mensagem [Wurst][SUCCESS]The password "password" worked., embora qwerty seja a senha que funcionou. Se o servidor enviar as Wrong password!em um idioma não suportado, é necessário ativar essa opção para que funcione.

Iniciando

Quando terminar as configurações, clique no botão Start e espere até terminar. Se você for expulso Login timeout!, apenas reconecte ou ligue o AutoReconnect. Se você for expulso e temporariamente banido Too many failed attempts. You are temporarily denied to join this server., ele(authme cracker) está corrigido naquele servidor. Quando terminar, você receberá uma mensagem Wurst que começa com [Wurst] [SUCCESS]ou [Wurst] [FAILURE].

captura de tela de uso bem-sucedido do AuthMeCracker

A mensagem de sucesso em versões mais antigas. Ela foi alterada no Wurst v1.1 e agora diz:  [Wurst] [SUCESSO] A senha "senha" funcionou. 

Se você recebeu uma mensagem de sucesso informando a senha do AuthMe, você conseguiu ignorar a proteção do AuthMe desse administrador. Você pode não ver esta mensagem logo após a primeira tentativa. É por isso que você coletou vários nomes de usuário. Basta repetir esse processo com os outros nomes de usuário coletados até encontrar um que funcione.

Depois de fazer isso, você pode dar OP à sua própria conta (usando o /op <username>comando normal ) ou ofender o servidor como administrador. Seja Feliz!

 

Dicas

 

Ative o AntiSpam e você não vai ver todos os irritantes Wrong password!do AuthMe.

Você também pode fazer isso com usuários normais para obter acesso a seus plots, itens, etc.


spellbooks-02.png

 

Download & Scan

Download:

Hidden Content

    Give reaction to this post to see the hidden content.

Scan: https://www.virustotal.com/gui/file/078c2069fafc1ccb5bd6acbe28fb5e54436a1177f06a2cb341f0bfe8e0dacd03/detection

 

spellbooks-02.png

 

Quer me ajudar?

Spoiler

 

Chave Pix

 

00020126580014BR.GOV.BCB.PIX0136610938c3-5d1e-470b-8045-4025bf14fda35204000053039865802BR5925PEDRO HENRIQUE S PITOMBEI6009SAO PAULO622605222avIBsIoYVz6meHyATul2963040047

 

Chave Pix

 

610938c3-5d1e-470b-8045-4025bf14fda3

 

QR Code

 

aTxnVmP.png

 

 

 

 

Créditos: Alexander01998

Tradução: Zary

 

 

Edited by Zary
  • Like 1

♔ Player not Prayer ♔

Twitch - Discord

 

spacer.pngspacer.pngspacer.pngspacer.pngspacer.pngf3uQKY9.pngmoderador.png.e733682060b3deb4c5ca19cf68

Spoiler

UFfzp1R.png

 

Link to comment
Share on other sites

  • Zary changed the title to 3 Maneiras de Fazer Force OP - Book Hack/OP-Sign Exploit/AuthMe Cracker - Minecraft 1.8

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now
 Share